• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-20200111-145649
Documento
Autor
Nome completo
Pedro Mário de Araujo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2000
Orientador
Título em português
Dialelo parcial circulante interpopulacional e cruzamento “Top Cross” na avaliação de linhagens parcialmente endogâmicas de milho (Zea mays L.)
Palavras-chave em português
CRUZAMENTO DIALÉLICO
ENDOGAMIA
LINHAGENS VEGETAIS
MILHO
Resumo em português
Foram avaliadas, sob os esquemas de cruzamento dialélico parcial circulante interpopulacional (CDPCI) e cruzamento “Top Cross” (CTC), 90 progênies S2 de cada uma das populações de milho (Zea mays L.) BR 106 e IAPAR 26. No esquema CDPCI, as progênies foram divididas em nove conjuntos de dez progênies; em cada conjunto, cada progênies foi cruzada com quatro (s = 4) progênies da população contrastante, perfazendo um total de 40 híbridos intermediários por conjunto. As análises de variância foram realizadas por conjunto e agrupadas. No esquema CTC foram realizados dois experimentos: TC1, contendo os cruzamentos entre as progênies de BR 106 com a população IAPAR 26: e TC2, contendo os cruzamentos entre as progênies de IAPAR 26 com a população BR 106. Os ensaios foram realizados na safra 97/98 nas localidades de Londrina (PR), Ponta Grossa (PR) e Rio Verde (GO). Foram avaliados os caracteres: peso de grãos (PG), altura da planta (AP; cm), altura da espiga (AE; cm), dias para florescimento feminino (FF; dias) e prolificidade (PRO; espigas por planta). Nas análises agrupadas por local, no esquema CDPCI, os quadrados médios relativos a capacidade geral de combinação (CGC) mostraram maior expressão do que os de capacidade específica de combinação (CEC) para todos os caracteres. Dentre os caracteres, CEC teve maior expressão para PG e PRO. A decomposição das somas de quadrados de CGC entre as duas populações mostrou sempre maiores valores para BR 106 para todos os caracteres em todos os locais. Para PG, as estimativas dos efeitos de CGC para progênies de BR 106 (gii) e IAPAR 26 (gii) variaram de -915 a 917 kg/ha e -657 a 883 kg/ha respectivamente. Os contrastes de médias Ki = Ȳ i. - Ȳ .. e Kj = Ȳ .j - Ȳ .. , calculados a partir das observações (médias dos híbridos, Yij) variaram de -1134 a 854 e de -727 a 930 kg/ha respectivamente. As estimativas de CEC variaram entre -908 a 1002 kg/ha, mostrando que este efeito pode contribuir expressivamente para maior produtividade em combinações híbridas específicas. A maior produtividade de um híbrido intermediário foi de 9063 kg/ha, que é 15,6% superior à média da testemunha (P 3041) de 7838 kg/ha; e 35, 1 % superior à média das populações parentais (6707 kg/ha). A média geral dos híbridos, associada a altos valores positivos de CGC (gi e gj), bem como de CEC (Sij), por si demonstram o alto potencial das populações BR 106 e IAPAR 26 para a exploração de híbridos a partir de linhagens parcial ou totalmente endogâmicas. A análise da variância para PG, com desdobramento da variação entre híbridos em efeitos de linhas e diagonais no esquema dialélico circulante, revelou estimativas médias da variância aditiva (σ2A12) e dominante (σ2D12) interpopulacionais de 113,22 e 57, 18 (g/pl)2 , respectivamente. Para os outros caracteres, apenas para PRO constatou-se uma relação próxima da unidade entre as duas variâncias, sendo de menor magnitude a variância dominante nos demais. Na análise conjunta verificou-se que a variância da interação dominante x ambiente foi mais expressiva do que a interação aditiva x ambiente, principalmente para PG, resultando em um aumento na relação (σ2A12 / σ2D12). Na análise dos “topcrosses”, verificou-se que a população IAPAR 26 foi mais eficiente para discriminar as linhagens de BR 106 do que o inverso. As estimativas dos efeitos de capacidade de combinação mostraram maior dispersão em relação ao esquema CDPCI. No ensaio TC1 os valores de capacidade de combinação (ti = Yi - Y.) para PG variaram de -1420 a 1607, com média geral dos ensaios de 7563 kg/ha. Do mesmo modo, estimativas de tj = Yj - Y. para PG em TC2 variaram de - 1211 a
Título em inglês
Partial circulant interpopulation diallel and Top-cross mating schemes for the evaluation of partiall y inbred unes in maize (Zea mays L.)
