• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-165033
Documento
Autor
Nome completo
Rosana Salles Baracat
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1993
Orientador
Título em português
Efeito do fornecimento prolongado de colostro sobre a proteção e desempenho de bezerros recém-nascidos com diferentes níveis de imunidade sérica passiva
Palavras-chave em português
BEZERROS
COLOSTRO
DIETA ANIMAL
IMUNIDADE PASSIVA
IMUNOGLOBULINAS
PROTEÍNAS SÉRICAS
Resumo em português
Foram analisados o comportamento imunológico e o desempenho de 32 bezerros da raça Holandesa mantidos sob dois programas de aleitamento. O período experimental teve a duração de 60 dias e os parâmetros analisados foram proteína sérica total, albumina sérica, imunoglobulinas séricas, peso vivo e diarréia. A análise estatística dos dados foi conduzida de acordo com o delineamento em parcelas subdivividas, em um fatorial 2x2, considerando 2 grupos (nível de imunidade passiva inicial alto e baixo) e 2 níveis de colostro (presente e ausente na dieta). A interação grupo x colostro foi chamada de tratamento, portanto o experimento constou de 4 tratamentos, descritos a seguir: T1 = alto/sem: animais do grupo alto que receberam apenas leite, dos 3 dias de idade até a desmama; T2 = baixo/sem: animais do grupo baixo que receberam apenas leite, dos 3 dias de idade até a desmama; T3 = alto/com: animais do grupo alto que receberam 30% da dieta líquida diária em colostro proveniente de um "pool" , dos 3 aos 30 dias de idade, fornecido em duas refeições diárias. Dos 30 dias em diante, até a desmama, estes animais receberam apenas leite; T4 = baixo/com: animais do grupo baixo que receberam 30% da dieta líquida diária em colostro proveniente de um "pool", dos 3 aos 30 dias de idade, fornecido em duas refeições diárias. Dos 30 dias em diante, até a desmama, estes animais receberam apenas leite. Durante os primeiros 30 dias foram registrados, diariamente, os parâmetros relacionados às características de fezes, além da observação do comportamento animal. O sangue utilizado para análise foi coletado da veia jugular dos animais nas seguintes idades: 3, 5, 10, 15, 17, 20, 22, 25, 30, 40, 50 e 60 dias. A pesagem dos animais foi feita ao nascer e por ocasião da coleta de sangue, com exceção das idades 3, 17 e 22 dias. Para as análises séricas foram utilizados os métodos ZST, biureto, eletroforese e imunodifusão radial. Foram usados os seguintes métodos para análise estatística dos dados: análise de variância, teste de Tukey, teste t, correlações, regressões lineares e não lineares, covariância e teste para dados não paramétricos (SENP - CIAGRI). Deste trabalho foi possível concluir: - O fornecimento de colostro por período prolongado não influenciou a passagem de imunidade exógena para endógena; - A concentração inicial de Ig sérica influenciou o comportamento imunológico de bezerros; - No período de 1 a 30 dias de vida os animais que receberam colostro na dieta apresentaram ganho de peso superior aos que receberam leite no mesmo período.
Título em inglês
Effect of feeding programs using supplemental colostrum on calves with different levels of serum passive immunity
Resumo em inglês
The immunological status and performance of thirty-two Holstein newborn calves under different milk feeding programs were evaluated. The experimental period comprised the first sixty days of life and the following parameters were analysed: total serum protein, serum albumin, serum immunoglobulin, body weight and qualitative data about diarrhea characteristics. The statistical analysis was carried out according to the factorial overline with split-splot statistical model, considering two groups (high and low passive immunity) and two conditions in relation to colostrum in the diet (with and without colostrum). The interaction group versus colostrum was called a treatment, therefore the experimental consisted of four treatments described as follows: T1 = high/without: animals with high levels of passive immunity fed only milk during the first thirty days of life; T2 = low/without: animals with low levels of passive immunity fed only milk during the first thirty days of life; T3 = high/with: animals with high levels of immunological were daily fed 30% of the liquid diet as pooled colostrum, in two meals, from three to thirty days of life, and only milk up to weaning; T4 = low/with: animals with low levels of immunoglobulins were daily fed 30% of liquid diet as pooled colostrum, in two meals, from three to thirty days of life, and only milk up to weaning. Each calf received its own mother's colostrum immediately after birth (2 liters). During the first 30 days of age, classification parameters of feces were daily recorded. Blood samples were collected at 3, 5, 10, 15, 17, 20, 22, 25, 30, 40, 50 and 60 days of age. Specific gravity was determined for each colostrum pool using a hydrometer in order to estimate immunoglobulin concentration. Blood parameters were assayed by the following methods: biuret, electrophoreses and radial immunodifusion. Conclusions: - The feeding of colostrum for extended period did not affect the transition from passive immunity to active immunity in the calves; - The initial concentration of serum 19 did affect the pattern of immuniglobulin fluctuation in the calves; - The feeding of colostrum for extended period resulted in better weight gain componed to animals that have only milk in the diet.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.