• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-155248
Document
Author
Full name
Erika Mangile André
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 1997
Supervisor
Title in Portuguese
Mobilidade do crômio adicionado a dois latossolos na forma de sais inorgânicos e de resíduo de curtume
Keywords in Portuguese
CROMO
LATOSSOLOS
RESÍDUO DE CURTUME
Abstract in Portuguese
O objetivo principal do trabalho foi avaliar o comportamento do crômio em dois latossolos, através do estudo da movimentação do metal em colunas de solo. Para complementar esse estudo foi feito o estudo da biodegradabilidade do resíduo de curtume contendo altas concentrações de crômio e testes de extratores para a determinação de crômio do solo. Os solos utilizados nos experimentos, cujas amostras foram submetidas a análises granulométrica e química, foram: Latossolo Roxo e Latossolo Vermelho Amarelo. Os solos foram incubados com resíduo de curtume e os sais CrCI3.6H2O como fonte de Cr3+ e K2Cr2O7 como fonte de Cr(VI) para avaliar a mobilidade do crômio no solo e sua extração. A mobilidade do crômio foi avaliada em tubos de percolação nos quais realizou-se lixiviação com análises de lixiviado e do solo. Os extratores testados para determinação de crômio solúvel foram: Mehlich 1, Mehlich 3, solução de HCl 0,1 moI L-1 e solução de KH2PO4. Os solos provenientes desses dois experimentos foram secos, peneirados e analisados para Cr(VI), matéria orgânica e pH. No experimento e mobilidade, o Cr3+ foi obtido pela diferença entre os teores de Cr total e Cr(VI). O estudo da biodegradabilidade do resíduo de curtume foi feito através da medida de CO2 liberado pela atividade dos microrganismos durante o processo de mineralização do material orgânico adicionado. Houve movimentação do crômio para acamada 20-40 cm principalmente quando o metal foi aplicado via sais orgânicos: somente o crômio proveniente do tratamento com a fonte hexavalente foi detectado no lixiviado. Os teores de matéria orgânica do solo, após lixiviação, não sofreram grandes alterações e os valores de pH diminuíram em relação à testemunha, principalmente no LR, quando a fonte de crômio adicionada foi a trivalente (dose 1500 mg kg-1 Cr). Houve lixiviação de cálcio e magnésio, principalmente nos solos que receberam o Cr3+. Grande parte do Cr(VI) foi possivelmente reduzido a Cr3+ ou adsorvido ao solo. Os extratores Mehlich 1, Mehlich 3 e HCl 0,1 moI L-I apresentaram comportamento semelhante em relação à extração de crômio solúvel dos solos. O crômio não causou prejuízos aos microrganismos responsáveis pela degradação do resíduo de curtume aplicado aos solos
Title in English
not available
Abstract in English
not available
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
AndreErikaMangile.pdf (2.92 Mbytes)
Publishing Date
2018-11-27
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2019. All rights reserved.