• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2019.tde-20191220-134059
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Pereira Manzano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Título em português
Consumo, parâmetros digestivos e comportamento de bovinos de corte em pastejo de capim Tanzânia (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzânia) suplementados com fontes de energia ou de proteína
Palavras-chave em português
CAPIM-TANZÂNIA
DIGESTIBILIDADE
FORRAGEM
GADO NELORE
PASTEJO
SUPLEMENTOS ENERGÉTICOS
SUPLEMENTOS PROTEICOS
Resumo em português
O objetivo foi de avaliar o efeito da suplementação energética ou protéica sobre o comportamento ingestivo e os parâmetros digestivos, de bovinos sob pastejo, com duas disponibilidades de forragem diferentes no verão. Oito garrotes da raça Nelore foram utilizados em um sistema de pastejo rotacionado, em capim Tanzânia, sob dois níveis de resíduo de MS verde (MSV), obtidos após a saída dos animais (R1=1000 Kg ha-1 de MSV e R2=4000 kg ha-1 de MSV). Quatro garrotes foram alocados a cada um dos resíduos, sendo distribuídos em dois quadrados latinos 4x4, onde cada animal recebeu um tratamento de suplementação (SO=sem suplementação; S1=2,24 kg dia-1 de milho moído grosso; S2=2,24 kg dia-1 de milho floculado; S3=0,7 kg dia-1 de farelo de soja). Os ciclos de pastejo se constituíram em 33 dias como período de descanso e 3 dias de ocupação. Houve aumento do tempo de pastejo (470,63 contra 354,28 minutos dia-1, tempo de ruminação (408,48 contra 319,06 minutos dia-1) e do consumo de matéria seca da forragem (P < 0,005) com o aumento da disponibilidade de MSV. O tempo em ócio foi elevado com a redução na disponibilidade de matéria seca (P < 0,05). Houve aumento de consumo de matéria seca total e de matéria orgânica total, com a suplementação (P < 0,05). A suplementação reduziu o tempo de ruminação, o pH ruminal, a relação acético: propiônico e elevou a concentração molar de ácido propiônico no fluido ruminal (P < 0 ,05). Animais manejados no menor resíduo de MSV pós pastejo, apresentaram maior concentração total de ácidos graxos voláteis (P < 0,05). Não foram observados efeitos significativos da disponibilidade de forragem sobre a digestibilidade dos nutrientes (P > 0,05), à exceção da PB. O uso de milho moído grosso elevou a digestibilidade da porção fibra, enquanto que o milho floculado, estimulou a digestibilidade do amido (P < 0,05). A suplementação e a disponibilidade de forragem não alteraram o NDT e os parâmetros de degradabilidade ruminal da matéria seca (P > 0,05). Os parâmetros de degradabilidade das frações FDN e FDA não foram alterados pela suplementação (P > 0,05). O resíduo de matéria seca verde pós pastejo influenciou a fração insolúvel e potencialmente degradável da FDN e FDA, que foram superiores para o R1 (P < 0,05); e ataxa fracional de degradação da FDN que foi inferior para o R1 (P < 0,05). A degradabilidade potencial da FDA foi superior para o R1 (P < 0,05). A disponibilidade de forragem, vinculada ao maior resíduo pós pastejo, exerceu influência mais acentuada do que a suplementação sobre os parâmetros avaliados.
Título em inglês
Intake, digestive parameters and behavior of beef steers on Tanzania grass (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzania) pasture, supplemented with energy or protein sources
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate the effect of energy or protein supplementation on the feeding behavior and digestiva parameters of grazing steers, under two forage allowances in the summer. Eight Nelore steers on a rotational system in Tanzania pasture were utilized, under two levels of green dry matter (GDM) residues, obtained after the animais withdrawal (R1 = 1,000 and R2 = 4,000 kg day-1 GDM). Four animais were placed on each one of the post grazing residue. Four sources of supplements (WO - no supplement; CC- 2.24 kg day-1 cracked corn; SFC - 2.24 kg day-1 steam flaked corn; and SBM - 0.7 kg.day-1 soybean meal) were used in a Latin square design. Grazing cycles presented 33 days of rest and 3 days of grazing. There was an increase on grazing and ruminating times (470.63 vs. 354.28 and 408.48 vs. 319.06 minutes day-1, respectively), as well as on forage dry matter intake (P < .05) along with increase on GDM allowances. Time spent resting was increased when reducing dry matter allowance (P < .05). Higher total dry and organic matter intakes were observed for animais receiving supplementation (P < .05). Supplementation reduced rumination time, ruminal pH, acetic: propionic ratio, and increased molar concentration of propionic acid in ruminal fluid (P < .05). Animals managed under lower GDM post grazing residue presented higher VFA total concentration (P < .05). Forage allowance resulted in no significant effects on nutrients digestibility (P > .05), excepting CP. Cracked corn increased fiber digestibility, while steam flaked com stimulated starch digestibility (P<0.05). Supplementation and forage allowance did not alter TDN and parameters of dry matter ruminai degradability (P > .05). Degradability parameters of ADF and NDF fractions were not altered by supplementation (P > .05). GDM post grazing residue influenced insoluble and potentially degradable fractions of ADF and NDF, which were superior for R1 (P < .05); and the fractional rate of NDF degradation was lower for R1 (P < .05). ADF potential degradability was higher for R1 (P < 0.05). Forage allowance, linked to higher post-grazing residue, exerted stronger influence than supplementation on the evaluated parameters.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.