• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-120745
Documento
Autor
Nome completo
Elza Maria Guimarães Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1994
Orientador
Título em português
Ecologia da polinização, fluxo de pólen e taxa de cruzamento em Bauhinia forficata Link. (Caesalpiniaceae)
Palavras-chave em português
CRUZAMENTO
DISPERSÃO
MORCEGOS POLINIZADORES
PATA-DE-VACA
PÓLEN
POLINIZAÇÃO
SEMENTES
Resumo em português
A ecologia da polinização, dispersão de pólen e sistema de cruzamento de Bauhinia forficata Link (Caesalpiniaceae) foram estudados em uma área de vegetação secundária, localizada na estação ecológica de Ibicatu. As flores de Bauhinia forficata são hermafroditas e mostram características da síndrome de Quiropterofilia, tais como: flores, brancas, antese noturna, flores expostas acima da folhagem e grande produção de néctar e pólen. Esta espécie é polinizada por Carollia perspicillata uma espécie de quiróptero que visita as flores numa estratégia do tipo linha-de-captura. A transferência de pólen foi avaliada utilizando-se pó fluorescente como marcador, e a distância de dispersão de pólen observada foi além de 200 metros da planta marcada. O modelo multibloco de cruzamento misto foi utilizado para analisar o sistema de cruzamento. A média das estimativas da taxa de cruzamento para os locos individuais (t̂s̄) foi de 0,916 e a estimativa multiloco da taxa de cruzamento (t̂m) foi de 0,982 indicando que esta espécie é predominantemente alógama. Por outro lado as estimativas obtidas através da análise de variância mostram um coeficiente de endogamia (f̂) de 0,1098 e uma taxa de cruzamento aparente de (t̂a) de 0,8021, revelando que a fecundação cruzada é predominante, mas baixos níveis de endogamia podem estar ocorrendo. A comparação entre diferentes estimativas de taxa de cruzamento sugere a existência de cruzamento entre indivíduos aparentados. O comportamento do polinizador, o fluxo de pólen à longa distância e a alta taxa de cruzamento parecem ser características importantes nos processo de colonização da espécie, podendo levar a um aumento da variabilidade genética nas populações recém estabelecidas.
Título em inglês
Pollination ecology, pollen flow and outcrossing rate in Bauhinia forficata Link. (Caesalpiniaceae)
Resumo em inglês
The pollination ecology, pollen dispersal and mating system of Bauhinia forficata (Caesalpiniaceae) were studied in a secondary vegetation at "Estação Ecológica de Ibicatú". The flowers of Bauhinia forficata are hermaphrodict and show chiropterophilous syndrome traits such as whitish colour, nocturnal anthesis, flowers placed outside the foliage and a great production of pollen and nectar. This species is pollinated by Carollia perspicillata, a bat which forages in a "trap-line" mode. The pollen carryover was evaluated using powdered fluorescent dyes as marker, and the mean distance of pollen dispersal from an individual plant was greater than 200 meters. A multilocus mixed mating model was used to analyse the mating system. The mean single locus estimate of outcrossing (t̂s̄) was 0,916 and the multilocus outcrossing estimate (t̂m) was 0,982, indicating that this species is mainly outcrossed. However, an inbreeding coeficient (f̂) of 0,1098 and an average outcrossing rate (t̂a) of 0,8021, estimated by analysis of variance, indicate that outcrossing is prevalent, but low levels of inbreeding may be occurring. The comparison of estimates of outcrossing rates suggests existence of related mating. The behaviour of pollinator, long distance pollen flow, and high outcrossing rate appear to be important traits for this species in the colonization process, might lead to increase genetic variability of the new populations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.