• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-172543
Documento
Autor
Nome completo
José Narciso Sobrinho
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1998
Orientador
Título em português
Silagem de capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum.), em três estádios de maturidade, submetido ao emurchecimento
Palavras-chave em português
EMURCHECIMENTO
FORRAGEM
MATÉRIA SECA
MATURAÇÃO VEGETAL
PRODUÇÃO
SILAGEM DE CAPIM ELEFANTE
Resumo em português
Foram avaliados a produção de matéria seca do capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum.), cultivar Guaçu, em três estádios de maturidade, a composição química de sua forragem fresca e emurchecida, bem como a qualidade e o valor nutritivo de suas silagens. Na determinação da produção de matéria seca, foram utilizadas 15 parcelas de 27,95 m2 , sendo o capim rebaixado nas datas de 16/01/97, 30/01/97 e 13/02/97, para obtenção de forragens com 56, 70 e 84 dias de desenvolvimento, em 10/04/97. Cada parcela recebeu 100 kg de N, 80 kg de P205 e 100 kg de K20/ha, utilizando-se sulfato de amônio, superfosfato simples e cloreto de potássio, respectivamente. As dosagens de nitrogênio e potássio foram divididas em duas aplicações, metade no corte de rebaixamento e o restante 28 dias após a primeira. O experimento foi instalado obedecendo um delineamento inteiramente casualizado com 5 repetições por tratamento. A amostragem do experimento foi efetuada cortando-se, em cada parcela, toda a forragem existente, tendo em vista que as parcelas foram situadas no meio da cultura, não apresentando efeito de bordadura. Após pesagem da forragem, foram retiradas amostras para determinação do teor e produção de matéria seca, inclusive as porcentagens de haste, lâmina e material morto. O capim utilizado para a ensilagem foi rebaixado nas mesmas datas das parcelas referidas anteriormente, recebendo o mesmo tipo de adubação. As silagens foram confeccionadas com as forragens fresca e emurchecidas (inteira e triturada), sendo a desidratação da forragem inteira realizada no campo durante 24 horas ininterruptas. O emurchecimento da forragem triturada foi realizado em terreiro revestido de tijolos, sendo o material exposto ao sol durante 4 horas. Como silos experimentais, foram utilizados tambores plásticos de 150 litros de capacidade. Antes da ensilagem, foram retiradas amostras das forragens para determinação da composição bromatológica, teor de carboidratos solúveis e poder tampão. Nas silagens, foram determinados a densidade, o pH, a porcentagem de nitrogênio amoniacal, de ácidos orgânicos, a composição bromatológica e o valor nutritivo. O experimento foi desenvolvido obedecendo um delineamento de blocos ao acaso com 3 repetições por tratamento. Os tratamentos foram arranjados num esquema fatorial 3 x 3 (3 idades de desenvolvimento do capim e 3 tipos de forragem). O teste de consumo e digestibilidade aparente foi realizado com ovinos alojados em gaiolas individuais, dispondo de água e sal mineral à vontade. O período de adaptação foi de 10 dias, seguido do período de determinação do consumo voluntário e de coleta, com 10 e 7 dias de duração, respectivamente. Durante o período de coleta, os animais receberam 100% do consumo determinado. A produção de matéria seca cresceu com o aumento do intervalo de corte do capim, sendo a idade de 70 dias a que apresentou melhor equilíbrio entre lâmina e haste. As formas de emurchecimento utilizadas foram eficientes na elevação do teor de matéria seca da forragem, não reduzindo a porcentagem de carboidratos solúveis a ponto de comprometer a fermentação láctica. Por outro lado, esta técnica não apresentou vantagem qualitativa na ensilagem do capim-elefante, cultivar Guaçu, com teor de matéria seca igual ou superior a 21,20%. O consumo voluntário aumentou com o emurchecimento da forragem inteira, porém os coeficientes de digestibilidade, a porcentagem de NDT e a ingestão de NDT não foram afetados com o emurchecimento
Título em inglês
Wilted elephantgrass (Pennisetum purpureum Schum.) silage made from plants cut at three maturity stages
Resumo em inglês
The present study was carried in order to evaluate the dry matter (DM) yield, DM chemical composition of green and wilted herbage, as well as the chemical composition of silages made from green and wilted herbage of elephantgrass (Pennisetum purpureum Schum.) cv. 'Guaçu'. To determine DM yield, fifteen 27.95-m2 plots were harvested on 10 April at 56, 70, and 84 days of regrowth after staging on 16 Jan, 30 Jan, and 13 Feb 1997, respectively. Each plot received 100 kg N, 80 kg P205, and 100 kg k20 as (NH4)2S04, simple superphosphate, and KCI, respectively. Nitrogen and potassium were split-applied, one half at staging and the other half 28 days later. The trial was set up in a completely randomized design with five replications per treatment. Sampling was done by clipping each plot entirely, as the plots were set in the middle of the pasture and thus there were no border effects. After weighing, the green herbage was subsampled for determination of DM concentration and yield, weights of leaf and stem fractions plus dead material. The plots used for making silage were staged on the same dates and received the same fertilization. Silages were made from both fresh and wilted herbage, whole and chopped plants, with whole plants being dehydrated for 24 h under field conditions. Chopped herbage was wilted in the sun for 4 h on a briek-floored area. Experimental silos were 150-L plastic drums. Before ensiling the material was sampled and sent to the laboratory for determination of chemical composition, soluble carbohydrate concentration, and buffering capacity. The ensiled material was analyzed for density, pH, concentrations of ammonia-N and organic acids, chemical composition and quality. The feeding trial was set up in a randomized complete block design with three replications. Treatments consisted of all possible combinations of three forage ages (maturities) and three types of forage (thus a 3 x 3 factorial). Evaluation of intake and in vivo digestibility was done using sheep in crates with water and mineral supplement supplied ad libitum. A 10-day adaptation period was followed by 10 days for detemining intake and 7 days of collection. During the collection period 100% of the intake was offered. Dry matter yield increased with regrowth interval, with the best leaf:stem ratio observed at 70 days. The wilting methods raised DM concentration satisfactorily and did not reduce soluble carbohydrate concentrations to the point where lactic fermentation was compromised. Conversely, this technique did not improve quality of Guaçu elephantgrass silage when forage DM concentration was higher than 21.2%. Voluntary intake increased with wilting of whole plants before ensiling although digestibility, TDN concentration, and TDN intake were not affected by wilting
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.