Resumo em inglês
Ninety S2 progenies from each of the maize (Zea mays L.) populations BR 106 and IAPAR 26, were evaluated under the partial circulant interpopulation diallel (CDPCI) and top-cross (CTC) mating schemes. ln CDPCI progenies were divided into nine sets of ten progenies each; in each set, each progeny was crossed with four (s = 4) progenies of the opposite population, thus totaling 40 intermediate hybrids in each set. Analyses of variance were performed in each set and then pooled over sets. ln CTC, two trials were designed: TC 1 with cresses between progenies of BR 106 with the population IAPAR 26; and TC2 with cresses between progenies of IAPAR 26 with the population BR 106. Triais were conducted in 97/98 in three locations: Londrina (PR), Ponta Grossa (PR) e Rio Verde (GO). The following traits were analyzed: grain yield (PG: plot total expressed in kg/ha), plant height (AP; cm), ear height (AE; cm), days for female flowering (FF; days), and prolificacy (PRO; ears per plant). ln the analysis of variance within locations for CDPCI scheme, the mean squares for general combining ability (CGC) showed higher expression than for specific combining ability (CEC) for all traits. Among traits CEC showed higher expression for PG and PRO. The partition of the sums of squares for CGC for the two populations showed always higher values for BR 106 for all traits and locations. For PG, the estimates of CGC effects for progenies of BR 106 (gii) and IAPAR 26 (gii) varied from -915 to 917 kg/ha and -657 to 883 kg/ha, respectively. The contrasts of means, Kj = Ȳ i. - Ȳ .. e Kj = Ȳ .j - Ȳ .., calculated from the observations (hybrid means, Yij) varied from -1134 to 854 and from -727 to 930 kg/ha, respectively. The estimates of CEC were in the range of -908 a 1002 kg/ha, indicating that this effect may contribute expressively for higher yield in specific hybrid combinations. The highest yield for an intermediate hybrid was 9063 kg/ha, that is 15.6% higher than the check (P 3041) mean of 7838 kg/ha; and 35,1 % higher the mean of the parental populations (6707 kg/ha). The overall hybrid mean associated with high positive values of CGC (gi e gj), as well as CEC (Sij), indicate by themselves the high potential of the populations for the exploitation of hybrid crosses from partial or completely inbred lines. The analysis of variance for PG, with partition of the variation among hybrids into lines and diagonals in the circulant diallel scheme, revealed average estimates of the interpopulation additive variance (σ2A12) and dominance variance (σ2D12) of 113.22 e 57.18 (g/pl)2, respectively. For the other traits, only for PRO the variance ratio was close to the unity, while the dominance variance was always smaller than the additive variance for the remaining traits. The combined analysis over environments indicated that the interaction dominant x environment variance was more expressive than the interaction additive x environment variance, mainly for PG, thus increasing the ratio σ2A12 / σ2D12. ln the top cross analysis, there was evidence that the population IAPAR 26 was more efficient for discriminating lines from , than the reverse BR 106. Estimates of combining ability effects showed a higher dispersion in relation to the CDPCI scheme. ln TC1 trial, estimates of combining ability (ti = Yi - Y.) for PG varied from -1420 a 1607, with general mean of 7563 kg/ha. ln the same way, estimates of tj = Yj - Y. for PG in TC2 varied from -1211 a 1269, with general mean of 7363 kg/ha. The average estimate of the interpopulation additive variance (σ2A12) was 310.81 (g/pl). The overall analyses indicated that CDPCI scheme was more efficient for progeny selection and prediction of hybrid combinations than CTC scheme, mainly as a function of the lower deviations in the combining ability estimates and also for providing additional information on the effects of specific combining ability and on the interpopulation dominant variance
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AraujoPedroMario.pdf (10.90 Mbytes)
Data de Publicação
2020-01-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.