• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Allan Kardec Braga Ramos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1997
Orientador
Título em português
Avaliação do crescimento, componentes produtivos e composição mineral de três gramíneas forrageiras tropicais
Palavras-chave em português
COMPOSIÇÃO MINERAL
CRESCIMENTO VEGETAL
GRAMÍNEAS FORRAGEIRAS
Resumo em português
Em Nova Odessa-SP, Brasil (22º 42' latitude Sul; 47º 18'longitude Oeste, 550m altitude), as gramíneas Panicum maximum Jacq. cultivar Aruana, Panicum maximum Jacq. cultivar IZ-1 e Paspalum coryphaeum Trin. NO 174 foram individualmente avaliadas acerca da produção cumulativa de forragem, componentes da produção e teores de nutrientes minerais quando em crescimento livre de desfolhas. Os experimentos foram instalados a partir do final do mês de agosto de 1993 em pastagens já estabelecidas de cada gramínea, num solo classificado como Podzólico vermelho amarelo variação Laras. Definindo o início dos intervalos de crescimento, efetuou-se nas áreas o corte de uniformização da parte aérea e a remoção do material, aplicando-se em seguida o equivalente a 100 kg ha-1 de N, 35 kg ha-1 de P e 50 kg ha-1 de K, tendo como fontes o sulfato de amônio, o superfosfato simples e o cloreto de potássio, respectivamente. As avaliações foram efetuadas nos intervalos de 4, +6, +8; +14 e 22 semanas de crescimento, em parcelas de 4,0 x 4,0m, dispostas ao acaso em três blocos. As variáveis respostas consideradas foram: a altura da planta, a densidade de perfilhos, o peso médio dos perfilhos, a produção de matéria seca da parte aérea, a produção de matéria seca de folhas vivas, colmos, material senescido e forragem. Também avaliou-se a porcentagem de eliminação dos meristemas apicais e a forragem produzida na rebrota, após 7 e 28 dias, respectivamente, da amostragem efetuada para a estimativa dos componentes da produção. Os teores dos nutrientes minerais N, P, K, Ca, Mg , S, B, Cu, Fe, Mn e Zn foram determinados nas folhas, e os teores de N analisados nos colmos. Após a análise de regressão, o comportamento das variáveis resposta foi expressado através de modelos polinomiais, tendo como variável independente os intervalos de crescimento avaliados em semanas. Pode-se concluir que no crescimento ao início da estação chuvosa: A produção de forragem nas gramíneas Panicum maximum cultivar Aruana, Panicum maximum cultivar IZ-1 e Paspalum coryphaeum Trin. NO 174 ocorreu com a participação relativa crescente de colmos e material senescido, e decrescente para as folhas; Em 22 semanas de crescimento a disponibilidade de folhas na forragem foi crescente para o Panicum maximum cultivar IZ-1, enquanto que para o Panicum maximum cultivar Aruana e para o Paspalum coryphaeum NO 174 decresceu após um limite de tempo; A densidade de perfilhos diminuiu com o aumento no intervalo de crescimento sem desfolhas no Panicum maximum cultivar Aruana e no Panicum maximum cultivar IZ-1, enquanto que no Paspalum coryphaeum Trin. NO 174 não apresentou variações: Desfolhas efetuadas após 8 semanas de crescimento reduziram a produtividade da rebrota subsequente; Os teores dos nutrientes minerais nas folhas apresentaram comportamento diferenciado com o crescimento; Para maior rendimento da forragem acumulada e da rebrota subsequente, as desfolhas deverão ocorrer no máximo com 8 semanas de crescimento, no início da estação chuvosa, para o Panicum maximum cultivar Aruana e para o Paspalum coryphaeum NO 174, enquanto que para o Panicum maximum cultivar IZ-1 pode se estender por até 14 semanas de crescimento.
Título em inglês
Growth evaluation, yield components and mineral nutrient content in three tropical forage grasses
Resumo em inglês
In Nova Odessa. São Paulo State, Brazil (22º 42' latitude S; 47º 18' longitude W; 550 m altitude), the grasses Panicum maximum Jacq. cultivar Aruana, Panicum maximum Jacq. cultivar IZ-1 and Paspalum coryphaeum Trin. NO 174 were evaluated in individual trials in which the cumulative forage yield, yield components and mineral nutrient contents were associated to continuous growth. The trials were carried out in early growth season on a sward with these grasses on an Ultissol. After a homogeneing cut, ammonium sulphate, ordinary superphosphate and potassium chloride were applied to the experiments to supply 100 kg N ha-1, 35 kg P ha-1 and 50 kg K ha-1, respectively. The grasses were evaluated during the rainy season in intervals of growth of 4, +6, +8, +14 and 22 weeks using 4.0 x 4.0 m plots. The experiments were set in a randomized block design with three replications. The following parameters were evaluated: sward height, tiller density, average tiller weight, dry matter yield of plant top, leaves, culms, dead tissue and total forage yield, as well as the percentage of elimination of shoot apex and dry matter yield at 28 days regrowth after yield components evaluations. Nitrogen content was determined in culms and leaf tissue, and P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn and Zn were determined in leaf tissue. Total forage yield for Panicum maximum Jacq. cultivar Aruana, Panicum maximum Jacq. cultivar IZ-1 and Paspalum coryphaeum Trin. NO 174 was mainly related with culms and dead tissue yield with a decreasing participation of green leaves as the growing season advanced. At 22 weeks of growth, the contribution of green leaves was maintained in Panicum maximum Jacq. cultivar IZ-1. The opposite occured for the green leaves fraction in Panicum maximum Jacq. cultivar Aruana and Paspalum coryphaeum Trin. NO 174. When plots of Panicum maximum Jacq. cultivar Aruana, Panicum maximum Jacq. cultivar IZ-1 were not cut the contribution of the number of tillers decreased with time, meanwhile in Paspalum coryphaeum Trin. NO 174 tiller number was not significantly affected. Accumulated dry matter yield was significantly affected when cutting intervals were taken place after eight weeks of regrowth. The mineral content in the green leaves fraction changed within grasses and with plant age. In order to increase yield efficiency and sward stability Panicum maximumJacq. cultivar Aruana and Paspalum coryphaeum Trin. NO 174 need to be harvested with a maximum eight weeks regrowth intervals. On the other hand, the late flowering type grass Panicum maximum Jacq. cultivar IZ-1 could be cut at 14 weeks regrowth intervals without affecting yield and sward stability.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.