• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Marcelo Melarato Silva
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1996
Orientador
Título em português
Avaliação dos teores foliares de micronutrientes em citros em função da aplicação de fungicidas, sais e quelatizados
Palavras-chave em português
COBRE
DIAGNOSE FOLIAR
FUNGICIDAS
LARANJA PERA RIO
MANGANÊS
NUTRIÇÃO VEGETAL
ZINCO
Resumo em português
Com exceção ao B a melhor maneira e mais usual de fornecer os micronutrientes Zn, Mn e Cu na cultura dos citros é através da aplicação foliar, a qual, via-de-regra, está associada às pulverizações fitossanitárias, visando aumentar a eficiência operacional. O objetivo deste trabalho foi avaliar o estado nutricional das plantas em função do fornecimento destes micronutrientes na forma de sais e quelados, associados a fungicidas, além de estabelecer um grau de compatibilidade entre eles. Foram conduzidos dois experimentos em condições de campo com plantas de citros variedade Pera-Rio (Citrus sinnensis L. Osbeck) enxertadas sobre limoeiro cravo (Citrus limonia L. Osbeck) as quais receberam, por ocasião da florada, pulverização de micronutrientes na forma de sais ou que lados, associados com diversos tipos de fungicidas normalmente usadas neste período. Foram avaliados os teores foliares de nutrientes imediatamente antes da aplicação e 30 e 60 dias após.Todos os fungicidas cúpricos elevaram os teores foi i ares de Cu na seguinte ordem decrescente: oxicloreto de cobre (0,20%), óxido cuproso (0,15%) e hidróxido de cobre (0,085%). A aplicação de benomyl (0,05%) associado com MnS04 (0,2%) e ZnS04 (0,3%) resultou nos maiores teores foliares de Mn e Zn encontrados após 30 dias. A apIicação de fungicidas cúpricos, principalmente o óxido cuproso (0,15%), associados com MnS04 (0,20%) e ZnS04 (0,30%), reduziu a concentração foliar de Mn e Zn o mesmo não acontecendo quando o fornecimento foi na forma de quelados. A aplicação do fungicida mancozeb (0,20%) elevou e manteve adequado a concentração foliar de Mn durante os 60 dias. O fornecimento de Mn e Zn na forma de quelados apresentou eficiência relativa maior do que os sais de sulfato, em relação a quantidade aplicada, na ordem de 10:1 e 8:1, respectivamente. Os teores de Mn e Zn reduziram-se sensivelmente após 30 e 60 dias da florada, atingindo a deficiência na ausência de suplementação.
Título em inglês
Evaluation of micronutrients foliar contents in citrus as a function of fungicides, salts and chelates application
Resumo em inglês
Excepting B, the best and most usual way to supply the micronutrients Zn, Mn and Cu in citrus is by leaf applications, which is associated to fitossanitary pulverization, aiming to increase the operationaI efficiency. The objective of this study was to evaluate the nutritional status of citrus plants as a function of the supply of these micronutrients in the form of salts and chelates, associated to fungicides, and to establish the compatibility between them. Two field experiments were conducted with citrus plants of the Pera-Rio (Citrus sinensis L. Osbeck) variety grafted on limoeiro cravo (Citrus limonia L. Osbeck) rootstock which received, during the flowering period, micronutrient pulverization in the form of salts and chelates, associated to various types of fungicides of normal use. The leaf nutrient contents were evaluated immediately before, 30 and 60 days after the application. All the cupric fungicides increased the leaf contents of Cu in the following decreasing order: 0.2 % of copper oxichloride application, 0.15 % of cupric oxide, and 0.085% copper hidroxide. The application of benomyl (0.05%) associated with MnS04 (0.2%) and ZnS04 (0.3%) resulted in higher leaf contents of Mn and Fe after 30 days. The application of cupric fungicides, mainly cupric oxide (0.15%), associated with MnS04 (0.20%) and ZnS04 (0.30%), reduced the Ieaf contents of Mn and Zn. This was not observed when applied in the form of chelates. The application of mancozeb fungicide (0.20%) increased and maintained the leaf contents of Mn in adequate leveIs for 60 days. The supply of Mn and Zn in the form of chelates in relation to sulfate salts in a rate of 1:10 and 1: 8 presented the same efficiency. The contents of Mn and Zn were extremely reduced 30 and 60 days after flowering, reaching deficiency with the lack of supplementation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.