• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-154348
Documento
Autor
Nome completo
Marcy Gião Felippe Torggler
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, None
Orientador
Título em português
Variação genética entre progênies dentro de procedências de Eucalyptus saligna Smith
Palavras-chave em português
EUCALIPTO
PROGÊNIES
VARIAÇÃO GENÉTICA
Resumo em português
O presente trabalho é um estudo de variação genética e de interação de genótipos com ambientes em progénies de oito procedências australianas de E. saligna Smith, no qual foram avaliadas as características de altura, DAP, volume cilíndrico e porcentagem de falhas ao nível de médias de progênies dentro de procedências, aos seis e oito, aos vinte e aos vinte e seis e vinte oito meses de idade. Os ensaios foram instalados em três locais do Estado de São Paulo: Biritiba Mirim, Itatinga e São Miguel Arcanjo, em novembro de 1981. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos de famílias compactas, com diferentes números de progênies por procedências e locais de ensaio, com três repetições e sub parcelas lineares de dez plantas. Os resultados obtidos em termos de médias de progênies dentro de procedências para várias características mostraram um comportamento diferencial para as oito procedências e testemunha (proveniente de povoamentos comerciais brasileiros) nos diferentes locais e idades de avaliação, com um potencial mais promissor em São Miguel Arcanjo. Ao nível de locais individuais, foram detectadas variações genéticas significativas entre procedências e entre progênies dentro de procedências para determinadas características e idades, com maior expressão para a variação genética entre progênies dentro de procedências; não se verificando nenhuma tendência comum em relação a variação de idades. Ambos os tipos de variação genética foram mais significantes em termos de locais para São Miguel Arcanjo, e em termos de características para altura de plantas. Para os locais em conjunto foram verificadas variações genéticas entre procedências e entre progênies dentro de procedências de forma semelhante ao observado para os locais individuais. O efeito de locais foi alto e crescente com a idade, sendo responsável pelo comportamento diferencial das progênies dentro de procedências nos diferentes locais, o qual foi relacionado principalmente às variações edáficas. A interação de procedências por locais apresentou-se não significativa e a de progênies por locais dentro de procedências foi pouco expressiva. As estimativas de herdabilidade ao nível de médias de progênies dentro de procedências mostraram-se no geral altas, porém pouco consistentes, tanto ao nível de locais individuais como em conjunto, não revelando um mesmo padrão de variação em função da idade. As herdabilidades para DAP apresentaram-se, no geral, mais altas em relação a altura de plantas. Os diferentes tipos de coeficientes de variação estimados, para os locais individuais e em conjunto, também não seguiram um comportamento comum em relação a variação de idades. No geral, as estimativas de parâmetros genéticos obtidas através do delineamento de blocos ao acaso mostraram-se superiores e com tendência a menores erros em relação as estimativas calculadas a partir do delineamento de blocos de famílias compactas. Entretanto, a grande aproximação encontrada para os parâmetros genéticos obtidos através de ambos delineamentos justificou a utilização do delineamento de blocos de famílias compactas em estudos desta natureza. Os altos desvios padrões verificados para as estimativas de variâncias genéticas entre progênies e herdabilidades foram decorrentes principalmente da amostragem muito restrita das populações estudadas. As estimativas de ganhos genéticos evidenciaram o potencial genético que poderá ser explorado com boas perspectivas através da seleção de progênies dentro de procedências. A perda de ganho genético com a seleção marginal em relação a seleção por local individual, apresentou-se mais proeminente para algumas das procedências, mas em geral, foi de pouca expressividade. O modelo não-linear apresentado por VENCOVSKY e GERRLDI (1977), para o estudo da interação de genótipos com ambientes, mostrou-se bem adaptado aos dados de médias de progênies para altura, DAP e volume cilíndrico de Eucalyptus saligna, explicando quase toda a interação detectada através do modelo linear de análise, a qual pode ser atribuída à ação multiplicativa dos efeitos dos locais sobre a expressão dos genótipos.
Título em inglês
Genetic variation among progenies within provenances of Eucalyptus saligna Smith
Resumo em inglês
The present work is the study of genetic variation and genotype x environment interaction in progenies of eigth Australian provenances of Eucalyptus saligna Smith, in which the characteristics of height, DBH, cylindric volume and percentage of flaws at the level of progeny means within provenance were evaluated, at six and eight, at twenty, at twenty six and twenty eight months of age. The trials were established at three localities of São Paulo State Biritiba Mirim, Itatinga and São Miguel Arcanjo, in november of 1981. The experimental design was the compact family blocks, with different number of progenies for provenances and localities of triais, with three replications and linear sub-plots of ten plants. The results obtained in terms of progeny means within provenances for several characteristics showed the differential performance among the eight provenances and control (originated from Brazilian commercial stands) on different localities and ages of evaluation, with a more promising potential in São Miguel Arcanjo. At individual localities level, significant genetic variations among provenances and among progenies within provenances were detected for certain characteristics and ages, with greater expression for genetic variations among progenies within provenances; no trend in relation to age variation was observed. Both types of genetic variations were higher in terms of localities for São Miguel Arcanjo, and in terms of characteristics for plant height. In the joint analysis for localities, genetic variations among provenances and among progenies within provenances were observed at similar magnitudes as in the individual localities. The local effect showed to be high an with an increasing trend with age, and was the main cause for differencial performance of progenies within provenances at different localities; such effect was mainly due to edaphic variations. The provenance x locality interaction showed to be non significant and the progeny locality interaction within provenances was little expressive. The estimates of heritabilities at progeny mean level showed to be relatively high in general, but showed low consistencies as for individual localities as for the joint localities level, variation pathern with the ages. Generally, heritability for DBH as higher in relation to plant height. The different sort of variation coefficients estimated, for individual localities and localities jointly, also didn't followed a common trend in relation the age variation. In general, the estimates of genetic parameters obtained through randomized block design showed to be higher and the error of estimates didn't show a consistent trend in relation to the compact family block design. However, the close approximation parameter estimates through both designs and "a priori” expectation of the error estimates for the compact family blocks indicated it to be used preferably in relation to completely randomized blocks. The high standart errors observed for the estimates of genetic variances among progenies and heritabilities were mainly due to the restricted samples of the studied populations. The expected genetic gains clearly showed the genetic potential for selection among progenies within provenances. The loss of genetic gain through marginal selection in relation to individual location selection was more prominent for some of provenances, but in general was of little magnitude. The non-linear model suggested by VENCOVSKY and GERALDI (1977), for the study of genotype x environment interaction, showed well adapted for height, DBH, and cilindric volume in progeny means data of Eucalyptus saligna, thus explaining almost all of the interaction detected through linear analysis model, which could be attributed to a multiplicative action of locations on the genotype expression.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.