• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-125628
Document
Auteur
Nom complet
João Baptista de Andrade
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 1987
Directeur
Titre en portugais
Estudo comparativo de três capins da espécie Panicum maximum Jacq. (Colonião, Tobiatã e K-187 B)
Mots-clés en portugais
CAPIM COLONIÃO
CAPIM K-187 B
CAPIM TOBIATÃ
GRAMÍNEAS FORRAGEIRAS
MATÉRIA SECA
Resumé en portugais
Foi desenvolvido no Instituto de Zootecnia, em Nova Odessa, SP, ensaio de ganho acumulativo de matéria seca, para comparar os capins colonião IZ-1, tobiatã e K-187 B. O solo do local foi classificado como Latosol Vermelho Amarelo - fase arenosa. Para a semeadura, realizada em fevereiro de 1983, o terreno recebeu 2 t/ha de calcário dolomítico. As forrageiras foram plantadas em parcelas de 5,00 m x 2,25 m, contendo 20 linhas espaçadas de 0,25 m. A densidade de semeadura foi de 80 sementes viáveis por metro linear. No plantio foram aplicados 80 kg P2O5/ha (como superfosfato simples) e no corte de uniformização, em setembro de 1983, mais 100 kg N/ha (como sulfato de amônio), 60 kg K2O/ha (como cloreto de potássio) e 40 kg P2O5/ha (como superfosfato simples). O ensaio foi instalado em um esquema fatorial 3 x 9 (capins x idades de corte), com duas repetições. As idades de corte tinham um intervalo de 28 dias e compreendiam um período de vegetação de 252 dias. A produção de matéria seca acumulada de cada capim, em 252 dias de vegetação, atingiu cerca de 18 t/ha, não havendo diferenças entre os capins. Houve efeito significativo de capins em 18 das 33 variáveis estudadas. Os capins colonião IZ-1 e tobiatã apresentaram diferenças significativas em 16 das 3 variáveis estudadas, quais sejam, ganho acumulativo de matéria seca do material verde, número de perfilhes por área, peso médio dos perfilhos, relação lâmina:haste, altura do meristema apical, participação porcentual de proteína bruta de lâmina em relação à planta inteira, participação porcentual de proteína bruta de haste em relação à planta inteira, e relação nitrogênio:enxofre, concentração de enxofre e zinco nas lâminas foliares, e porcentagens de matéria seca, fibra bruta, fibra insolúvel em detergente ácido, hemicelulose, celulose e digestibilidade "in vitro" da matéria seca da planta inteira. Entre os capins colonião IZ-1 e K-187 B foram verificadas diferenças significativas em 11 das 33 variáveis estudadas: peso médio dos perfilhos, relação lâmina:haste, participação porcentual de proteína bruta da lâmina em relação a planta inteira, participação porcentual de proteína bruta de haste em relação planta inteira, e relação nitrogênio:enxofre, concentração de potássio, enxofre e zinco nas lâminas foliares, e porcentagens de celulose, lignina e digestibilidade "in vitro" da matéria seca. Os capins tobiatã e K-187 B apresentaram diferenças significativas em apenas 4 das 33 variáveis estudadas: número de perfilhos por área, e porcentagens de fibra bruta, fibra insolúvel em detergente ácido e celulose da planta inteira. O efeito significativo de idades de corte foi verificada em 29 das 33 variáveis estudadas. Este efeito só não foi observado nas variáveis: relação nitrogênio:enxofre e nas concentrações de cálcio, magnésio e manganês da lâmina foliar. Houve interação capins x idades de corte significativa para: número de perfilhos por área, porcentagens de fibra bruta, fibra insolúvel em detergente ácido, hemicelulose, celulose, lignina e digestibilidade "in vitro" da matéria seca. Estes resultados mostraram que os capins colonião IZ-1, tobiatã e K-187 B apresentaram padrões de variação distintos frente às idades de corte. Os dados obtidos neste ensaio evidenciaram que os capins tobiatã e K-187 B tiveram comportamentos semelhantes como plantas forrageiras, enquanto o capim colonião IZ-1 teve comportamento diferente em relação aos dois primeiros.
Titre en anglais
Comparative study of three grasses of Panicum maximum Jacq. species (Colonião, Tobiatã e K-187 B)
Resumé en anglais
Three grasses of the Panicum maximum species ("Colonião", "tobiatã", and "K-187 B") were studied at the Instituto de Zootecnia, Nova Odessa, State of São Paulo. A plot trial was set on a Red-Yellow Latosol sandy phase. Plots were 5,00 m x 2,25 m and the grasses were seeded in 20 lines 0,25 m apart in each plot. Eigthy viable seeds were used per linear meter. The experimental are a received 2 t/ha of dolomitic limestone and 80 kg/ha of P2O5 (as ordinary superphosphate) at seeding. At the beginning of the experimental period (September 1983) 100 kg N/ha (as ammonium sulfate), 60 kg K2O/ha (as potassium chloride), and 40 kg P2O5/ha (as ordinary superphosphate). A 3 x 9 (grasses x age of harvest) factorial with two replications was the experimental design. Samples were taken at 28 days interval, harvesting a new area each time. The accumulated dry matter yield (total of 252 days) was about 18 t/ha, and three ewere no significant differences among the three grasses. However, significant differences were found among grasses in 18 out of 33 variables studied. Significant differences between "colonião IZ-1" and "tobiatã" were observed in 16 of those variables: accumulative growth measured as dry matter of the live material, number of tillers per area, tiller weight, blade: stem ratio, apical meristem height, crude protein content of blades in relation to whole plant crude protein content, crude protein content of stem in relation to whole plant crude protein content, sulfur and zinc concentrations in the blades, nitrogen: sulfur ratio, and percentages of dry matter, crude fiber, acid detergent fiber, cellulose, hemicellulose and "in vitro" dry matter digestibility in the whole plant. Between "colonião IZ- 1" and "K-187 B" significant differences were observed in 11 out of 33 variables: tiller weight, blade: stem ratio, crude protein content of blades in relation to whole plant crude protein content, crude protein content of stem relation to whole plant crude protein content, potassium, sulfur and zinc concentrations in the blades, nitrogen: sulfur ratio, and percentagens of cellulose, lignin and "in vitro" dry matter digestibility in whole plant. "Tobiatã" and "K-187 B" significantly differed only in 4 out of 33 parameters: number of tillers per area, and crude fiber, acid detergent fiber and cellulose percentages in whole plant. For the three grasses the age of harvest was significantly different in 29 out of 33 measured variables: only the concentrations of calcium, magnesium, and manganese, and the nitrogen: sulfur ratio in the blades did not differ. The interaction grasses x age of harvest was significant for: number of tillers per area, and percentages of crude fiber, acid detergent fiber, cellulose hemicellulose, lignin, and "in vitro" dry matter digestibility in the whole plant. Grasses showed distinct standards of variation in relation to age of harvest. The results showed that "tobiatã" and "K-187 B" were similar, as forage plants, while colonião IZ-1 differed from the others two ones.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2019-12-19
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2020. Tous droits réservés.