• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-171405
Document
Auteur
Nom complet
Ana Helena Bergamin Marozzi Fernandes
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 1989
Directeur
Titre en portugais
Sobrevivência de estirpes de Bradyrhizobium sp. para amendoim (Arachis hypogaea L.) em inoculantes preparados com substrato turfoso enriquecido com carbono
Mots-clés en portugais
AMENDOIM
BRADYRHIZOBIUM
CONSERVAÇÃO
FIXAÇÃO BIOLÓGICA DE NITROGÊNIO
INOCULANTES
SUBSTRATOS
Resumé en portugais
Inoculantes para amendoim (Arachis hypogaea L.) foram produzidos com substrato turfoso, enriquecido com grafite, em quatro tratamentos: 1) sem grafite; 2) 25% de grafite; 3) 50% de grafite e 4) somente grafite. Três estirpes de Bradyrhizobium sp. (SMS-319, SMS-400 e SMS-561) foram inoculadas separadamente, com 3 repetições. Os inoculantes produzidos foram conservados em temperatura ambiente e em geladeira. Amostras foram tomadas aos 5, 15, 30, 60, 90, 120 e 180 dias após a mistura do caldo ao substrato, avaliando-se a sobrevivência das estirpes, através da determinação do número de rizóbios pelo método de diluição e contagem em placas. Aos 300 dias após a produção, instalou-se um ensaio, em vasos de Leonard com solução nutritiva isenta de nitrogênio, para avaliação da eficiência de rizóbios dos inoculantes armazenados, incluindo-se tratamInoculantes para amendoim (Arachis hypogaea L.) foram produzidos com substrato turfoso, enriquecido com grafite, em quatro tratamentos: 1) sem grafite; 2) 25% de grafite; 3) 50% de grafite e 4) somente grafite. Três estirpes de Bradyrhizobium sp. (SMS-319, SMS-400 e SMS-561) foram inoculadas separadamente, com 3 repetições. Os inoculantes produzidos foram conservados em temperatura ambiente e em geladeira. Amostras foram tomadas aos 5, 15, 30, 60, 90, 120 e 180 dias após a mistura do caldo ao substrato, avaliando-se a sobrevivência das estirpes, através da determinação do número de rizóbios pelo método de diluição e contagem em placas. Aos 300 dias após a produção, instalou-se um ensaio, em vasos de Leonard com solução nutritiva isenta de nitrogênio, para avaliação da eficiência de rizóbios dos inoculantes armazenados, incluindo-se tratamentos de inoculação com caldo de cultura pura das mesmas estirpes. As quantidades de inoculantes foram padronizadas para fornecer 10ó bactérias/vaso. A sobrevivência das estirpes foi excelente nos inoculantes produzidos sem grafite e nos com adição de 25% de grafite. Os demais tratamentos prejudicaram a sobrevivência das bactérias, sobretudo quando se tinha exclusivamente grafite como substrato. A nodulação e fixação de nitrogênio também foram negativamente afetadas nos inoculantes com 100% de grafite. A conservação em geladeira favoreceu a sobrevivência das três estirpes, porém não interferiu com a nodulação e fixação do nitrogênioentos de inoculação com caldo de cultura pura das mesmas estirpes. As quantidades de inoculantes foram padronizadas para fornecer 10ó bactérias/vaso. A sobrevivência das estirpes foi excelente nos inoculantes produzidos sem grafite e nos com adição de 25% de grafite. Os demais tratamentos prejudicaram a sobrevivência das bactérias, sobretudo quando se tinha exclusivamente grafite como substrato. A nodulação e fixação de nitrogênio também foram negativamente afetadas nos inoculantes com 100% de grafite. A conservação em geladeira favoreceu a sobrevivência das três estirpes, porém não interferiu com a nodulação e fixação do nitrogênio
Titre en anglais
Survival of peanut (Arachis hypogaea L.) Bradyrhizobium sp.strains in peat-based inoculants enriched with carbon
Resumé en anglais
Substrate for the inoculants was prepared with four levels of graphite additions to peat: 1) no graphite; 2) 25% graphite; 3) 50% graphite and 4) graphite only. Three strains were tested in each treatment. The prepared inoculants were stored in refrigerator and under laboratory conditions. Samples were taken at 5, 15, 30, 60, 90, 120 and 180 days after mixing broth with carrier. Surviving population was determined by the plate count method. Three hundred days after storage an experiment was carried out with N-free nutrient solution in Leonard's jar to evaluate the effectiveness of the rhizobia in the stored inoculants. Treatments with pure strain broth inoculation were included. The amount of each inoculant used was controlled in order to provide 10ó bacteria/jar. Survival of any of the three strains was excellent in the inoculants prepared without graphite addition and with 25% graphite. A negative effect on survival was mainly observed when the substrate was exclusively composed of graphite. Nodulation and nitrogen fixation were also negatively affected in the inoculants with 100% graphite. Storage under refrigerated conditions (4ºC) favoured survival of the three strains but did not interfere with their ability to nodulate or the efficiency of N2 fixation
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2019-12-19
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.