• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-160717
Documento
Autor
Nome completo
Rosangela Maria Possobon
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1991
Orientador
Título em português
O cobre com estimulante do crescimento de suínos em recria
Palavras-chave em português
COBRE
DIETA ANIMAL
ESTIMULANTES DE CRESCIMENTO ANIMAL
LEITÕES
RAÇÕES
RECRIA
Resumo em português
Este estudo teve por objetivo avaliar o cobre como estimulante do crescimento de suínos em recria. Foram utilizados 85 leitões (35 machos e 50 fêmeas) puros ou mestiços das raças Landrace, Large White e Duroc, com peso médio inicial de 9,20 kg, para testar níveis dietéticos suplementares de 0, 75, 150, 225 e 300 ppm do micromineral em questão (na forma de sulfato), numa tentativa de determinar o nível mais adequado de cobre como promotor do crescimento destes animais. A ração basal com 18% de PB e 3.379 kcal ED/kg era constituída de milho, farelo de soja, açúcar e suplementos minerais e vitamínicos. Durante o período experimental de 28 dias, as rações experimentais e a água foram fornecidas à vontade aos leitões. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com 7 repetições/tratamento, sendo 4 blocos com 2 animais/parcela (baia) e 3 blocos com 3 animais/parcela. As pesagens individuais dos animais e a coleta dos dados de consumo de ração/unidade experimental foram feitas semanalmente. No final do ensaio, após um período de 5 horas de jejum, foram coletadas amostras de sangue de todos os leitões de 6 blocos (4 com 2 animais/parcela e 2 com 3 animais/parcela), para a determinação dos parâmetros sangüíneos e plasmáticos. O cobre proporcionou uma resposta quadrática (p < 0,002) do ganho diário de peso (GDP; 0,399; 0,493; 0,497; 0,467 e 0,359 kg), uma resposta também quadrática (P < 0,001) no consumo diário de ração (CDR: 0,77; 0,91; 0,94; 0,84 e 0,69 kg) e uma tendência a uma resposta quadrática (P < 0,09) da conversão alimentar (CA; 1,95; 1,84; 1,89; 1,82 e 1,98). Tais respostas puderam ser descritas, respectivamente, pelas equações: GDP=0,4013880 + 0,0015342x - 0,0000056x2, CDR = 0,7778370 + 0,0023148x - O,0000087x2 e CA = 1,9497960 - 0,0015584x + 0,0000053x2. Para os componentes sanguíneos, o cobre determinou uma resposta linear (P < 0,01) e quadrática (P < 0,005) do hematócrito (Ht = 32,353810 + 0,034943x – 0,000183x2) e uma resposta também linear (P < 0,0002) e quadrática (P < 0,001) da hemoglobina (Hb = 10,0957140 + 0,0126032x – 0,0000665x 2. Quanto aos componentes do plasma, o cobre proporcionou uma resposta cúbica (P < 0,04) do conteúdo de proteína total (Pt = 5,4395240 - 0,0048095x + 0,0000646x2 - 0,0000002x3), uma tendência a um efeito linear (P < 0,10) e quadrático (P < 0,09) no nível de albumina (Alb = 2,8066670 + 0,0019111x - 0,0000089x2), um aumento linear (P < 0,02) no nível de globulina (Glo = 2,526667 + 0,001622x) e uma redução linear (P < 0,04) na relação albumina/globulina (Alb/Glo = 1,187667 0,000831x). Por outro lado, os conteúdos plasmáticos de uréia e triglicerídios não foram influenciados (P > 0,05) pelo cobre suplementar. Os resultados evidenciam o efeito promotor de crescimento do cobre e mostram que níveis de 140 - 150 ppm de cobre suplementar em rações de leitões em recria são adequados para proporcionar a máxima performance dos animais, muito embora haja indicações de que níveis de 95 a 105 ppm de cobre dietético suplementar são os mais adequados para componentes sangüineos e plasmáticos. Há, também, evidências de que uma suplementação com 300 ppm deste micromineral na dieta possui um efeito depressivo na performance, hematócrito, hemoglobina e albumina de leitões em recria.
Título em inglês
Copper as a growth stimulant of weanling pigs
Resumo em inglês
An experiment, involving 85 weanling pigs (35 males and 50 females) with 9.20 kg average initial weight , was carried out to evaluate the effect of Iive five dietary copper leveIs - 0,75, 150, 225 and 300 ppm (as copper sulphate) an performance and on blood and plasma components. The basal diet (18% CP and 3,379 kcal DE/kg) was based on corn, soybean meaI, sucrose, and fortified with mineral and vitamin supplements. Feed and water were given "ad libitum" to pigs during the 28-day experimental period. A randomized complete block design with 7 replications and 2 or 3 animaIs/experimental unit (pen) was utilized. Pigs were weighed individually and feed intake/pen was registered weekly. At the end of experimental period, anterior vena cava blood samples were collected from all pigs of 6 bIocks after a 5-hour fasting period. Supplemental dietary copper resulted quadratic response (P < .002) of average daily gain in a (ADG; .399, .493, .497, .467 and .359 kg), a quadratic response (P < .001) of daily feed intake (DFI; .77, .91, .94, .84 and .69 kg) and a tendency to a quadratic effect (P < .09) on feed conversion (FC; 1.95, 1.84, 1.89, 1.82 and 1.98). Such responses could be described by the following equations: ADG = .4013880 + .0015342x - 0.0000056x2, DFI = .7778370 + .0023148x - .0000087x2) and FC = 1.9497960 -.0015584x + .0000053x2). For blood parameters, supplemental copper showed a linear (P < .001) and quadratic (P < .005) effect on hematocrit (Ht = 32.353810 + .034943x - .000183x2) and also a linear (P < .0002) and quadratic (P < .001) effect on hemoglobin content (Hb = 10.0957140 + .0126032x - .0000665x2). Supplemental copper resulted in a cubie response (P < .04) of plasma protein (Pt = 5.4395240 .0048095x - .0000646x2 - .0000002x3), a tendency to a linear (P < .10) and quadratic (P < .09) effect on plasma albumin (Alb = 2.8066670 + .0019111x - .0000089x2) a linear increase (P < .02) of plasma globulin (Glo = 2.526667 + .001622x) and a linear decrease (P < .04) of plasma albumin/globulin ratio (Alb/Glo = 1.187667 - .000831x). On the other hand, plasma urea and triglyceride contents were not affected (P > .05) by added copper. The results of this experiment suggest that supplemental copper can be an effective growth promoter especially when given at 140-150 ppm in weanling pig diet. For blood and plasma components the best results were obtained with copper leveIs in the 95 to 105 ppm range. On the other hand, 300 ppm of added copper showed a depressive effect on performance, hematocrit, hemoglobin and on plasma albumin, which is a strong indication of copper toxicity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.