• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Nelson Arno Wulff
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1997
Orientador
Título em português
Caracterização parcial de elicitores de fitoalexinas em sorgo (Sorghum bicolor) obtidos a partir de Saccharomyces cerevisiae
Palavras-chave em português
FITOALEXINAS
FUNGOS FITOPATOGÊNICOS
LEVEDURAS
SORGO
Resumo em português
Em sorgo são sintetizadas quatro fitoalexinas do tipo deoxiantocianidinas em resposta a tentativa de penetração fúngica e ao tratamento com elicitores. A levedura Saccharomyces cerevisiae estimula o acúmulo de fitoalexinas e tem potencial para ser utilizada como agente de controle alternativo no tratamento de doenças fúngicas em sorgo. Descrevemos aqui metodologia para a obtenção de elicitores glicoproteicos a partir da levedura S. cerevisiae, os quais estimulam o acúmulo de fitoalexinas em mesocótilos de sorgo. As frações purificadas são resistentes a autoclavagem, solúveis em etanol 50 %, ligam-se a resina aniônica DEAE-Celulose e o tratamento com proteinase reduz a atividade elicitora. Além das moléculas elicitoras, foram fracionadas moléculas que possuem a capacidade de suprimir o acúmulo de fitoalexinas pelas moléculas elicitoras. Com base nos resultados apresentados, sugere-se que moléculas possivelmente de natureza glicoproteica, oriundas da parece celular da levedura, atuem como elicitores de fitoalexinas em sorgo. Ressalta-se que da mesma forma que poucas fitoalexinas foram estudadas em monocotiledôneas, poucos são os elicitores caracterizados a apresentar atividade entre as monocotiledôneas, especialmente nas Poaceae.
Título em inglês
Partial characterization of elicitors of phytoalexins in sorghum (Sorghum bicolor) obtained from Saccharomyces cerevisiae
Resumo em inglês
Sorghum produces a complex of pigmented 3- deoxyanthocyanidin phytoalexins in response to either attempted fungal penetration or elicitor treatment. The yeast Saccharomyces cerevisiae e elicits phytoalexin accumulation and is a potential biological agent for control of fungal diseases in sorghum. The present investigation establishes a procedure to purify elicitor molecules from cells of S. cerevisiae, which cause phytoalexin accumulation in sorghum mesocotyls. In addition to elicitor molecules, suppressor molecules of the same response were fractionated. The elicitor molecules are stable after autoclaving, soluble in ethanol 50 %, adsorb to the anion exchanger DEAE-Cellulose and proteinase treatment reduces their activities. These elicitors molecules, probably glycoproteins from S. cerevisiae cell walls, are one of the few to exhibit elicitor activity in monocotyledons, specially on Poaceae.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
WulffNelsonArno.pdf (2.46 Mbytes)
Data de Publicação
2019-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.