• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2017.tde-28042017-171253
Documento
Autor
Nome completo
Evandro Kleber Lorenz
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2017
Orientador
Banca examinadora
Cyrino, José Eurico Possebon (Presidente)
Enke, Dariane Beatriz Schoffen
Louvandini, Helder
Menten, José Fernando Machado
Viegas, Elisabete Maria Macedo
Título em português
Hidrolisados proteicos na alimentação de juvenis de dourado Salminus brasiliensis
Palavras-chave em português
Atum
Subprodutos de aves
Subprodutos de peixes
Suíno
Tilápia
Resumo em português
A exigência de alimento proteico palatável e de alto valor nutricional torna a dieta dos peixes carnívoros altamente dependente de farinha de peixe [FP], alimento de alto custo e já escasso no mercado. Hidrolisados de subprodutos da indústria animal são alimentos de alta qualidade que podem ser usados para substituir a FP nas dietas para peixes. Este trabalho foi realizado em dois ensaios: o primeiro avaliou a digestibilidade de hidrolisados de resíduos de tilápia [RTI], cabeças de atum [CAT], fígados de suínos [FSU] e de aves [FAV] e a influência da inclusão dos hidrolisados nas dietas no perfil de enzimas digestivas nos estômagos, cecos pilóricos e intestinos de juvenis (39,73 ± 5,30 g) do Characiforme carnívoro dourado, Salminus brasiliensis; o segundo ensaio avaliou o desempenho de juvenis de dourados (4,57 ± 1,25 g) alimentados com níveis crescentes de inclusão de FSU (0, 70, 140, 210 e 280 g kg-1) na dieta. A inclusão dos hidrolisados na formulação das dietas diminuiu o pH das rações mas não interferiu no consumo pelos peixes. Os maiores coeficientes de digestibilidades dos nutrientes foram registrados em peixes alimentados com as dietas contendo RTI e FSU, enquanto os menores foram encontrados para aqueles alimentados com as dietas contendo CAT. A atividade da protease e da lipase foi maior nos estômagos dos animais, em especial aqueles que foram alimentados com a dieta contendo FSU. A atividade de amilase foi maior nos cecos pilóricos, enquanto nos intestinos foi registrada maior atividade nas dietas controle e RTI. Hidrolisados de subprodutos da indústria animal foram altamente digestíveis para dourados e o perfil enzimático dos peixes foi dependente dos nutrientes da dieta. No segundo ensaio os menores valores de ingestão diária foram registrados nos peixes alimentados com a dieta sem inclusão de hidrolisado, mas os menores valores de ganho de peso, peso final e das taxas de crescimento específico, de eficiência proteica e energética, e de retenção proteica foram registrados nos peixes alimentados com a dieta contendo 280 g kg-1 de hidrolisado suíno. A grande proporção de aminoácidos livres e pequenos peptídeos nas dietas com inclusões acima de 140 g kg-1 do produto aparentemente reduziu a síntese de proteínas dos animais. A saúde dos peixes não foi afetada significativamente pela inclusão de hidrolisados na dieta, porém, aparentemente, os peixes alimentados com dietas contendo até 140 g kg-1 de hidrolisado tiveram melhores índices imuno-hematológicos.
Título em inglês
Protein hydrolysates in diets for juvenile dourado, Saminus brasiliensis
Palavras-chave em inglês
fish by-product
poultry by-product
swine
tilapia
tuna
Resumo em inglês
Carnivorous fish diets strongly depend on fish meal (FM), a high-cost, scarce feedstuff, given the need for palatable protein and high nutritious value. Animal by-product hydrolysates are high-quality feedstuff that can substitute FM in fish diets. This study evaluated digestibility of hydrolysates from tilapia residue [TR], tuna head [TH], swine liver [SL] and poultry liver [PL], and the profile of digestive enzymes in the stomachs, pyloric cecum and intestines of juvenile (39,73 ± 5,30 g) dourado, Salminus brasiliensis, a carnivorous Characin fed diets containing graded levels of hydrolysates, and the performance of juvenile dourado (4,57 ± 1,25 g) fed diets containing increasing levels of FSU (0, 70, 140, 210 and 280 g kg-1). The addition of hydrolysates to diets lowered the pH of feed, but did not alter feed intake by fish. Higher digestibility coefficients of nutrients were recorded for fish fed diets containing TR and SL, and the lower for those fed diets containing TH. Protease and lipase activity in the fish's stomach was higher, especially for those fed diets containing SL. Amylase activity was higher in pyloric caeca, while in the intestines the higher activity was registered for fish fed control and TR diets. Animal by-product hydrolysates were highly digestible for dourado, and enzymatic profile of fish depended on nutrients of diets. In the second trial, the lowest values of daily intake were recorded for fish fed diet without inclusion of hydrolysate. However, the lowest weight gain, final weight and specific growth rate, protein and energy efficiency, and protein retention rates were recorded for fish fed diet with 280 g kg-1 of swine hydrolysate. The large proportion of free amino acids and small peptides in the diets with inclusions above 140 g kg-1 of the product apparently reduced the protein synthesis by fish. Health status of fish was not significantly affected by dietary hydrolysates, but apparently, fish fed diets containing more than 140 g kg-1 had better immuno-hematological indices.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-06-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.