• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2019.tde-20191220-133823
Documento
Autor
Nome completo
Roseli Teresinha Paes Barbosa Borges
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1997
Orientador
Título em português
Método de seleção em milho para resistência ao vírus da risca - fitoplasma - espiroplasma
Palavras-chave em português
CIGARRINHAS
ENFEZAMENTO
ESPIROPLASMAS
FITOPLASMAS
MILHO PIRANÃO
RESISTÊNCIA GENÉTICA VEGETAL
RISCA
SELEÇÃO
VÍRUS DE PLANTAS
Resumo em português
Duzentas e vinte progênies de meios irmãos, originárias da variedade sintética de milho “Piranão de Inverno SM XIV”, constituíram o material base para o desenvolvimento de um método de seleção visando elevar a frequência de genes favoráveis à resistência ao "complexo" formado pelo vírus da risca-fitoplasma-espiroplasma. Quatro ciclos de seleção foram realizados em ambiente favorável à infecção natural pelos agentes formadores do "complexo". Durante os quatro ciclos de seleção, as pressões de seleção entre e dentro das famílias tiveram as seguintes magnitudes: 80,9 % e 2,5 %; 2,0 % e 3,7 %; 74,7 % e 6,1 %; 23,9 % e 4,8 %, respectivamente, para os ciclos CI, CII, CIII e CIV. Após o quarto ciclo de seleção, foi avaliado o progresso genético obtido com a seleção para o "complexo" e a resposta correlacionada para componentes de produção. A metodologia em estudo revelou-se eficiente, conforme evidenciado pela avaliação feita em diferentes épocas que abrangeram desde o plantio normal até o tardio, denominado "safrinha". Os ganhos médios obtidos após o quarto ciclo de seleção foram de: a) 6,05 % para nível total de resistência; b) 31,24 % para porcentagem de plantas sem sintomas evidentes de enfezamento; e c) 10,40 % para produtividade de grãos.
Título em inglês
Maize selection method for brazilian streak virus-phytoplasm-spiroplasm “complex”
Resumo em inglês
Two-hundred-and-twenty half sib progenies of the com variety “Piranão de Inverno SM XIV” were selected for agronomical characteristics and used as the basic material for genetic improvement for resistance to Brazilian streak virus, phytoplasm and spiroplasm. Four selection cycles were realized in an environment favorable to natural infection by the complex. Selection intensity for between and within families varied with environmental conditions. During the four selection cycles, selection intensity for between and within families were: 80,9 % and 2,5 %; 2,0 and 3,7 %; 74,7 % and 6,1 %; 23,9 % and 4,8 % for cycles CI,CII, CIII and CIV, respectively. After the fourth cycle, genetic progress through selection for resistance to the complex and its correlation with production components were evaluated. Efficiency of the methodology was proven by evaluations made over the normal to late (“Iate planting”) planting periods. Average gains obtained after the fourth selection cycle were: a) 6,05 % total resistance level; b) 31,24 % frequency of plants without symptoms; and c) 10,40 % grain productivity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.