• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Mémoire de Maîtrise
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-160752
Document
Auteur
Nom complet
Maria de Fátima Scaf
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 1994
Directeur
Titre en portugais
Distribuição de matéria seca e macronutrientes em plantas de seis cultivares de milho
Mots-clés en portugais
MACRONUTRIENTES
MATÉRIA SECA
MILHO
VARIEDADES VEGETAIS
Resumé en portugais
Atualmente a cultura do milho ocupa o terceiro lugar entre os cereais mais cultivados no mundo, sendo superado apenas pelo trigo e pelo arroz. No Brasil ela é uma das principais culturas, tanto pela área cultivada como por sua importância sócio-econômica. O experimento foi instalado numa área do Departamento de Horticultura da Escola Superior de Agricultura"Luiz de Queiroz"no município de Piracicaba, num solo classificado como latossolo vermelho escuro orto, série Luiz de Queiroz. Utilizou-se para o plantio seis híbridos da CARGILL: C525, C484-A, C701, C555, C511-A e C125. O delineamento estatístico foi o de blocos ao acaso com 4 repetições e seis tratamentos distribuídos em faixas. As plantas foram coletadas 30, 60, 90 e 120 dias após a emergência e foram divididas em folhas novas, folhas velhas, colmos, pendões, sabugos, palha e grãos. As partes das plantas foram secas, pesadas, moídas e analisadas quanto aos teores totais de macronutrientes. Avaliou-se o peso do material seco das diversas partes amostradas, os teores totais de macronutrientes expressos em porcentagem, de cada parte amostrada, a extração de macronutrientes e a produção de grãos. Os resultados permitiram chegar-se às seguintes conclusões: - Os cultivares não diferiram quanto à produção de material seco da planta toda e dos grãos na época da colheita; Os cultivares C511-A e C484-A foram os mais produtivos, quanto ao peso de folhas velhas e de colmos; - Os cultivares C511-A e C484-A apresentaram as maiores extrações de cálcio e magnésio nas folhas novas, de nitrogênio, potássio, cálcio e magnésio nas folhas velhas e de potássio, cálcio e magnésio nos colmos. - Os grãos apresentaram as maiores extrações de nitrogênio, fósforo, magnésio e enxofre, enquanto os colmos apresentaram as maiores extrações de potássio e cálcio, na época da colheita; - Na época da colheita, a extração pela planta toda obedeceu à seguinte ordem: N > K > Ca > P > Mg > S; - A exportação de nutrientes através dos grãos, na época da colheita obedeceu à seguinte ordem: P > N > Mg > S > K > Ca
Titre en anglais
not available
Resumé en anglais
not available
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
ScafMariaFatima.pdf (4.53 Mbytes)
Date de Publication
2018-11-27
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2022. Tous droits réservés.