• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-20200111-135731
Documento
Autor
Nome completo
Mario Luiz Teixeira de Moraes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1992
Orientador
Título em português
Variabilidade genética por isoenzimas e caracteres quantitativos em duas populações naturais de aroeira Myracrodruon urundeuva F.F. & M.F. Allemão - Anacardiaceae (Syn: Astronium urundeuva (Fr. Allemão) Engler)
Palavras-chave em português
AROEIRA
GENÉTICA DE POPULAÇÕES VEGETAIS
ISOENZIMAS
VARIAÇÃO GENÉTICA EM PLANTAS
Resumo em português
A variação genética entre e dentro de duas populações de aroeira (Myracrodruon urundeuva F.F. & M.F. Allemão - Anacardiaceae), uma de Bauru - SP e outra de Selvíria – MS, foram avaliadas através de caracteres quantitativos e pela técnica da eletroforese. Os caracteres quantitativos avaliados foram: altura de plantas (m); altura da primeira bifurcação (m); diâmetro a 30 cm do solo (cm); espessura da casca a 30 cm (cm); densidade da casca a 30 cm (g/cm3); densidade básica da madeira a 30 cm (g/cm3), diâmetro médio da copa (m); peso da matéria seca da copa (kg); e porcentagens dos macronutrientes nas folhas: N (%), P (%), K (%), Ca (S), Mg (%) e S (%). Estas características foram avaliadas aos 3,5 anos, em dois testes de progênies, constituí dos por 28 famílias e 3 repetições em cada teste, instalados em dezembro de 1987 em Selvíria - MS. As médias das herdabilidades, no sentido restrito, das 14 características foram iguais a 0,15 e 0,10, para as populações de Bauru - SP e Selvíria - MS, respectivamente. A análise conjunta envolvendo as duas populações, para os 14 caracteres analisados, não mostrou variação genética significativa entre as populações, ou seja, toda a variação está contida dentro das populações. As análises eletroforéticas foram feitas em gel de amido, com extratos frescos de folhas cotiledonares obtidos a partir de 25 famílias, para a população de Bauru - SP e de 26 para a de Selvíria - MS, sendo que dentro de cada família foram analisados 20 indivíduos. Os locos estudados foram: IDH (2 alelos), AAT-1 (3 alelos) e LAP-2 (4 alelos). A partir da freqüência gênica obtida para cada alelo, dentro dos locos citados, foram estimados os parâmetros de variabilidade genética entre e dentro de populações. A diversidade genética total, para as duas populações de aroeira (ĤT = 0,452) foi superior à média de outras espécies arbóreas tropicais. Porém, estas duas populações apresentaram altos coeficientes de endogamia, tanto a nível de espécie (F̂IT = 0,517 e F̂ = 0,520), como a nível de população (F̂IS = 0,499 e f̂ = 0,495). A divergência genética entre populações foi baixa, conforme evidenciam as estimativas dos parâmetros: F̂ST = 0,035, e θ̂2 = 0,049, ĜST = 0,036 e D̂ = 0,028. Estes resultados dão indicações que há predominância de cruzamento entre indivíduos aparentados. nas duas populações estudadas. A quantificação da variação genética obtida pelos testes de progênies e pelas isoenzimas evidenciou, em ambos os casos, que a maior parte da variação genética está dentro das populações (100% e 96,30%, respectivamente) e a menor entre populações (0% e 3,70%, respectivamente). A utilização destas duas metodologias básicas, método quantitativo e eletroforese, mostraram-se coerentes e complementares para o estudo genético de populações naturais de aroeira.
Título em inglês
Variability genetics by isozymes and quantitative traits in two natural populations of "aroeira" Myracrodruon urundeava F.F. & M.F. Allemão - (Syn: Astronium urundeava (Fr. Allemão) Engler)
Resumo em inglês
The genetic variation between and within two "aroeira" (Myracrodruon urundeava F.F. & M.F. Allemão - Anacardiaceae) populations, one from Bauru - SP and another from Selvíria - MS, was assessed through quantitative traits and by the electrophoresis technique. The quantitative traits assessed were: plant height (m); height of first bifurcation (m); diameter at 30 cm from the soil (cm); bark thickness at 30 cm; bark thickness density at 30 cm (g/cm3); wood density at 30 cm (g/cm3); average crown diameter (m); weight of crown dry matter (kg); and percentages of macronutrients in leaves: N (%), P (%), K (%), Ca (%), Mg (%), and S (%). Those traits were evaluated at the age of 3.5 years, in two open pollinated progeny tests established in Selvíria - MS, in December, 1987, with 28 families and 3 replications in each test. The average coefficient of heritability (narrow sense), of 14 traits were 0.15 and 0.10 for Bauru - SP and Selviria - MS populations, respectively. The joint analysis involving the two populations, for the 14 traits analyzed, showed no significant differences between populations; therefore, the total variance is included within populations. The electrophoretic analyses were conducted in starch gel with fresh cotyledonal leaf extract obtained from 25 families for the Bauru - SP population and from 26 families for the Selvíria - MS population, where 20 individuals within each family were analyzed. The loci studied were: IDH (2 alleles), AAT-1 (3 alleles) and LAP-2 (4 alleles). The total genetic diversity parameters between and within populations were estimated from the frequency obtained for each allele, within the loci cited. The total genetic diversity for the two "aroeira" populations (ĤT = 0.452) was higher than the average for other tropical tree species. However, these two populations presented high inbreeding coefficients at the species level (F̂IT = 0.517 and F̂ = 0.520) as well as at the population level (F̂ IS = 0.499 and f̂ = 0.495). The genetic divergence between populations was low, as shown by the estimated parameters: F̂ ST = 0.035, θ̂2 = 0,049, Ĝ ST = 0.036, Ĝ = 0.028. Such results indicated that there is outcross predominance between related individuals, in both populations studed. The quantification of the genetic variation obtained by the progeny trials and by the isozymes showed, in both cases, that most of the genetic variation is within populations (100% and 96.30% respectively) and the least is between populations (0% and 3.70%, respectively). The utilization of the two basic methodologies - quantitative and electrophoretic methods - were shown to be consistent and complementary for the genetic study of natural "aroeira" populations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.