• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-152317
Documento
Autor
Nome completo
Mario Celso Fernandes Lacôrte
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1987
Orientador
Título em português
Desempenho de bovinos confinados com ração a base de bagaço de cana-de-açúcar auto-hidrolisado, levedura e vinhaça, sub-produtos da indústria de açúcar e álcool
Palavras-chave em português
BAGAÇO DE CANA HIDROLISADO
BOVINOS
CONFINAMENTO ANIMAL
DESEMPENHO
DIETA ANIMAL
LEVEDURA SECA
RAÇÕES
VINHAÇA
Resumo em português
O uso de levedura seca ou concentrado de vinhaça, associados ao bagaço de cana-de-açúcar auto-hidrolisado (BAH) em rações de confinamento, foi testado em comparação com rações também à base de BAH, contendo farelo de algodão como fonte de proteína. Durante 122 dias foi conduzido um experimento de ganho de peso com novilhos confinados (peso vivo inicial=316 kg). As rações formuladas para proporcionar ganho de peso de 1 kg por dia continham 50% de BAH e 12,7% da fonte de proteína (farelo de algodão ou concentrado de vinhaça ou levedura), 17,8% de milho e 12,5% de cana inteira picada como volumosos complementar. O ganho de peso médio foi de 843, 989 e 580 g/cabeça.dia para as rações contendo farelo de algodão, levedura e concentrado de vinhaça, respectivamente. As rações contendo levedura e farelo de algodão proporcionaram ganhos de peso significativamente superiores (P<0,01) quando comparadas com a ração contendo concentrado de vinhaça, não ocorrendo diferenças significativas entre as duas primeiras, nem mesmo ao nível de 5%, pelo teste de Tukey. Conclui-se que a levedura seca pode substituir totalmente o farelo de algodão em rações completas para confinamento contendo bagaço de cana auto-hidrolisado, devendo-se, entretanto, considerar os aspectos econômicos dessa substituição
Título em inglês
Performance of feedlot with ration based on auto hydrolysed sugar cane bagasse, yeast and vinasse by-products of the sugar and alcohol industry
Resumo em inglês
The use of dry yeast or concentrate of vinasse, associated to auto hydrolysed sugar cane bagasse (BAH) in rations for feedlot, was compared to BAH rations containing cotton seed meal as a protein source. A feedlot trial (initial body weight=316kg) was carried out during a 122 day period. The rations, formulated to provide 1,0kg of weight gain per day, were composed by 50% of BAH and 12,7% of protein source (cotton seed meal or concentrate of vinasse or yeast) 17,8% of corn and 12,5% of sugar cane stalks as roughage complement. The mean weight gain was 843, 989 and 580 g/animal-day for the rations containing cotton seed meal, yeast and concentrate of vinasse, respectively. The rations containing yeast and cotton seed meal have provided higher weighing gains (P<0,01) when compared to the ration containing concentrate of vinasse. No significant differences were observed between the rations containing yeast and cotton seed meal, even at 5% level by the Tukey test. The results have shown that the cotton seed meal may be completely substituted by the dry yeast in complete rations of feedlot containing auto hydrolysed sugar cane bagasse (BAH). However, one should consider the ecomonic aspects of such substitution
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.