• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1980.tde-20210918-210729
Documento
Autor
Nome completo
Orlando Monteiro de Carvalho Filho
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1980
Orientador
Título em português
Composição botânica da forragem disponível e selecionada por novilhos fistulados no esôfago em pastagem tropical mista
Palavras-chave em português
COMPOSIÇÃO
FORRAGEM
NOVILHOS FISTULADOS
PASTAGENS TROPICAIS MISTAS
Resumo em português
Com o objetivo de investigar a seletividade de pastejo, considerando como hipótese o fato de que a estacionalidade desse comportamento constitui fator de extrema importância para persistência de leguminosas tropicais associadas a gramíneas tropicais, foi estudada, em pastagem tropical mista, a composição botânica da forragem disponível - em sete épocas de janeiro-novembro/79 - e da forragem selecionada por novilhos fistulados no esôfago - em seis épocas de março-novembro/79. Essa pastagem, pertencente ao Departamento de Zootecnia da ESALQ, no Estado de São Paulo, era constituída de capim Colonião (Panicum maxirnum), Soja Perene (Glycine wightii), grama Batatais (Paspalum notatum) e outras gramíneas, cujas participações, em termos de peso seco da forragem verde disponível, variaram de 54 a 80%, 25 a 9%, 14 a 6% e 6 a 9%, respectivamente, ao longo do período experimental. Para avaliação dessa disponibilidade e sua composição botânica, foram cortados, em cada amostragem, 20 quadrados de 1m x 1m, de igual número de parcelas fixas na pastagem. A forragem disponível sofreu variações estacionais, sobretudo o material vegetativo, cujos componentes responderam diferentemente aos efeitos do clima e do pastejo. A ocorrência de geadas, em meio ao período experimental, agravou substancialmente as quedas de disponibilidade desses componentes no inverno, notadamente da Soja Perene. Inversamente, o material morto chegou a atingir mais da metade da MS presente no pasto nessa época. Os efeitos associados do clima, ataque de pragas e da pressão de pastejo, particularmente daquela imprimida no início da fase de rebrota da pastagem (primavera), levou a uma menor oferta e participação da Soja na forragem disponível ao final do estudo. A composição botânica da dieta foi estimada por separação manual, com o auxílio de lupas binoculares, a partir de amostras obtidas por 5 novilhos fistulados no esôfago, em pastejo de 30-40 minutos, por 4 dias consecutivos, em cada amostragem. Em março e abril, quando houve maior oferta de forragem verde, os animais puderam selecionar suas dietas, manifestando rejeição pela Soja Perene. Nas épocas posteriores essa seletividade foi restringida pela baixa disponibilidade de forragem verde no inverno, acentuada pela maior pressão de pastejo na primavera. O consumo relativo da Soja, inicialmente constante, apresentou uma tendência linear crescente a partir de maio quando se acentuou o declínio da forragem verde disponível por unidade animal. Sua aceitabilidade melhorou progressivamente com a diminuição da disponibilidade desse material para os animais. O Colonião foi selecionado apenas em março. Nas demais épocas, provavelmente pela progressiva remoção de sua porção folhosa, o consumo relativo desse componente não diferiu de suas proporções na pastagem. De outro lado, a grama Batatais demonstrou ser mais palatável na fase de rebrota, chegando a contribuir, em abril, com 16% da forragem verde ingerida. O componente Outras Gramíneas teve maior participação na dieta durante o inverno. Houve diferenças entre animais na composição botânica da dieta, porém não houve variação entre dias de amostragem. A interação animal X épocas foi consistente. O desempenho animal, comparável ao de animais não fistulados, evidenciou a viabilidade de uso de bovinos com fistulas esofágicas para ensaios de pastejo. Não obstante os fatores atípicos (geadas e pragas), que condicionaram parte das respostas obtidas neste trabalho, é possível sugerir que o equilíbrio botânico de uma pastagem tropical mista pode ser prejudicado quando, em seu manejo, a seletividade de pastejo e restringida, sobretudo na fase inicial da estação de crescimento.
Título em inglês
Not available
Resumo em inglês
The seasonal selectivity of grazing cattle was investigated in a grass/legume tropical pasture at the Department of Animal Husbandry/ESALQ, in the State of São Paulo. The purpose of this work was to determine the botanical composition of the forage on offer and of the forage selected by esophageal fistulated steers, during seven times within the period Jan/79 - Nov/79. The pasture was composed of Panicum maximum, Glycine wightii, Paspalum notatum and other grasses. Their proportions, in terms of dry-weight of the green forage on offer, varied respectively from 54 to 80%, 25 to 9%, 14 to 5%, and 6 to 9%, during the experimental period. The forage on offer and its botanical composition were estimated by cutting 1,0 x 1,0 m quadrats at 20 fixed plots in the pasture. The total dry matter in the pasture had some seasonal variation. The green forage was the component which presented the widest range of variations under differents climate and grazing pressures. The occurrence of frost in the Fall decreased substantially the components of green forage on offer during the Winter, and Glycine was the component that decreased the most. Inversely, the dead material was responsible to more than half of the total dry matter in the pasture, during the Fall. The associated effects of climate (including frost), the attack of ?caterpillar?, and the high grazing pressure imposed at the beginning of the growth season (Spring) led to a shortage of the available Glycine in the pasture and its proportion decreased at the end of the experiment. The botanical composition of the diet was estimated by manual separation of extrusa samples with the aid of a binocular microscope. The extrusa samples were collected from five esophageal fistulated steers after 30-40 minutes of grazing during four consecutive days in each sampling period. During March and April, when the green forage on offer was high, the animals selected their diets refusing the Glycine. On the later seasons this selection was restricted by the low availability of green forage on offer. Also, this lack of selectivity was accentuated by the high grazing pressure during the Spring. The relative intake of Glycine did not vary at first, but increased linearly from May on, when the green forage on offer/animal unity decreased sharply. Its acceptability improved progressively when the green forage on offer decreased. The Panicum maximum was selected only in March. After that, the proportions of this grass in the diet did not differ from its proportions in the pasture, probably because the progressive defoliation by grazing. The Paspalum notatum showed a good palatability when regrowth conditions were favorable. Under these conditions Paspalum made up 16% of the green material ingested in April. The component ?Other Grasses? was consumed at a higher rate during the winter, compared to Summer and Fall periods. There were differences among animals, considering the botanical composition of the diet, but the animals had a similar diet in different sampling days. The animal performance was similar to that of fistulated animals indicating the potential of these animals to evaluate grazing trials. Considering the atypical factors (occurrence of frost and ?caterpillar? attack), it is possible to suggest that the balance in the botanical components of a grass/legume tropical pasture may be damaged through a grazing management that does not permit animal?s selectivity, mainly at the beginning of the growth season.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-09-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.