• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Disertación de Maestría
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1998.tde-20220208-035308
Documento
Autor
Nombre completo
Rubem Ramos Rocha Filho
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 1998
Director
Título en portugués
Efeitos da polpa de citrus e do milho sobre parâmetros ruminais
Palabras clave en portugués
NUTRIÇÃO ANIMAL
POLPA DE CITROS
POLPA DO MILHO
RÚMEN
Resumen en portugués
A polpa de citrus é um subproduto da indústria de suco de laranja que tem sido utilizado principalmente na alimentação de vacas leiteiras. Para avaliar os efeitos da polpa de citrus e do milho sobre as condições ruminais, estes alimentos substituíram parte da silagem de milho em rações para vacas leiteiras em lactação. Foram utilizadas 4 vacas holandesas providas de fístula ruminal, 5 períodos e 5 dietas experimentais em um delineamento estatístico em Quadrado Latino Incompleto. Amostras de fluido ruminal foram coletadas nos tempos 0, 2, 4, 6, 8 e 24 horas após a alimentação para determinação de ácidos graxos voláteis, pH e nitrogênio amoniacal. Amostras de sangue foram coletadas 2 e 4 horas após a alimentação para determinação de uréia sangüínea. Amostras de feno foram incubadas no rúmen por 0, 4, 6, 10, 12, 24, 36, 48 e 72 horas para determinação da degradação efetiva da matéria seca utilizando o modelo proposto por McDONALD (1981). A produção e a porcentagem de ácido acético foram maiores (p<0,05) para dietas que continham polpa de citrus do que dietas onde o milho foi incluído, isolado ou associado com a polpa. A inclusão de milho associado com a polpa de citrus aumentou (p<0,05) a produção de ácido propiônico. A porcentagem de ácido propiônico foi maior (p<0,05) quando apenas o milho foi incluído e o resultado foi superior (p<0,05) aos tratamentos onde a polpa de citrus foi utilizada. A produção de ácido butírico foi maior (p<0,05) para a ração com 23% de polpa de citrus do que para as rações com 12% de polpa ou 23% de milho. A menor (p<0,05) porcentagem de ácido butírico ocorreu quando o milho foi incluído na dieta. As menores (p<0,05) relações acetato/propionato também ocorreram quando o milho foi incluído, isolado ou associado com a polpa. Os resultados de ácidos graxos voláteis total, pH ruminal, amônia ruminal e uréia sangüínea não foram significativos (p>0,05). As diferenças de degradação efetiva das amostras de feno não foram expressivas. Nestas condições experimentais os resultados sugerem que a polpa de citrus pode ser utilizada em substituição ao volumoso causando alterações desejáveis nas condições ruminais. Os efeitos do milho sobre o padrão de fermentação ruminal são característicos de um alimento concentrado. A associação do milho com a polpa de citrus é uma alternativa para minimizar estes efeitos.
Título en inglés
Citrus pulp and corn effects on ruminal parameters
Resumen en inglés
Citrus pulp is a by-product of the orange juice industry that has been used specially in dairy cattle feeding. To evaluate the citrus pulp and com effects in the ruminal conditions, these feeds replaced a portion of corn silage in lactating dairy cattle rations. Four Holstein cows with ruminal fistula were used in five periods and five experimental rations in an lncomplete Latin Square experimental design. Ruminal fluid samples were collected 0, 2, 4, 6, 8 e 24 hours after feeding to determine volatile fatty acids, ruminai pH and ammonia nitrogen. Blood samples were collected 2 and 4 hours after feeding to determine blood urea. Hay samples were incubated in the rumen during 0, 4, 6, 10, 12, 24, 36, 48 and 72 hours to evaluate dry matter effective degradability using the McDONALD (1981) model. The production and percentage of acetic acid were higher (p<0,05) in the diets that had citrus pulp than diets that had com included, isolated or associated with pulp. The inclusion of corn associated with citrus pulp increased (p<0,05) propionic acid production. Propionic acid percentage was higher (p<0,05) only when com was included and the result was higher (p<0,05) than the treatments where the citrus pulp was used. Butyric acid production was higher (p<0,05) in a ration with 23% citrus pulp than rations with 12% citrus pulp or 23% corn. The lower (p<0,05) butyric acid percentage occurred when corn was included in the diet. The lower (p<0,05) acetate/propionate ratios also occurred when corn was included, isolated or associated with pulp. The total volatile fatty acids, ruminal pH, ruminal ammonia nitrogen and blood urea results were not significant (p>0,05). The differences of effective degradability of dry matter of hay samples were not expressive. Under these experimental conditions, the results suggests that citrus pulp can be used in substitution of roughage, resulting in desirable changes in the ruminal conditions. The corn effects in the ruminal fermentation pattern are characteristics of a concentrate feed. The association of corn with citrus pulp is an alternative to minimize these effects.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2022-02-08
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.