• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1998.tde-20220207-231935
Documento
Autor
Nome completo
Leandro Francisco do Carmo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1997
Orientador
Título em português
Resistência térmica de esporos de Bacillus cereus IAL 55 condicionados em diferentes atividades de água, frente a vapor superaquecido a 140 °C e atividade de água média = 0,264
Palavras-chave em português
BACTÉRIAS
MICROBIOLOGIA DE ALIMENTOS
RESISTÊNCIA TÉRMICA
Resumo em português
Com o objetivo de estudar a resistência térmica de esporos de Bacillus cereus IAL 55, foram realizados tratamentos com vapor de água superaquecido à 140 °C com atividade de água (Aa) média de 0,264. Antes de serem submetidos ao tratamento térmico por 90; 120; 150; 180; 210; 240 e 270 minutos, os esporos foram condicionados em ambientes com diferentes Aa, sendo estas, Aa = 0,00 (sílica gel), Aa média = 0,43 (estacados à 7 °C) e Aa = 0,75 (solução saturada de cloreto de sódio). O condicionamento foi aplicado durante 30; 60; 90; 120 e 150 dias. Os resultados mostraram que o condicionamento em diferentes Aa causa, em uma fração da população, modificações fisiológicas e / ou estruturais, as quais, contudo, são anuladas por um estresse térmico muito prolongado (270 minutos), o qual também, evidencia uma fração de 3 a 4 esporos por milhão, que apresenta uma resistência intrínseca que independe do condicionamento prévio. A ocorrência de fenômenos de ativação e inativação simultâneos e / ou seqüenciais tornam inviável o emprego da fórmula D = t / (Iog A - log B) Stumbo (1973), para qualificar a resistência térmica dos esporos da população estudada. Valores D calculados a partir de equações de regressão, não se mostraram uniformes para todos os condicionamentos, podendo levar, em condições práticas, a um super- dimencionamento da resistência dos esporos estudados, no caso do emprego dos mesmos como indicadores biológicos de processos térmicos por calor seco com Aa intermediária.
Título em inglês
Thermal resistance of Bacillus cereus spores conditioned on differents water activities, faced to water evaporation overheated to 140 °C and the activitie of water medium = 0.264
Resumo em inglês
With the aim of studying the thermal resistance of Bacillus cereus IAL 55 spores. The spores were treated with steam over heated at 140 °C with the average of 0.264 water activitie (Aw)The spores were conditioned to different Aw atmospheres before submítting to thermal treatment during 90; 120; 150; 180; 210; 240 and 270 min in the following, conditions Aw = 0.00 (silica gel); Aw = 0.43 (stocked at 7 °C) and Aw = 0.75 (saturated solution of sodium chloride). The conditioning time was applied for 30; 60; 90; 120 and 150 days. The results showed that the differents Aw cause, physiological and / or structural modifications on the population spores, with ever there modifications were canceled by overprolonged thermal stress (270 min). Where about 3 to 4 spores per million show a intrinfec resistance. The occurrence of activation and inactivation pheromones, simultaneous and / or sequencious make unpracticable the use of - D = t / (Iog A - log B) - Stumbo's formula ( 1973) to qualify the thermal resistance of the spores from the population studied. The D values calculated from regression equation, did not show uniformíty to all the conditioning, and, on practical conditions, lead to an excessive spores resistance, if they were used as a biological indicators for thermal process per dry heat with Aw intermediate
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2022-02-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.