• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-133326
Documento
Autor
Nome completo
Gilvania Correa Climaco
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1992
Orientador
Título em português
Variação da população de protozoários, bactérias e fungos em bovinos submetidos à dieta de cana-de-açúcar suplementada com caroço de algodão
Palavras-chave em português
CANA-DE-AÇÚCAR
CAROÇO DE ALGODÃO
DIETA ANIMAL
MICROBIOTA RUMINAL
VACAS
Resumo em português
Este trabalho teve por objetivo avaliar o efeito da adição de caroço de algodão em dietas a base de cana-de-açúcar sobre a população de protozoários, bactérias e fungos do rúmen de bovinos. Quatro vacas providas de cânulas ruminais foram usadas em um delineamento em quadrado latino 4x4. As populações de bactérias e fungos totais foram quantificadas utilizando um método de diluições decimais da amostra (Método do número mais provável - MNP), e a população de protozoários, através de contagem direta. A dieta foi constituída por 66,3% de volumoso (base seca). Os tratamentos consistiram de níveis crescentes de substituição de farelo + casca de algodão por caroço de algodão mantendo-se um nível de 30% de concentrado (base seca) nas dietas. Os níveis de caroço de algodão foram: 0, 10, 20 e 30% (Tratamentos: T0, T1, T2 e T3, respectivamente). Os resultados indicaram que houve efeito dos tratamentos sobre o crescimento das populações dos microrganismos do rúmen. Os valores estimados para fungos totais foram os seguintes: 131,5 x 102; 150,75 x 102; 226,67 x 102 e 14,0 x 102/ml de conteúdo ruminal nos tratamentos T0, T1, T2 e T3, respectivamente. As análises dos dados desses microrganismos mostraram uma resposta quadrática e o valor máximo calculado foi a 12% de caroço de algodão. As contagens das bactérias totais do rúmen apresentaram a mesma tendência das contagens para fungos totais. A população máxima calculada foi alcançada a 22% de caroço de algodão na matéria seca da ração. As análises dos seus dados apresentaram, dessa forma, uma regressão do tipo quadrática. Os valores encontrados nos tratamentos foram: 109,5 x 106; 228,25 x 106; 2150,0 x 106 e 717,5 x 106/ml de conteúdo ruminal nos tratamentos T0, T1, T2 e T3, respectivamente. A população dos protozoários ciliados totais do rúmen teve seu número reduzido com o aumento dos níveis de caroço de algodão adicionados à dieta. Os números para sua população obtidos em contagem direta foram: T0 = 18,09 x 104, T1 = 12,64 x 104, T2 = 7,12 x 104 e T3 = 3,94 x 103/ml de conteúdo ruminal. Os gêneros observados neste trabalho foram Entodinium, Diplodinium, Isotricha, Dasytricha e Epidinium. Entodinium, que prevaleceu em todos os tratamentos, apresentou um decréscimo com o aumento dos níveis de caroço de algodão (T0 = 15,5 x 104, T1 = 7,07 x 104, T2 = 3,56 x 104 e T3 = 3,08 x 104/ml). A participação percentual deste gênero foi de: 86,6; 56,5; 49,6; 76,2% nos tratamentos T0, T1, T22 e T3, respectivamente. A população de Isotricha apresentou uma resposta quadrática (T0 = 0,27 x 104, T1 = 0,64 x 104, T2 = 0,40 x 104 e T3 = 0,16 x 104/ml de conteúdo ruminal), sendo a concentração máxima dos valores calculados encontrados a 16% de caroço de algodão. Os Dasytricha responderam de forma semelhante aos Isotricha quando foi adicionado caroço de algodão na ração. Este gênero de protozoário alcançou população máxima calculada a 14% de suplementação (T0 = 0,37 x 104, T1 = 2,78 x 104, T2 = 1,77 x 104 e T3 = 0,11 x 104/ml de conteúdo ruminal). Os Diplodinium apresentaram uma concentração máxima dos valores calculados ao nível de 10% de suplementação. Os valores observados foram os seguintes: 1,89 x 104; 1,80 x 104, 1,88 x 104 e 0,55 x 104/ml nos tratamentos T0, T1, T22 e T3, respectivamente. Os Epidinium foram os protozoários observados em menores quantidades em todos os tratamentos (T0 = 0,06 x 104, T1 = 0,36 x 104, T2 = 0,13 x 104 e T3 = 0,04 x 104/ml de conteúdo ruminal). Foi obtido um aumento de quase 6 vezes no tratamento T1 em relação à ração controle. A máxima população calculada para este gênero foi no nível de 11% de caroço de algodão.
Título em inglês
Variations of protozoa, bacteria and fungi populations in cows fed sugarcane based diets supplemented with whole cottonseed
Resumo em inglês
This work had the objective to evaluate the effect of whole cottonseeds (WCS) to addition sugarcane based diets on protozoa, bacteria and fungi populations. Four adult cannulated cows were used, in a 4x4 Latin square design. Total bacteria and fungi were determined by the use of a sample decimal dilution method (Most probable Number - MPN) and the total protozoa was determined by direct count. The diets contained 66.3% of roughage (dry matter basis). Treatments consisted in diets with increasing levels of WCS replacing cottonseed meal + cottonseed hulls (0, 10, 20 e 30%, for treatments T0, T1, T2, T3, respectively). The concentrate level was maintained at 30% (dry matter basis). Treatments showed as effect on the growth of rumen microorganisms population. In the counts to total fungi population was: 131,5 x 102; 150,75 x 102; 226,67 x 102 e 14,0 x 102/ml ruminal contents. These microorganisms reaching the maximum calculated population at the 12% level of WCS analises of the datas showed a quadratic response. The total bacteria count showed a trend similar to the one obtained for fungi. The results for total rumen bacteria showed a quadratic response (T0 = 109,5 x 106; T1 = 228,25 x 106; T2 = 2150,0 x 106x e T3 = 717,5 x 106/ml ruminal contents). The greatest calculated population was at the 22% level of WCS. The ciliate population was decreased as diet WCS level was increased (T0 = 18,09 x 104; T1 = 12,64 x 104; T2 = 7,12 x 106 e T3 = 3,94 x 106/ml ruminal contents). The genus observed in this work were Entodinium, Diplodinium, Isotricha, Dasytricha and Epidinium. Entodinium, the prevalent species in all diets, showed a decrease in population as the WCS level increased (T0 = 15,5 x 104; T1 = 7,07 x 104; T2 = 3,56 x 104 e T3 = 3,08 x 104/ ml ruminal contents). The percentage for this genera for T0, T1, T2and T3was: 86.6, 56.5, 49.6 and 76.2, respectively. The Isotricha population showed a quadratic response with the utilization of the differents levels of WCS. The maximum calculated population was obtained at the 16% level of WCS (T0 = 0,27 x 104; T1 = 0,64 x 104; T2 = 0,40 x 104 e T3 = 0,16 x 104/ ml ruminal contents). The Dasytricha population showed a similar pattern of response at Isotricha to the supplementation, reaching the maximum calculated population at the 14% level. The Diplodinium population showed a maximum calculated concentration at the 10% level of supplementation. The observated valors in the treatments was: T0 = 1,89 x 104; T1 = 1,80 x 104; T2 = 1,88 x 104 e T3 = 0,55 x 104/ml ruminal contents). These microorganisms showed a quadratic regression. Epidinium was the species found in smallest numbers for all diets. A six fold increase was obtained with T1 when compared to the control diet. The maximum calculated population was at the 11% of the WCS supplementation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.