• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2014.tde-19032014-112614
Documento
Autor
Nome completo
Cristiano Bortoluzzi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2014
Orientador
Banca examinadora
Menten, José Fernando Machado (Presidente)
Fernandes, Jovanir Inês Müller
Miyada, Valdomiro Shigueru
Título em português
Desempenho produtivo e microbiota intestinal de frangos de corte suplementados com ß-ácidos do lúpulo (Humulus lupulus) após desafio com Eimeria acervulina e E. tenella
Palavras-chave em português
Aditivos fitogênicos
Coccidiose
Ecologia microbiana
Saúde intestinal
Resumo em português
Este estudo teve por objetivos avaliar diferentes níveis de suplementação de ?-ácidos do lúpulo como aditivos de rações para frangos de corte sobre o desempenho e a manutenção do equilíbrio da microbiota intestinal após desafio com Eimeria. No experimento 1, foram alojados 1440 pintos de corte da linhagem Cobb 500, no período de 1 a 42 dias de idade, com 6 tratamentos e 6 repetições. Os tratamentos utilizados foram: controle negativo, ração sem antimicrobiano; controle positivo, ração com 30 mg/kg de bacitracina de zinco e rações com 30, 60, 120 ou 240 mg/kg de ?-ácidos do lúpulo, compondo 4 tratamentos adicionais. Os ?-ácidos foram microencapsulados com 30%de extrato. As rações foram formuladas à base de milho e farelo de soja, com inclusão de 5% de farelo de trigo e 5% de farinha de penas e vísceras. Aos 7 dias de idade todas as aves foram vacinadas contra coccidiose. As aves e as rações foram pesadas semanalmente para cálculo de desempenho. No experimento 2, foram alojados 1440 pintos de corte da linhagem Ross 308, no período de 1 a 42 dias de idade, com 6 tratamentos e 6 repetições. Os tratamentos foram: controle negativo, dieta basal; controle positivo, ração com 30 mg/kg de bacitracina de zinco; controle negativo mais desafio; controle positivo mais desafio; controle negativo suplementado com 30 mg/kg de ?-ácidos mais desafio; controle negativo suplementado com 240 mg/kg de ?-ácidos mais desafio. As rações foram formuladas à base de milho e farelo de soja com inclusão de 5% de farinha de penas e vísceras. Aos 14 dias de idade, as aves dos tratamentos 3, 4, 5 e 6 foram desafiadas, via oral, com 2x105 e 5x104 oocistos de Eimeria acervulina e E. tenella, respectivamente. As aves e as rações foram pesadas semanalmente para obtenção dos dados de desempenho. Aos 21 e 35 dias de idade das aves, coletou-se o conteúdo do intestino delgado e cecos das aves para análise da microbiota intestinal, com auxílio de técnicas moleculares. No experimento 1, aos 21 dias de idade as aves os tratamentos com 30 ou 60 mg/kg de ?-ácidos apresentaram desempenho semelhante às do controle positivo. Aos 42 dias houve melhora na conversão alimentar das aves recebendo 30 e 240 mg/kg de ?-ácidos ou antimicrobiano. No segundo experimento, a coccidiose causou significativa redução no desempenho das aves e nenhum dos aditivos utilizados foi capaz de reverter esta situação. Houve aumento de bactérias do gênero Clostridium no intestino delgado aos 21 dias, em consequência do desafio, entretanto, o maior nível de ?-ácidos reduziu esta população. Aos 35 dias de idade a infecção de coccidiose não alterou a comunidade bacteriana do intestino delgado, mas nos cecos houve aumento do gênero Bacteroides.Os ?-ácidos possuem potencial para serem utilizados nas dietas de frangos de corte em situações de baixo desafio, e podem auxiliar no controle da proliferação de Clostridium, embora ineficazes contra a Eimeria.
Título em inglês
Performance and intestinal microbiota of broiler chickens supplemented with hops ß-acids (Humulus lupulus) following challenge with Eimeria acervulina and E. tenella
Palavras-chave em inglês
Coccidiosis
Intestinal health
Microbial ecology
Plant extracts
Resumo em inglês
The objective was to evaluate increasing level of hops ?-acids in the feed on performance of broiler chickens. A pen trial using 1440 one-day old chickens, from 1 to 42 days, with 6 treatments and 6 replicates was conducted (Experiment 1). The experimental treatments were: negative control, basal diet; positive control, basal diet supplemented with zinc bacitracin, 30 mg/kg; and basal diet supplemented with 30, 60, 120 or 240 mg/kg of hops ?-acids, for 4 additional treatments. The corn soybean meal basal diet was formulated with inclusion of 5% poultry by-product meal and 5% wheat bran. At 7 days of age all birds were vaccinated against coccidiosis. The chickens and the feed were weighted weekly to calculate the performance. In the second experiment, the objective was to evaluate the supplementation of hops ?-acids on performance and the balance of intestinal microbiota of broilers, following challenge with Eimeria acervulina and E. tenella. A pen trial using 1440 one-day-old chickens, from 1 to 42 days, with 6 treatments and 6 replicates was conducted. The experimental treatments were: negative control, basal diet; positive control, basal diet supplemented witn zinc bacitracin, 30 mg/kg; negative controle + challenge; Positive control + challenge; negative control supplemented with 30 mg/kg of hops ?-acids + challenge; negative control supplemented with 240 mg/kg of hops ?-acids + challenge. The corn soybean meal basal diet was formulated with inclusion of 5% poultry byproduct meal. At 14 days of age, the birds in treatments 3, 4, 5 and 6 were challenged with 2x105 and 5x104 oocists of Eimeria acervulina and E. tenella, respectively. The chickens and the feed were weighted weekly to calculate the performance. At 21 and 35 days of age, the small intestine and ceca content was collected to analyze the intestinal microbiota, using molecular techniques. In the first experiment, at 21 days of age the treatment with 30 or 60 mg/kg of ?-acids had the same performance of chickens in positive control. At 42 days, the treatments containing 30 or 240 mg/kg of ?-acids and positive control had improved feed conversion. In the second experiment, there was worse performance in broilers chickens challenged with coccidiosis and the additives were not able to oppose this situation. There was increase in the Clostridium population in the small intestine at 21 days, due to challenge, however, the highest level of ?-acids decreasead this genus. At 35 days, the coccidiosis did not alter the bacterial community in the small intestine, although the ceca had higher level of Bacteroides. The hops ?-acids have the potential to be used in the diets of broiler chickens, under low level of challenge, and to proliferation of Clostridium, although ineffective against Eimeria.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2014-03-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.