• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-141510
Documento
Autor
Nome completo
Luiz Miguel Angel Raidan Gonzalez
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1988
Orientador
Título em português
Estudo da interação de genótipos x ambientes para a cultura do algodão (Gossypium sp.) na Região Oriental do Paraguai
Palavras-chave em português
ALGODÃO
INTERAÇÃO GENÓTIPO-AMBIENTE
Resumo em português
Estudou-se a estabilidade de 10 genótipos (variedades e linhagens promissoras) de algodoeiro anual (Gossypium sp.) em seis localidades da Região Oriental do Paraguai durante os anos 1985/86 e 1986/87, utilizando-se a metodologia de EBERHART & RUSSELL (1966). Realizou-se também estudos de zoneamento de ambientes, a partir da análise das interações genótipos x locais, em que estas foram agrupados de acordo com a similaridade de seus padrões de interação. Para ambos os estudos foram utilizados dados de produtividade de algodão em caroço em kg/20 m2, fornecidos pelo Ministério de Agricultura e Pecuária através do Programa Nacional de Algodão e o Projeto de Investigação e Experimentação Algodoeira (P.I.E.A.). Foi utilizado o delineamento experimental de blocos casualizados, sendo a área da parcela experimental constituída por três fileiras de 20 metros de comprimento, espaçados de 1m x 0,25m, aproveitando-se apenas a fileira central para a coleta dos dados. Comparando-se os quadrados médios através do teste F, verificou-se nos dois anos agrícolas, valores significativos para os efeitos de genótipos, locais, interações genótipos x locais, ambiente linear e desvios de regressão. Em 1985/86 a linhagem SP510 x P-279-100 mostrou-se estável e de adaptação geral. A variedade Reba P-279 mostrou estabilidade e adaptação específica a ambientes promissores. A linhagem SP510 x P-279-22 mostrou adaptação geral, porém com uma média de produtividade inferior à média geral. Em 1986/87, os genótipos SP510 x P-279-40/42, Reba P-279 e SP-510 x P-279-38/41 apresentaram maior capacidade de respostas aos estimulas ambientais favoráveis. No entanto os genótipos SP510 x P-279-32, SP510 x P-279-29/43, SP- 510 x P-279-100 mostraram estabilidade e adaptação a uma ampla faixa de ambientes. As linhagens SP510 x P-279-28/39 e Tamcot SP-21-S apresentaram pouca previsibidade, ou seja, menor grau de adequação ao modelo. A classificação dos locais segundo a metodologia utilizada mostrou inconsistência no agrupamento de um ano a outro, impedindo a realização de um zoneamento de ambientes, fato atribuído à insuficiência dos dados utilizados e a grande complexidade do problema.
Título em inglês
A study on genotype by environmental interaction of upland cotton (Gossypium sp.) in the Eastern Region of Paraguay
Resumo em inglês
The stability of 10 upland cotton (Gossypium sp.) genotypes (varieties and elite inbred lines) was studied in six sites of the Eastern Region of Paraguay, during 1985/86 and 1986/87. An investigation was also carried out to permit clustering the six sites in agroecological zones, according to their genotype x location interaction patterns. For both studies, data on cotton seed weight of trials conducted by the National Cotton Research Program were taken. Experiments consisted of randomized complete blocks, with plots containing three 20 m log rows, spaced 1m apart with 25m, between plants. Cotton seed weight was evaluated in the middle row. Analysis of variance indicated significance of the genotypes, locations, genotypes x locations, interactions, environments linear and deviations from regression mean squares. In 1985/86, inbred line SP510 x P-279-100 showed stability and a pattern of general adaptation. Variety Reba P-279, on the other hand, showed stability but specific adaptation of favorable environments. Inbred line SP-510 x P-279-32 exhibited general adaptation but low yield potential. In 1986/87, stability and pattern of general adaptation was shown by inbred line SP510 x P-279-32. However inbred lines SP510 x P-279-28/39 and TAMCOT SP-21-S were less stable and adaptative to superior environments only. The remaining genotypes showed average stability pattern and also more adaptation to better environment conditions. The clustering of locations in group was inconsistent over years; no typical agroecological zone was therefore detected. This result was atribuited to the complexity of the type of problem and to insufficiency of experimental data.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.