• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-163344
Document
Auteur
Nom complet
Selma Toyoko Ohashi
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 1990
Directeur
Titre en portugais
Variação genética em populações de açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.) do estuário Amazônico
Mots-clés en portugais
AÇAÍ
GENÉTICA DE POPULAÇÕES VEGETAIS
VARIAÇÃO GENÉTICA
Resumé en portugais
O presente estudo constou de dois ensaios experimentais, um de populações e outro de progênies de Euterpe oleracea Mart., coletadas e instalados na região do Estuário Amazônico , Estado do Pará. Para o ensaio de populações foram utilizadas nove (9) populações coletadas em florestas naturais do Estuário Amazônico. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com cinco (5) repetições e vinte e cinco (25) plantas por parcela , com avaliação de diâmetro do colo , altura total , sobrevivência , número de perfilhas, altura de estipe , altura da copa , altura da raiz e comprimento da bainha. Em termos de variação entre populações destacaram-se as características número de perfilhas e altura da raiz , que apresentaram os maiores valores de coeficiente de variação genética e "F" significativos no último levantamento de campo. As demais características não apresentaram diferenças estatísticas detectáveis entre as populações nas condições deste experimento. Correlações fenotípicas entre as características de crescimento como altura total , diâmetro do colo , altura do estipe , altura da copa e comprimento da bainha apresentaram-se positivas e com alta significância. Correlações positivas e significativas também foram encontradas entre sobrevivência e altura total, sobrevivência e diâmetro do colo e sobrevivência e altura da raiz. Com relação ao padrão de crescimento da espécie, verificou-se que o açaizeiro apresenta baixo crescimento inicial e substancial crescimento posteriormente, sendo este padrão característico de espécies clímax da sucessão florestal. A variação fenotípica intrapopulacional medida pelo coeficiente de variação, revelou a existência de alta variação, com valores extendendo-se de 17% a 76%, sendo a característica altura do estipe e comprimento da bainha respectivamente a mais e menos variável. O ensaio de progênies constou de vinte e cinco (25) progênies de polinização livre coletadas em uma das populações (Ponta de Pedras-Ilha do Marajó) presente no ensaio de populações, tendo o objetivo de verificar o padrão de variação entre e dentro de progênies e obtenção de parâmetros genéticos. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com três (3) repetições e doze (12) plantas por parcela, coletando-se dados de altura total , diâmetro do colo , número de perfilhos e altura da raiz. A variação estas características apresentou-se menor entre progênies e maior dentro de progênies, com valores médios de 6,24% e 39,40%, respectivamente para o coeficiente de variação genética entre os progênies e coeficiente de variação fenotípica dentro de progênies. A razão entre variância fenotípica dentro de progênies e variância genética entre progênies utilizada neste trabalho como um indicador do sistema reprodutivo, indicaram que o açaizeiro tem tendência à fecundação cruzada. Os coeficientes de herdabilidade apresentaram valores extendendo-se de 0.01 à 0.29 com o maior valor para a característica diâmetro do colo, que também apresentou valor de "F" significativo ao nível de 5%, indicando a existência de diferenças entre as populações. Os coeficientes de correlação genética foram altos entre as características de crescimento, indicando que estão associadas.
Titre en anglais
Genetic variation in açai palm (Euterpe oleracea Mart.) populations of the Amazon estuary
Resumé en anglais
This study comprised two experimental trials, at the population and progeny levels of "açai" palm (Euterpe oleracea Mart.), collected and grown at the Amazon estuary, Pará State. For the study at the population level , nine (9) populations were collected in the natural forest of the estuary. A completely randomized blocks design, with five (5) replications and twenty-five (25) plants per plot was used for evaluation. The characteristics evaluated were; trunk diameter, total height, survival rate, numbers of sprouts, height clear stem, height of canopy, height of the root system above the ground and lentgh of frond sheath. At this level the variation among populations were mainly related to: number of sprouts and height of the root system above the ground i.e., the "F" values are significantly different. The other characteristics did not show estatistically significant variation among populations, in the conditions of this experiment. Phenotypic correlations between the growth characteristics such as total height, trunk diameter, height of canopy, and the length of frond shead were positive and highly significant. Positive and significant correlations were also found between survival and total height, survival and trunk diameter, and survival and height of root above the ground. The species growth pattern was found to be slow inicially and more rapid later. This is similar to the growth species pattern in a mature forest. The phenotypic intra-populatinal variation measured by coefficient of variation revealed high variation (17% to 76%). The characteristics height of clear stem and length of sheat are the highest and the lowest variable respectively. For the study at the progeny level, twenty­ five open pollination families collecteds in Ponta de Pedras (Marajó Island) were used in order to observe the pattern of intra- and inter- family genetic variation. The data were also used to estimate the genetic parameters. The experiment was of a completely randomized block design, with three (3) replication and twelve (12) plants per plot. The measurements taken were total height, trunk diameter, number of sprouts and height of the root system above the ground. The variation for these characteristics in the inter-families were lower than intra-families with mean values of 6,24% and 39,40%, respectively. The rate of phenotypic variation within families relative to genetic variation between families was used as an indicator for the reproductive system. The rate indicate that the acai palm performs preferencial outcrossing. The heritability values have shown a range of 01 to 29. The highest value was presented by trunk diameter with an "F" value significant at the 5% level, supporting the existence of genetic difference among populations. The genetic correlation coeficients for growth characteristics were high, indicating that they were associated.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
OhashiSelmaToyoko.pdf (12.95 Mbytes)
Date de Publication
2019-12-19
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2020. Tous droits réservés.