• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1987.tde-20210918-201334
Documento
Autor
Nome completo
Vanderlei Antunes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1987
Orientador
Título em português
Crescimento de limão cravo (Citrus limonia Osbeck) sob influência da inoculação com fungo micorrízico vesículo-arbuscular e da aplicação de fósforo
Palavras-chave em português
CRESCIMENTO
FÓSFORO
FUNGOS MICORRÍZICOS
INOCULAÇÃO
LIMÃO CRAVO
Resumo em português
Dois experimentos com limão cravo foram instalados em casa de vegetação em esquema fatorial 4x2x2, quatro doses crescentes de fósforo (0, 50, 100 e 20ppm de P), com fosfato solúvel ou natural de rocha e com ou sem inoculação do fungo micorrízico Glomus leptotichum. No primeiro experimento foi utilizado solo esterilizado e no segundo solo não esterilizado. As plantas foram colhidas 6 meses após o transplante da caixa de germinação para os vasos, avaliando-se peso de matéria seca da parte aérea, porcentagem de colonização radicular, absorção de P e K, número de esporos no solo, altura e diâmetro das plantas. Em solo esterilizado, observou-se um significativo aumento da produção de matéria seca e do conteúdo de nutrientes minerais devido á inoculação com o fungo MVA nas doses de 0 e 50ppm de P solúvel e em todas as doses de fosfato natural de rocha. Na dose de 100ppm de P solúvel houve equivalência no desenvolvimento das plantas com e sem micorriza e na dose de 200ppm as plantas não inoculadas superaram as inoculadas, havendo ainda uma diminuição na colonização de raízes e esporulação do fungo MVA nesta maior dose. No segundo experimento, com solo não esterilizado, não foram observados benefícios da inoculação com G. leptotichum. Houve efeito apenas na dose de 50ppm de P solúvel, não ocorrendo incrementos nas doses mais elevadas ou com fosfato de rocha. Os endótipos predominantes nste solo foram Glomus macrocarpum e Scuttelospora pellucida
Título em inglês
Growth of rangpur lime (Citrus limonia Osbeck) as influenced by inoculation with vesicular-arbuscular mycorrhizal fungus and phosphorus application
Resumo em inglês
Two greenhouse experiments were installed, one with sterilized and the other with natural soil, combining four phosphate levels (0, 50, 100 and 200ppm P), supplied either as soluble P or as rock phosphate, with or without inoculation of Glomus leptotichum. Six months after transplanting from the seedbed to the pots, the plants were harvested and the shoot dry weight, P and K uptake, root colonization and number of spores were determined. Shoot height and stem diameter were also monthly determined. In sterilized soil there was a significant increase in dry matter yield as well as in P and K contents due to VAM inoculation at the 0 and 50ppm soluble P levels and at all rock phosphate levels. At 100ppm soluble P the development of mycorrhizal plants was equivalent and at 200ppm it was lesser than non-mycorrhizal plants. There was also less root colonization and sporulation. Height and diameter data were not statistically analyzed due to the great variability presented. In natural soil there were responses to VAM inoculation only at the 50ppm soluble P level. No further increases were obtained with higher soluble P levels or with rock phosphate. The prevalent endophytes in this soil were Glomus macrocarpum and Scuttelospora pellucida.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
AntunesVanderlei.pdf (3.13 Mbytes)
Data de Publicação
2021-09-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.