• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Fabiano José Zillo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1993
Orientador
Título em português
Modo de aplicação e doses de nitrogênio e potássio na produção de cana-de-açúcar
Palavras-chave em português
ADUBAÇÃO
CANA-DE-AÇÚCAR
FERTILIZANTES NITROGENADOS
FERTILIZANTES POTÁSSICOS
NITROGÊNIO
POTÁSSIO
PRODUÇÃO
Resumo em português
Com o objetivo de avaliar combinações e métodos de aplicação de KCl e NH4NO3 na produção de cana de açúcar de 18 meses, detectar possíveis perdas de K em função de doses e métodos de aplicação, assim como avaliar as variações dos teores foliares, dois ensaios foram instalados, sendo um em areia quartzoza no município de Lençóis Paulista-SP, com a variedade SP71-1406, e o outro em latossolo vermelho escuro argiloso distrófico em Macatuba-SP, com a variedade SP71-6163. Cada área experimental foi dividida em duas partes, uma delas não recebendo correção com potássio; na outra foram incorporados 100 kg/ha de K2O em área total. Nos experimentos, utilizou-se delineamento fatorial (3x2x2), em blocos ao acaso com três doses de potássio (50,150 e 250 kg/ha de K2O), duas doses de N (75 e kg/ha de N) e dois métodos de adubação (parcelada e toda no Sulco), com duas repetições de cada tratamento. Em nenhum dos casos houve resposta parcelamento da adubação na produtividade, o que permite recomendar a aplicação do adubo numa só operação. Não houve respostas ao nitrogênio nas doses acima de 50 kg/ha de K2O, o que permite manter a dose de N na faixa de 75 kg/ha em cana planta. As formas de aplicação do potássio no sulco e com complementação em área total não interferiram na produtividade, sendo a dose de 150 kg/ha de K2O a mais adequada para os casos estudados. Na reamostragem do solo, nas camadas de 60 a 80 cm nos dois ensaios, todo o potássio disponível já havia sido absorvido ou perdido por lixiviação, e somente o teor de K na folha apresentou correlação positiva com dose e forma de aplicação do KCl.
Título em inglês
Application methods and nitrogen and potassium levels for sugarcane
Resumo em inglês
Two experiments were conducted with sugarcane, aiming to evaluate the effect of application methods and nitrogen and potassium levels on yields, as well as to detect possible losses. The experiments were on a sandy soil, in Lençóis Paulista-SP cultivated with the variety SP71-1406, and on a distrophic dark red latossol, in Macatuba-SP, cultivated with the variety SP71-6163. Each experimental area was divided in two, one part receiving an application of 100 kg/ha K2O, in total area and the other not. The experimental design was 3x2x2 factorial, in randomized blocks with three levels of potassium (50 150 and 250 kg/ha of K2O), two levels of nitrogen (75 and 150 kg/ha of N), two methods of fertilizer application (banded at planting time and sidedressed after emergency) and two reapplications. The fertilizers used were ammonium nitrate and potassium chloride. Splitting the fertilizer application did not affect yields, which suggest that the total amount can be applied at planting time. There was no response of nitrogen above 50 kg/ha of K2O, thus application rates can be maintained around 75 kg/ha. For potassium, the adequate amount to be applied is of the order of 150 kg/ha of K2O. Soil sample at a depth of 60-80 cm revealed that most of the available potassium was either absorbed by the crop or lost by leaching. Only K contents in leaves presented correlation with forms and doses of the nutrient applied as fertilizer.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ZilloFabianoJose.pdf (3.20 Mbytes)
Data de Publicação
2019-08-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2023. Todos os direitos reservados.