• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.1981.tde-20210104-195544
Documento
Autor
Nombre completo
Aline Aparecida Pizzirani Kleiner
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 1981
Director
Título en portugués
Efeito do gene binA1 na formação de conídios de Aspergillus nidulans
Palabras clave en portugués
CONÍDIOS
FUNGOS
GENES
Resumen en portugués
O presente trabalho foi realizado com a finalidade de estudar geneticamente o caráter produção de conídios uni, bi e trinucleados que ocorre em uma linhagem de Aspergillus nidulans designada MSEbin. Inicialmente foi feito o mapeamento do gene responsável por este caráter, a determinação da origem dos núcleos adicionais nos conídios, o efeito deste gene em heterocários, na meiose, na instabilidade genética e finalmente, o efeito de agentes como luz ultravioleta e temperatura na sua expressão. Pela análise genética foi verificado que a formação de conídios com mais de um núcleo é determinada por um único gene, denominado binA1, o qual foi localizado no grupo de ligação IV à 22,7cM de methG1. Através da análise dos tipos de conídios formados em heterocários e de observações citológicas em diferentes estágios do desenvolvimento do conidióforo, foi possível concluir que os núcleos nos conídios bi e trinucleados podem ter origens diferentes, permitindo a formação de conídios heterocarióticos em micélios com núcleos geneticamente diferentes. O gene binA1 em heterocários tem expressão não autônoma e não interfere com o processo meiótico normal do fungo. Em dissômicos, a presença do gene binA1 acarreta um aumento de cerca cinco vezes na instabilidade, enquanto que, em linhagens duplicadas e em diplóides, tal instabilidade é reduzida de 2,2 e 2,0 vezes, respectivamente. As possíveis causas dessa redução da instabilidade são discutidas, bem como, a sua possível utilização em linhagens industriais. A linhagem que contêm o gene binA1 apesar de possuir conídios com mais de um núcleo, não é mais resistente à luz ultravioleta do que a linhagem original com conídios uninucleados. Através de mutação induzida com luz ultravioleta, o caráter estudado pode ser modificado obtendo-se linhagens com maior ou menor porcentagem de conídios com mais de um núcleo. Por outro lado, o caráter é influenciado pela temperatura, que sendo alta, ocasiona uma diminuição no número de conídios bi e trinucleados, o que sugere a presença de um produto termo-sensível envolvido no processo de migração dos núcleos da vesícula para os esterígmas primários.
Título en inglés
The gene binA1 on conidia formation of Aspergillus nidulans
Palabras clave en inglés

Resumen en inglés
The mutant strain MSEbin de Aspergillus nidulans has conidia with one, two and three nuclei in constant proportions. This character was considered in the present study which comprise genetic mapping, origin determination of the additional nuclei in conidia and genetic influence on heterokaryons, meiosis and instability. It was also determined the effect of temperature and ultraviolet light. Genetic analysis have shown a single gene controlling the character, binA1, which is located in linkage group IV at 22,7 cM of methG1. Analysis of conidia type formation in heterokaryons and the cytological analysis of conidiophore in different stages of development permit to conclude that additional nuclei can have independent origin in conidia. Non-autonomous expression in heterokaryons was observed and meiosis in strains were not affected in the presence of binA1. In disomics the genes enhances instability about five times and on the contrary in duplicated and diploid strains instability is reduced about two times. These effects are discussed as well as the possible reduction of instability in industrial strains. Although with more than one nuclei strains with binA1 are not more resistant to ultraviolet light than the original strain. Mutation induced by UV light permitted to select strains with higher and lower percentages of conidia with more than a single nuclei. The character however is temperature influenced and the results permit to suggest the presence of a temperature-sensitive component involved in the process of nuclear migration to primary sterigmata.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-01-07
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2021. Todos los derechos reservados.