• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
Document
Auteur
Nom complet
Paulo Tosi
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 1999
Directeur
Titre en portugais
Estabelecimento de parâmetros agronômicos para o manejo e eficiência de utilização de Panicum maximum Jacq. cv Tanzânia 1 sob pastejo rotacionado
Mots-clés en portugais
CAPIM-TANZÂNIA
CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS
MANEJO
PASTEJO ROTACIONADO
Resumé en portugais
O presente trabalho teve por objetivo estabelecer alguns parâmetros para nortear o método de pastejo rotacionado do cultivar Tanzânia 1 (Panicum maximum), utilizando-se um ciclo de pastejo de 36 dias (33 dias de descanso e 3 dias de ocupação) durante o período das "águas" (27/11/96 à 28/04/97) e 72 dias (66 dias de descanso e 6 dias de ocupação) durante o período da "seca" (29/04/97 à 30/11/97). O experimento foi conduzido no Centro de Pesquisa de Pecuária do Sudeste - Embrapa, município de São Carlos - SP (latitude 22° 01' S, longitude 47° 53' W e altitude de 854 m), em uma área de 8 ha em solo classificado como Latossolo Vermelho Amarelo. A área foi dividida em 13 piquetes de 6200 m2, reservando-se uma área central de 1200 m2 para acesso ao saleiro e ao bebedouro. A adubação de cada piquete foi feita em cobertura logo após o pastejo, que era realizado até que a planta forrageira apresentasse uma altura de resíduo de 35-40cm. A lotação animal era regulada pela adição ou retirada de animais da área experimental. Foram utilizados dois lotes de animais machos puros da raça Canchim com peso médio inicial de 338 e 258 kg no período das "águas" e "seca", respectivamente. A adubação foi realizada no período das "águas" (dezembro à abril), utilizando-se a fórmula 20-05-20 na quantidade de 400 kg há-1 ou seja utilizou-se 320 kg N ha-1 ano-1. Avaliaram-se as seguintes variáveis, que foram submetidas cálculos de estatística descritiva: produção de matéria seca, taxa de acúmulo de matéria seca, porcentagem de matéria seca, digestibilidade verdadeira "in vitro" da matéria seca, fibra em detergente neutro, proteína bruta, ganho de peso vivo, densidade populacional de perfilhos, aparecimento, mortalidade e sobrevivência de perfilhos, perdas de pastejo, taxa de alongamento foliar, taxa de alongamento de hastes, taxa de senescência, número de folhas vivas por perfilho, taxa de aparecimento de folhas. A produção de matéria seca obtida durante as "águas" e "seca" foi de 23,6 e 5,9 t MS ha-1, o que permitiu uma lotação média de 6,6 e 2,7 UA ha-1, respectivamente. A taxa de acúmulo de matéria seca atingiu o máximo de 183 kg MS ha-1 dia--1 no mês de janeiro, apresentando uma redução nos períodos subsequentes com um mínimo de 23 kg MS ha-1 dia-1 no período de agosto e setembro, demonstrando acentuada estacionalidade de produção. A forragem apresentou uma perda de qualidade no período da "seca". A porcentagem de matéria seca apresentou uma variação entre 22 e 24%, apresentando os valores maiores no período de junho a setembro. As perdas pelo pastejo apresentaram uma evidente estacionalidade, apresentando valores superiores nos pastejos realizados nas "águas", atingindo a perda máxima de 1905 kg MS ha-1 no pastejo realizado em fevereiro. Na avaliação de densidade populacional de perfilhos, obteve- se valores relativamente menores nos pastejos iniciais (pastejo 1 ao 3), oscilando entre 415 a 429 perfilhos m-2 no período experimental. Houve uma variabilidade nas categorias de perfilhos que compõem a população da pastagem, devido a queda nas taxas de aparecimento no período da "seca". Concluiu-se que sena importante determinar qual a categoria de perfilhos responsável pela maior parte da produção e basear o manejo no comportamento desta. A taxa média de alongamento de folhas foi de 4,11 e 1,28 cm folha-1 dia-1, para as "águas" e "seca", respectivamente. A taxa de senescência média no período do "verão" foi de 0,4 cm dia-1 e praticamente nula no "inverno". A taxa de acúmulo de matéria seca a partir da avaliação de fluxo de tecidos apresentou resultados satisfatórios, quando comparados aos dados de corte da forragem, já que as curvas apresentaram a mesma tendência. O número de folhas vivas por perfilho se manteve constante durante o ano, apresentando uma média de 4,0 com exceção do período de 03/07/97 à 14/09/97 que apresentou 2,7 folhas vivas perfilho-1. Há uma regularidade no aparecimento de folhas novas, com médias oscilando entre 10,2 e 12 dias folha-1 durante o ano. Entretanto o período entre 27/04/97 à 14/09/97 apresentou as maiores médias, atingindo o valor máximo de 55 dias folha-1. O ganho de peso vivo médio obtido com os bovinos foi de 0,82 e 0,53 kg animal-1 dia-1 e a produtividade foi de 910 e 460 kg PV ha-1 nos períodos das "águas" e "seca", respectivamente, sendo considerados excelentes. O sistema de pastejo intensivo do capim Tanzânia 1 apresentou viabilidade econômica, com um lucro estimado de US$530,04 ha-1 ano-1.
