• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1978.tde-20220207-195918
Documento
Autor
Nombre completo
Elcio Perpétuo Guimarães
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 1978
Director
Título en portugués
Estudos da sensitividade de sementes de arroz (Oryza sativa L.) à radiação gama, neutrons, sulfato de dietila (DES) e azida sódica (SA)
Palabras clave en portugués
ARROZ
MUTAGÊNICOS
NÊUTRONS
RADIAÇÃO GAMA
SEMENTES
Resumen en portugués
O emprego de agentes mutagênicos físicos e químicos, para induzir mutações em plantas, é um método de melhoramento de grande utilidade. Sementes de arroz de sequeiro, da variedade Dourado Precoce, foram submetidas a tratamentos mutagênicos com radiação gama, neutrons térmicos e rápidos, sulfato de dietila (DES) e azida sódica (SA). Nesses tratamentos procurou-se estudar os efeitos biológicos causados na geração M1, como por exemplo, o efeito na sobrevivência, altura de plântulas, fertilidade de plantas e mutação de clorofila. Os dados obtidos foram analisados pelo Teste de Independência, sendo que, para a altura de plântulas tratadas com SA, foi possível a composição de um quadro de análise de variância. No entanto, para a frequência de mutação de clorofila, usou-se de dois métodos de cálculo: (1) número de mutações por 100 panículas M1 e (2) número de mutantes por 100 plântulas M2. A radiação gama não mostrou, para a sobrevivência de plântulas M1, queda com o aumento das dosagens usadas, mas para o DES, o aumento nas concentrações provocou queda na sobrevivência, o mesmo ocorrendo com a SA. Todavia, para a SA pode-se também constatar tal efeito com o aumento da acidez e a presença de pré-tratamento das sementes em água destilada. A altura de plântulas M1 decresceu quando a dosagem de radiação gama, concentrações de DES, concentrações e acidez de SA cresceram. O mesmo ocorreu com a fertilidade de plantas M1, que também foi medida para os neutrons e apresentou comportamento similar. A fertilidade de plantas mostrou-se como a característica mais sensível aos tratamentos mutagênicos, sofrendo reduções drásticas com altas dosagens de radiação gama e neutrons, altas concentrações, e acidez de SA. Com a frequência de mutação de clorofila em plântulas M2, pode-se notar que as respostas variaram de acordo com o agente mutagênico empregado, e também com as condições testadas para cada um deles. O método de cálculo também fez variar essa frequência. A máxima frequência de mutação de clorofila encontrada coube a SA, que baseada no número de mutações por 100 panículas M1 induziu 40,74 mutações a concentração de 5 x 10-2 M e pH = 4,0 sem pré-tratamento em água destilada. Para o método dos mutantes por 100 plântulas M2, o maior resultado encontrado foi de 10,67 mutantes a 1 x 10-2M e pH = 4,0, para sementes pré-tratadas em água destilada por oito horas. O pré-tratamento em água destilada, das sementes tratadas com SA, foi o responsável pelos maiores danos fisiológicos, todavia, implicou nas maiores freqüências de mutação. Com esses parâmetros analisados, pôde-se aquilatar a sensitividade do material aos diferentes mutagênicos empregados, bem como compará-los dentro das condições do experimento. Desse modo, para a freqüência de mutação de clorofila, nas dosagens usadas, ou neutrons térmicos mostraram-se superiores a radiação gama. Com os neutrons rápidos, essa informação não foi possível obter devido a escassez de dados. Contudo, com a SA esse problema não ocorreu e pôde-se claramente perceber seu melhor comportamento diante dos demais mutagênicos usados. O DES provocou os menores danos fisiológicos, mas nao induziu mutações nessas condições usadas, requerendo assim um estudo mais detalhado, para que se possa obter informações mais precisas.
Título en inglés
Not available
Resumen en inglés
Dry rice seeds of the variety Dourado Precoce were treated with gamma rays, thermal and fast neutrons, di-ethyl sulphate (DES) and sodium azide (SA). Biological effects of these treatments were studied in the M1 generation and survival, seedling height, plant fertility and chlorophyll mutation frequency were calculated. The obtained data were analysed by independent test. For plant height, it was possible to organize a variance analysis. For chlorophyll mutations, two analysis methods were used: (1) mutation number for 100 M1 panicles and (2) mutant number for 100 M2 seedlings. The gamma-ray treatments showed no survival decreasing with the increased of dosage, but for DES and SA increased dosages caused the decrease of survival. However, the same effect was seen in the SA treatments where the increase of acidity of buffer solution accompanied with pre-treatment in distilled water decreased survival number. The M1 seedling height was decreased with the increase of gamma-ray dosage, DES concentration, SA acidity and concentration. The M1 plant fertility for neutron treatment was also decreased with dose. Plant fertility is one of the most sensitive charachters for mutagenic treatments, with drastic reductions with higher gama-ray, and neutron dosages, and with high SA acidity and concentrations. As for chlorophyll mutations, the responses were varied according to mutagen dosages and test conditions for each one. Calculating me- thods also affected this frequency. The maximum chlorophyll mutation frequency was obtained in the SA treatment: 40,74 mutations were observed on thé basis of 100 M1 panicles at 5 x 10-2M and pH = 4,0 without pre-treatment in distilled water, and 10,67 mutants on the basis of 100 M2 seedlings at 1 x 10-2M and pH = 4,0 with pre-treatment in distilled water. Pre-treated seeds with distilled, water showed largar physiological damages in the SA treatments and higher mutation frequencies. Regarding chlorophyll mutation frequency, thermal neutrons were more efficient than gamma-rays in the present work. For fast neutrons, it was impossible to draw any conclusions due to few informations obtained. However, SA was the most efficient among the mutagens used. DES showed lower physiological damages in the M1 plants but did not induce mutations in the used conditions. More detailed studied will be necessary to draw more accurate conclusions.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2022-02-07
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.