• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1986.tde-20210919-105226
Documento
Autor
Nome completo
Marli Costa Poltronieri
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1986
Orientador
Título em português
Efeito da poda na dominância apical e frutificação de abobrinha (Cucurbita moschata Duchesne) cv. Pira Moita
Palavras-chave em português
ABOBRINHA
DOMINÂNCIA APICAL
FRUTIFICAÇÃO
PODA
Resumo em português
A abobrinha cv. Pira Moita pertencente espécie C. moschata Duchesne foi obtida a partir de um programa de retrocruzamento no qual transferiu-se o caráter moita da espécie C. pepo L. As plantas de C. moschata com gene braquítico apresentam crescimento das ramas prostradas e não erectas como em C. pepo. Assim, os internódios de abobrinha cv. Pira Moita, alongam-se de maneira negativa no período de chuvas com aparecimento de raízes adventícias e concentração acentuada de frutificação na rama principal com acentuada dominância apical. Diante desses aspectos, o presente trabalho teve como objetivo determinar o efeito da poda na dominância apical e na frutificação das ramificações primárias, secundárias e terciárias da abobrinha cv. Pira Moita. Foram realizados dois experimentos, utilizando-se o delineamento experimental de blocos ao acaso com seis tratamentos e cinco repetições. O material utilizado constituiu-se da mistura de dez híbridos entre progênies S1 da população selecionada para prateamento foliar da cv. Pira Moita. Segundo os resultados obtidos, pode-se chegar as seguintes conclusões: os manejes da poda não influenciaram a maturidade da abobrinha cv. Pira Moita, com um ciclo produtivo em 120 dias. Nas etapas de colheitas houve maior concentração de frutos na terceira quinzena, ou seja, com 45 dias. Não houve influência da poda na qualidade dos frutos. Houve estímulo das ramificações laterais com a eliminação da dominância apical na rama principal. O manejo de poda do 6º ao 12º nó na rama principal influenciou a concentração na produção de frutos nas ramas laterais. Sem poda 40 a 50% da frutificação ocorre na rama principal, com poda principalmente a partir do 3º ao 12º nó da frutificação nos ramos laterais é da ordem de 80%. A poda é benéfica e favorável na abobrinha cv. Pira Moita devido ao seu efeito na compactação e equilíbrio de frutificação.
Título em inglês
Pruning effects upon apical dominance and fruit set in summer squash (Cucurbita moschata Dusch) cv. Pira Moita
Resumo em inglês
The summer squash cv. Pira Moita belonging to Cucurbita moschata specie, was got from a backcross program in which, the bush character of C. pepo was transferred. Plants of C. moschata with bush phenotype gene, show the prostrated stem growth unlikely up right as in C. pepo. The cv. Pira Moita summer squash internodes, elongate negatively at the rainy season with adventitious roots and fruit set at the main stem with strong apical dominance. Considering these aspects, this paper aimed to determine the pruning effects upon apical dominance and fruit set in the primary, secondary and tertiary ramification stems in cv. Pira Moita summer squash. About two experiments were carried out, using random block experimental design, with six treatments and five replications. The material was moisture made of ten hybrids made among S1 progenies from selected population of cv. Pira Moita, selected for silvery leaf character. According with the results, conclusions could be drawn: as follow. The prune procedure did not influence the cv. Pira Moita summer squash maturity, with productive cycle, around 120 days. In the harvest steps there were higher fruit concentration after 45 days. The fruit quality was not affected by pruning. The lateral stems were stimulated with apical dominance elimination of the main stem. The pruning procedure of 6th to 12th nodes of main stem affected the fruit concentration in the lateral stems. Without pruning, about 40 to 50% of fruit set occurs in the main stem, but with pruning from 3rd to 12th node, the fruit set in the lateral stem is around 80%. The pruning procedure is beneficial and favour the summer squash cv. Pira Moita, due to its influence in the plant compactation and equilibrium of fruit set.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-09-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.