Titre en anglais
Establishment of agronomic parameters for efficient utilization and manegement of Panicum maximum Jacq. cv Tanzania 1 under rotacional grazing
Resumé en anglais
This work was carried out to establish grazing manegement parameters of Tanzania (Panicum maximum) grass under rotational grazing. The grazing cicle was 36 days (33 days rest and 3 days grazing) during the 1996/1997 wet season (27 Nov. to 28 April) and 72 days (66 days rest and 6 days grazing) during the 1997 dry season (29 April to 30 Nov.). The experiment was conducted at the Southeast Livestock Research Center - EMBRAP A, in São Carlos - SP (22°01' S, 47°53' W, of 854m above sea level). The experimental area was on 8 ha of a yellow red latosol divided in 13 paddocks of 6200 m2. A central area of 1200 m2 was common to all paddocks for water and mineral supplementation to the animals. Each paddock was top dressed after each grazing with a post-grazing height of 35-40 cm. Stocking rate was adjusted using the "put-and-take" method. Two 1ots of pure Canchim steers with an initial average live weight of 338 and 258 kg (for the summer and winter groups, respectively) were used. The fertilization consisted of 320 kg N ha-1 year-1 applied during the wet season (December - April), using a 20 - 05 - 20 formula. The variables were analyzed by descriptive statistics. The following responses were evaluated: dry matter production, dry matter accumulation rate, dry matter percentage, in vitro dry matter digestibility, neutral detergent fiber content, crude protein content, animal live weight gain, tiller population density, tiller death, tiller appearance, losses of herbage due to grazing, leaf elongation rates, stem elongation rates, senescence rate, number of live leaves per tiller and leaf appearance rates. Total herbage accumulated during "wet" and "dry" seasons, was 23,6 and 5.9 t of dry matter ha-1, which allowed average carrying capacities of 6.6 and 2.7 AV ha-1, respectively. Herbage accumulation rates reached a maximum of 183 kg of DM ha-1 day-1 in January, and a minimum of 23 kg DM ha-1 day-1 in August and September. The 1oss of herbage due to grazing showed a seasonal pattern, with higher values during the wet period, and a maximum loss of 1905 kg DM ha-1 in February. Tiller population density was lowest at the beginning of the experimental period (grazing 1 to 3), reaching values between 415 and 429 tillers m-2. There was variability among tiller categories when tiller population and weight were considered. It was concluded that there is a need to determine which tiller category is the most important for dry matter production in order to determine the management strategy based on this tiller category. The average leaf elongation rate was 4.11 and 1.28 cm leaf-1 day-1 during the wet and the dry seasons, respectively. The senescence rate during the wet season was 0.4 cm day-1 and there was no senescence during the dry season. Herbage accumulation rate calculated from the tissue flow data presented satisfactory results when compared to forage harvested, since the herbage accumulation curves showed the same trend. The number of live leaves per tiller remained constant throughout the year showing an average of 4.0 leaves per tiller, except during the period from July 3 to September 17, 2.7 leaves per tiller. Leaf appearance rates, ranged from 10.2 and 12 days per leaf. However during the period 27/04/97 to 14/09/97 high values of leaf appearance rate were observed, reaching 55 days per leaf. The average animal live weight gam was 0.82 and 0.53 kg day-1 during the wet and dry seasons, respectively. The live weight gain per hectare was 910 and 460 kg during wet and dry seasons, respectively. The intensive Canchin/Tanzania 1 grass grazing system showed economic viability with a profit estimated in US$ 530.04 ha-1 year-1.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
TosiPaulo.pdf (7.80 Mbytes)
Date de Publication
2019-11-08
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.