• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Master's Dissertation
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-20181127-161045
Document
Author
Full name
Reynaldo Rocha Beltrán
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 1994
Supervisor
Title in Portuguese
Comparação entre fontes de fósforo através de três extratores químicos do solo e plantas de arroz
Keywords in Portuguese
ARROZ
DISPONIBILIDADE
EXTRATORES QUÍMICOS
FERTILIZANTES FOSFATADOS
FÓSFORO
SOLOS
Abstract in Portuguese
A disponibilidade de fósforo no solo foi avaliada em experimento realizado em casa de vegetação utilizando amostras de um solo areia Quartzosa, no bairro de Ribeirão Claro, Piracicaba - SP. Utilizou-se cinco adubos fosfatados: fosfato natural Alvorada, fosfato monoamônio, superfosfato simples, superfosfato triplo e termofosfato-Yoorin, os quais foram misturados ao solo nas quantidades: 0, 100, 200 e 300 µgP/g de solo, e incubados durante 60 dias, ao término dos quais fez-se análise química para caracterizar o solo. Cultivou-se também o arroz cultivar IAC-165 como planta teste por 32 dias, obtendo-se peso do material seco da parte aérea das plantas e determinou-se os nutrientes nela contidos. Analisou-se o fósforo nas amostras de terra pelos métodos Mehlich-1 (H2SO 4,0,025N + HCl 0,05N), Olsen (NaHCO3 a pH 8,5) e resina trocadora de íons. Determinou-se também os teores de K, Ca, Mg, matéria orgânica, H+Al e o pH em CaCl2. No material seco determinou-se a porcentagem de P e calculou-se o P absorvido, que juntamente com o peso da parte aérea foram correlacionados com os teores de fósforo extraídos do solo pelos três métodos. Os adubos termofosfato, superfosfato simples e superfosfato triplo aumentaram o pH do solo. Os adubos monofosfato de amônio e superfosfato simples na dose 200 µgP/g de solo, proporcionaram maiores pesos de material seco da parte aérea nas plantas de arroz. Os teores de fósforo absorvidos pelo arroz foram mais elevados nos tratamentos que receberam monofosfato de amônio e superfosfato simples na dose 300 µgP/g de solo . Os três extratores utilizados para comparar as fontes de fósforo apresentaram pequena diferença na extração de P e todos correlacionaram-se positivamente com os parâmetros avaliados (matéria seca, porcentagem de fósforo e fósforo absorvido pelo arroz), porém, o extrator de Olsen correlacionou-se melhor com a resposta do arroz às doses de fósforo utilizadas em cada fonte de adubo fosfatado.
Title in English
not available
Abstract in English
not available
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2018-11-27
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2020. All rights reserved.