• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.1987.tde-20210104-175139
Documento
Autor
Nome completo
João Eustáquio Cabral de Miranda
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1987
Orientador
Título em português
Análise genética de um cruzamento dialélico em pimentão (Capsicum annuum L.)
Palavras-chave em português
ANÁLISE GENÉTICA
COMBINAÇÃO GENÉTICA
COMPONENTES DE VARIÂNCIA
CORRELAÇÃO GENÉTICA E AMBIENTAL
CRUZAMENTO DIALÉLICO
HETEROSE
PIMENTÃO HÍBRIDO
Resumo em português
Este trabalho objetivou estimar a magnitude e a natureza dos parâmetros genéticos, a heterose dos híbridos F1’ s, os coeficientes de correlação genotípica, fenotípica e de ambiente e a capacidade geral e específica de combinação em um cruzamento dialélico entre seis cultivares de pimentão, a saber: (1) linhagem P-14-8 (UFV), ( 2 ) BGH 18, (3) BGH 3041, (4) Morrón (5) Amarelo Italiano e (6) Agronômico-10 G. Obtiveram-se todos os 15 possíveis híbridos F1 entre elas, sem recíprocos. Os 15 híbridos e os seis parentais foram testados em blocos casualizados completos, com seis repetições, no campo experimental do Departamento de Genética da ESALQ/USP, em Piracicaba, SP, em 1985. As parcelas experimentais mediam 4,0 m2, com 10 plantas no espaçamento de 0,80 x 0,50 m, tomando-se os dados em cinco plantas individuais/parcela. Foram avaliados os seguintes caracteres: produção total de frutos por planta (PTF), número total de frutos por planta (NTF), produção precoce-peso dos frutos (época de maturação, PPPF), produção precoce-número de frutos (PPNF), peso médio dos frutos amostrados (PMFA), peso médio real dos frutos (PMRF), comprimento do fruto (COMP), largura do fruto (LARG), relação entre comprimento e largura do fruto (RC/L), altura da planta (ALT), número de lóculos por fruto (LOC) e número de dias para o florescimento (DF). As análises estatístico - genéticas foram feitas mediante as metodologias de análise dialélica de JINKS-HAYMAN e de GRIFFING (método 2, modelo misto B). As principais conclusões foram as seguintes: 1 - A análise de Jinks-Hayman revelou a maior importância da herança não-aditiva para PTF, PPPF e ALT, embora efeitos aditivos também estivessem presentes. A herança aditiva predominou nos caracteres NTF, PPNF e LOC. Não se detectou evidência de epistasia para esses caracteres. A sobredominância esteve presente nos caracteres PTF, PPPF e ALT, houve dominância incompleta em pequeno grau para NTF e PPNF, e ausência de dominância ou dominância incompleta em pequeno grau para LOC. Os alelos dominantes atuam no sentido de aumentar a magnitude dos caracteres PTF, PPPF, PPNF e ALT. 2 - A análise dialélica de GRIFFING (1956) mostrou a maior importância da capacidade geral de combinação (herança aditiva) para os caracteres PMFA, PMRF, RC/L, LOC, COMP e LARG. A capacidade específica de combinação (herança não-aditiva) foi mais importante para DF. 3 - De modo geral, a correlação de ambiente foi de pequena magnitude. As correlações fenotípica e genotípica foram de mesmo sinal, sendo a última ligeiramente maior em valor absoluto. O componente genético das correlações contribuiu mais do que os de ambiente nas correlações estudadas, e o fenótipo refletiu adequadamente o genótipo. 4 - A produção (PTF) apresentou correlação genotípica positiva com PPPF, PMFA, PMRF, COMP e RC/L. O número de frutos (NTF) apresentou correlação genotípica negativa com PMFA, LARG, LOC e DF. O peso médio do fruto (PMFA e PMRF) correlacionou-se positivamente com LARG e LOC e negativamente com ALT. 5 - Considerável heterose foi detectada para a produção (PTF), em valores variáveis de 7 a 54,7 %; par a NTF, de 3,5 a 30,8%; para PPPF, de 9,1 a 109,2%; e, para PMFA, de 9,3 a 52,9%. A exploração comercial do vigor híbrido é a melhor opção para o melhoramento do pimentão, a curto prazo. O uso de seleção recorrente seria outra alternativa para o melhoramento dessa espécie a médio/longo prazo.
Título em inglês
Genetic analysis of a diallel cross in sweet pepper (Capsicum annuum L.)
Palavras-chave em inglês

Resumo em inglês
This paper reports on the estimation of the magnitude and nature of genetic parameters in peppers, on heterosis in F1 hybrids, on environmental, genotypic and phenotypic correlations, and on general and specific combining ability in a diallel cross of six peppers cultivars: (1) Line P-14-8 (UFV); (2) BGH-18; (3) BGH 3041; (4) Morrón; (5) Amarelo Italiano; (6) Agronômico-10G. All 15 possible F1 hybrids (reciprocals excluded) were tested, along with the six parental lines, in a randomized complete block design with six replications in the experimental field of the Genetics Department of the ESALQ/USP in Piracicaba-SP, in 1985. Each 10 plant plot measured 4.0 m2, in a spacing 0.80 x 0.50 m. Data were taken on five individual plants per plot. The following traits were evaluated: total yield per plant (PTF), total number of fruit per plant (NTF), early yield /weight (PPPF), early yield/fruit number (PPNF), average weight per sampled fruit (PMFA), actual average weight per fruit (PMRF), fruit length (COMP), fruit width (LARG), length/width ratio (RC/L), plant height (ALT), number of locules per fruit (LOC), number of days to flowering (DF). The statistical-genetical analyses were performed with the methodologies of Jinks-Hayman and Griffing (method 2, mixed model B). The main conclusions were: 1. Jinks-Hayman’s analysis showed the relatively higher important of non - additive over additive genetic effects for PTF, PPPF and ALT. Additive genetic effects were primarily involved in NTF, PPNF and LOC. No evidence of epistasis for these traits was detected. Over-dominance plays a role for PTF, PPPF and ALT; a small degree of incomplete dominance was detected for NTF and PPNF, whereas no dominance or incomplete dominance is the case for LOC. Dominant alleles show positive effects for PTF, PPPF, PPNF and ALT. 2. Griffing’s (1956) analysis showed a relatively higher importance of general over specific combining ability (i.e., important additive genetic effects) for the traits PMFA, PMRF, RC/L, LOC, COMP and LARG. Specific combining ability was more important than general combining ability (i.e., important non-additive genetic effects) for DF. 3. Environmental correlations among traits were usually small in magnitude. Both phenotypic and genotypic correlations showed equal signs, the latter being slightly higher in absolute value. The genetic component of the correlations overcome the environmental component on the correlations studied, and the phenotypes reflected the genotypes adequately. 4. Positive genotypic correlations were found between PTF and: PPPF, PMFA, PMRF, COMP, and RC/L. NTF was negatively correlated to PMFA, LARG, LOC and DF. Average fruits weight (PMFA and PMRF) was positively correlated to LARG and LOC, and negatively correlated to ALT. 5. Considerable heterosis was detected for yield (PTF), (7 to 54.7%), for NTF (3.5 to 30.8%), for PPPF (9.1 to 109.2%) and for PMFA (9.3 to 52.9%). Commercial exploitation of hybrid vigor is the best short term strategy for sweet pepper breeding. Recurrent selection would seem to be a suitable medium/long term strategy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-01-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.