• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-154537
Documento
Autor
Nombre completo
Marcos Deon Vilela de Resende
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 1989
Director
Título en portugués
Seleção de genótipos de milho (Zea mays, L.) em solos contrastantes
Palabras clave en portugués
GENÓTIPOS
MILHO
PROGÊNIES
SELEÇÃO
SOLO DE CERRADO
Resumen en portugués
O presente trabalho refere-se a: i. avaliação do comportamento de progênies de meios-irmãos da variedade BR 108 em solo sob cerrado e fértil com referência especial aos progressos e respostas corre1acionadas, diretos e indiretos, com seleção em cinco caracteres objetivando fornecer subsídios à programas de seleção recorrente dirigidos à obtenção de materiais adaptados a solos sob cerrado e/ou com ampla adaptação e ii. estudos relacionados a tamanho ótimo de parcela para avaliação de progênies nos dois tipos de solos. Utilizou-se da metodologia proposta por SOUZA JÚNIOR & VENCOVSKY (1989a e b) para ambientes contrastantes (modelo misto), a partir da qual estimaram-se parâmetros genéticos e fenotípicos, e progressos e respostas correlacionadas esperados com seleção. Para estudos relativos a tamanho de parcela utilizou-se da metodologia proposta por EBERHART (1970). As magnitudes das estimativas das variâncias genéticas aditivas mostraram que a variabilidade genética no cerrado, para os caracteres peso de espigas e altura da espiga apresentou-se baixa em relação à verificada no fértil, o que não ocorreu para altura da planta e dias para florescimento masculino, enquanto que para índice de espigas a variabilidade no cerrado mostrou-se praticamente nula. As magnitudes das estimativas da variância da interação progênies x ambientes apresentaram-se desprezíveis para altura da planta e da espiga, dias para florescimento e índice de espigas, e elevadas para peso de espigas revelando uma baixa correlação entre médias de progênies nos dois ambientes para este caráter. Isto indica que para peso de espigas são necessários programas em separado para cada ambiente ou avaliação simultânea nos dois ambientes, enquanto que para os demais caracteres a seleção em qualquer dos ambientes conduz a resultados desejáveis em ambos ambientes. Os progressos genéticos esperados com seleção revelaram que para peso de espigas a seleção indireta (seleção em um ambiente e resposta em outro) apresenta baixa eficiência, verificando-se que para o cerrado a seleção na média dos ambientes ou no próprio conduz a melhores resultados, enquanto que para produtividade média em ambos ambientes a melhor situação é a seleção baseada na média, ou no ambiente fértil quando da impossibilidade de utilização dos dois ambientes. Para os caracteres altura da planta e da espiga e dias para florescimento a seleção pode ser realizada em qualquer dos ambientes conduzindo a bons resultados, enquanto que para índice de espigas a seleção torna-se possível apenas no solo fértil. Baseando-se nas respostas correlacionadas envolvendo as dez combinações entre os caracteres, indica-se o cerrado para prática da seleção nos caracteres altura da planta e da espiga por conduzirem a respostas correlacionadas de menores magnitudes nos caracteres peso de espigas e índice de espigas, e qualquer dos ambientes para seleção em dias para florescimento masculino. Assim sendo, a obtenção e recombinação das progênies deverá ser realizada no cerrado quando da não consideração do caráter índice de espigas, e caso contrário, deverá ser realizada no fértil. Para o caráter peso de espigas, os estudos relativos a tamanho de parcela revelaram a necessidade de se aumentar o número de plantas por parcela no cerrado, em relação ao utilizado no fértil.
Título en inglés
Selection of maize genotypes (Zea mays, L.) under contrasting soils
Resumen en inglés
The present work was done in order to: i. evaluate the performance of half-sib progenies of the BR-108 variety grown on “cerrado” soil and fertile soil, with special reference to the expected gain and correlated response, with selection based on five traits with the purpose of furnishing support to recurrent selection programs aimed to obtain genotypes adapted to "cerrado"soils and/or with broad adaptation, ii. studies of the optimum plot size for progenies testing on both soils. The methodology proposed by SOUZA JÚNIOR & VENCOVSKY (1989a e b) for contrasting environments (mixed model) was used, with which genetic and phenotypic parameters and expected correlated gain and response with selection were estimated. For plot size study methodology proposed by EBERHART (1970) was used. The magnitude of the estimates for additive genetic variance showed that genetic variabi1ity of ear weight and ear height were lower on "cerrado" soi1 than on fertile soi1, but were not so for plant height and days to tasse11ing. Variability of prolificacy on "cerrado" was practically null. The magnitude of the estimates of the variance for progeny - environment interactions were neglible for plant and ear height, days to tasselling and prolificacy, but high for ear weight which indicates poor correlation of progeny averages from both environments for this trait. This indicates that separate or simultaneous progeny testing for ear weight is necessary for selection in both environments, while selection for the other traits, in either environment, leads to desirable results in both environments. The expected genetic gain with selection indicate that indirect selection (selection in one environment and response in the other one) for ear weight showed itself inefficient. Thus, for "cerrado”, selection by average values of both environments or only of “cerrado" leads to better results, whereas the best situation for selection for average yield for both environments is to values of both environments or of the fertile use average soil, when trials in both environments are not possible. As for the traits plant and ear height and days to tasselling, selection can be carried out in both environments with good results, whereas for prolificacy, selection is possible only on fertile soil. Based on the correlated responses involving the ten combinations among traits, the “cerrado" is indicated for selection on plant and ear height since this leads to smaller values of correlated responses to ear weight and prolificacy, whereas either environment is indicated for selection for tasselling date. Thus, the production and recombination of progenies should be carried out on “cerrado” whenever the trait prolificacy is not considered but, on the contrary should be done on fertile soil. The studies regarding to plot size revealed for the trait ear weight, the need to increase the number of plants per plot in the “cerrado” in relation to that used in the fertile soil.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2019-12-19
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.