• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-20200111-141617
Documento
Autor
Nome completo
Silvia Maria Frigo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1983
Orientador
Título em português
Variabilidade e fusão de protoplastos em Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorokin
Palavras-chave em português
FUNGOS ENTOMOPATOGÊNICOS
FUSÃO DE PROTOPLASTOS
VARIAÇÃO GENÉTICA
Resumo em português
O presente trabalho foi conduzido com a finalidade de se estudar a variabilidade natural existente em 11 linhagens de Metarhizium anisopliae de diferentes origens, com relação ao crescimento, produção de esporos em meio completo e em meio contendo diferentes concentrações de arroz, resistência à luz ultravioleta e fusão de protoplastos entre diferentes linhagens. Para o crescimento, mediu-se o diâmetro das colônias do 5º ao 10º dia de desenvolvimento e nessas colônias determinou-se a produção de esporos tanto em meio completo como em diferentes concentrações de arroz. A influência da luz ultravioleta foi estudada pela taxa de sobrevivência em diferentes tempos de irradiação. Os resultados obtidos indicaram a existência de uma alta variabilidade entre as linhagens quanto ao crescimento; no entanto, colônias que crescem pouco no 5º dia, continuaram com menor crescimento, mesmo após o último dia de observação, o que permite uma seleção de isolados de maior crescimento logo nos primeiros dias. Houve também grande variabilidade quanto a produção de esporos sendo que, em geral, um pico de produção ocorreu entre o 7º e 8º dia de desenvolvimento. As linhagens mais produtoras em meio completo foram M, E6, A4 e E9 e, em meio de arroz verificou-se que, maior produção ocorria quando na concentração de 60 g/1. Com relação a luz ultravioleta, as linhagens E9A, E6 e E9 foram as mais resistentes e as linhagens A4, Mj e M as menos resistentes. Um setor amarelo de E9 designado E9A foi inclusive mais resistente que a linhagem original. Este mutante é de importância para o melhoramento das linhagens em relação a esta característica. Mutantes auxotróficos e morfológicos foram obtidos de 4 das 5 linhagens ensaiadas e sua utilização permite testes envolvendo cruzamentos entre linhagens. Cruzamentos foram realizados por técnicas convencionais de parassexualidade e por fusão de protoplastos. Cruzamentos entre isolados da mesma linhagem, produziram heterocários o mesmo não ocorrendo entre isolados de diferentes linhagens estudadas. A técnica do "doador morto" usada em um dos casos demonstrou ser possível o isolamento de diplóides entre duas diferentes linhagens.
Título em inglês
Variability and protoplast fusion in Metarhizium anisopliae (Metsch.) Sorokin
Resumo em inglês
The present work was carried out aiming the study of the natural variability occurring in 11 isolate of Metarhizium anisopliae, of different origens, in relation to the growth and production of conidia in complete medium and in rice medium; the natural resistance to ultra-violet light and protoplast fusion between strains were also estudied. To evaluate growth, of each isolate it was measured the diameter of colonies from the 5th to the 10th day of development. It was also determined the production of conidia from each isolate both in complete medium and in different concentrations of rice. The influence of ultra-violet light was studied by survival curves using different times of irradiation. The results indicated the occurrence of a hight variability among the isolates when they were compared in relation to the growth rates; colonies that present slow growth rate in the 5th day, continued to growth slowly, even after the laste day of observation; this may permit a selection of faster growing isolates already with 5 days in the after inoculation. There was also a great variability for conidia production, a maximum occurring the 7th and a 8th days of growth. The more productive isolate in complete medium were M, E6, A4 and E9 and i t was confirmed that in rice medium, occurred a greater production when concentrations reach 60 g/L. In relation to ultra-violet light, the isolated E9A, E6 and E9 were more resistant while the isolated A4, Mj and M were the less resistant . A yellow sector of E9 designated E9A was inclusive more resistant that the original isolate, which can be an important source for the improvement of isolates in relation to this caracteristic. Auxotrophic and morphological mutants were obtained from four out of five isolates tested. Their use permit test of crosses among isolates crosses were performed using parasexual cycle and protoplast fusion. Crosses between isolates from the some strain produced he terokaryum but there was not formed between distinct studied s trains. The "dead donor" technique was used in one cross and by this way was possible to isolate diploicls between such strais.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
FrigoSilviaMaria.pdf (10.44 Mbytes)
Data de Publicação
2020-01-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.