• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1993.tde-20210918-211722
Documento
Autor
Nome completo
Ana Paula de Arruda Geraldes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1993
Orientador
Título em português
Carbono, nitrogênio e biomassa microbiana do solo em uma cronossequência floresta-pastagem em Paragominas, Pará (Amazônia Oriental)
Palavras-chave em português
BIOMASSA
CARBONO
CRONOSSEQUÊNCIAS
FLORESTAS TROPICIAS
MICROBIOLOGIA DO SOLO
NITROGÊNIO
PASTAGENS
Resumo em português
O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de quantificar os estoques de carbono, nitrogênio e a biomassa microbiana do solo e as alterações ocorridas durante a transformação de áreas de Floresta tropical amazônica em pastagens. Solos coletados de áreas com pastagens de 4, 10 e 15 anos e uma mata natural de referência na região de Paragominas - Pará foram analisados quanto ao seu teor de carbono, nitrogênio, constituição isotópica e biomassa microbiana. A biomassa microbiana C foi estimada através dos métodos de Fumigação-Incubação e Fumigação-Extração e a biomassa microbiana N somente através do método da Fumigação-Extração. Com a implantação da pastagem o conteúdo de carbono aumentou ao longo do tempo de cultivo. Após 4 e 15 anos de cultivo o conteúdo de carbono aumentou em 1,6 tC/ha e 3,7 tC/ha na camada superficial do solo. A pastagem de 10 anos diminuiu em relação à mata natural, devido ao fato de ter sido cultivada por 2 anos consecutivos com milho antes da implantação. A matéria orgânica da área sob mata natural era composta de 40,2 tC/ha de carbono estável e 12,2 tC/ha de carbono biodegradável, sendo que após 10 e 15 anos de pastagem o carbono biodegradável representava 7,0 tC/ha e 5,3 tC/ha, correspondendo a 14,8% e 11,6% do carbono da floresta e o carbono estável representava 88% do carbono da floresta. O conteúdo de nitrogênio aumentou após a introdução da pastagem, sendo maior na pastagem com 4 anos. A biomassa microbiana concentrou-se na camada superficial do solo e mostrou-se maior na área sob pastagem de 4 anos; a medida que as pastagens tornaram-se mais velhas a biomassa microbiana diminuiu. A relação entre o carbono total e a biomassa microbiana C foi maior apenas na pastagem de 4 anos, mas a relação entre o nitrogênio total e a biomassa microbiana N foi maior em todas as pastagens.
Título em inglês
Carbon, nitrogen and soil microbial biomass in forest-pasture cronossequence in Paragominas, Pará (Eastern Amazon)
Resumo em inglês
The present work was developed with the objective of quantify the carbon and nitrogen budget, the soil microbial biomass and the changes occurred while transformation of Amazon tropical forest sites in pastures. Soils sampled from sites with pastures of 4, 10 and 15 years and one reference native forest from Paragominas - Pará, were used to determine the carbon and nitrogen content, the natural abundance of 13C isotope and the microbial biomass. The microbial biomass C was estimate through the Fumigation-Incubation and Fumigation-Extraction methods, and microbial biomass N through the Fumigation-Extraction method. Due to the pasture establishment, the carbon content was increased. After 4 and 15 years of culture the carbon content increased 1,6 tC/ha and 3,7 tC/ha in soil surface layer. The pasture of 10 years deceased 6,8% in relation to natural forest due to maize cultivation for two years before pasture establishment. The organic matter under the natural forest site consisted of 40,2 tC/ha of the stable carbon and 12,2 tC/ha of the biodegradable carbon. After 10 and 15 years under pasture the biodegradable carbon represented 7,0 tC/ha and 5,3 tC/ha, corresponding to 14,8% and 11,6% from the forest carbon, the stable carbon represented 88% from the forest carbon. The nitrogen content increased after the pasture establishment being higher in the 4 years? pasture. The microbial biomass concentrated in the soil surface Iayer and was higher in the 4 years? pasture. Microbial biomass decreased according to the pastures ages. The relation between total carbon and microbial biomass C was higher only in the 4 years? pasture, but the relation between total nitrogen and microbial biomass N was higher in all the pastures.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-09-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.