• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo César de Araújo Cunha
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, None
Orientador
Título em português
Retenção e movimento de zinco em solos do Estado de São Paulo
Palavras-chave em português
SOLOS
ZINCO
Resumo em português
Com o objetivo de avaliar a retenção e o movimento de zinco em solos, foram desenvolvidos ensaios de laboratório envolvendo horizontes de superfície e de subsuperfície de sete diferentes solos da região de Campinas, SP. NO ensaio de retenção as amostras de solo eram equilibradas com uma solução de cloreto de cálcio 0,002 M, contendo as seguintes concentrações de zinco: 0 - 0,3 -0,6 - 0,9 - 1,5 -3,0 - 6,0 - 9,0 - 12,0 e 24,0 ug/ml. A partir dos resultados obtidos e com base nas equações de Freundlich, Langmuir e Temkin, foram construídas isotermas de adsorção e verificados os ajustes das curvas obtidas por estas equações em relação aos dados obtidos experimentalmente. Observou-se que a isoterma obtida através da equação de Freundlich foi a que mais se ajustou aos dados experimentais, seguida da equação de Langmuir. A equação de Temkin proporcionou os ajustes menos adequados entre as equações testadas. Tendo em vista a possibilidade de estimar-se a energia de ligação e a adsorção máxima de zinco, através dos coeficientes da equação de Langmuir, verificou-se através de análise de regressão linear simples e múltipla, as propriedades químicas correlacionadas com os mesmos. Considerando-se a análise de regressão múltipla como o procedimento mais adequado, verificou-se que para o coeficiente relativo a energia de ligação, o pH, Fe extraído com oxalato e Al extraído com ditionito foram as propriedades que estiveram mais correlacionadas. Para a adsorção máxima, o pH e a CTC foram as propriedades que melhor explicaram este coeficiente. Para o ensaio de movimento utilizaram-se colunas de vidro preenchidas com amostras de superfície dos solos Alva e Limeira. Após o preenchimento, as mesmas foram saturadas e mantidas em regime de fluxo estacionário através de uma solução diluída de sulfato de cálcio. A seguir aplicaram-se pulsos de solução de cloreto de cálcio contendo 20 ppm de zinco, como cloreto de zinco e ZnEDTA, e 40 ppm de zinco como ZnCl2. Não se observou movimento do metal quando aplicado como cloreto de zinco, independente da taxa de aplicação. Entretanto, quando utilizado ZnEDTA, 11% e 32% do zinco aplicado foi recuperado no percolado dos solos Alva e Limeira, indicando maior distribuição do metal quando ligado a um agente complexante.
Título em inglês
Retention and movement of zinc in soils of São Paulo State
Resumo em inglês
To evaluate the retention and movement of zinc in soils of São Paulo State, laboratory assays were development with surface and subsurface horizons samples from seven Campinas region soils. The retention was evaluated equilibrating samples with a calcium chloride solution 0,002 M, containing 0, 0.6, 0.9, 1.5, 3.0, 6.0, 9.0, 12.0 and 24.0 ug/ml of zinc. Adsorption isotherms were obtained from the results and the use of Freundlich, Langmuir and Temkin equations. The use of Freundlich model resulted the most suitable fit for the experimental isotherm, followed by the Langmuir equation. Temkin isotherm did not present a good fit for the experimental data and it was the less suitable of all. The adsorption maximum was related to the pH and CTC. The movement of zinc was observed through soil columns filled with Alva and Limeira soils material. The columns were satured and kept in a stationary flow with a diluted calcium sulphate solution. Pulses were applied with a zinc chloride of ZnEDTA solution, containing 20ppm of zinc, or with a zinc chloride solution containing 40ppm of zinc. No movement of zinc was observed when applied as zinc chloride, despite of the rate of zinc application. However, when ZnEDTA was used, 11% and 32% of zinc were recovered in the leachate of the Alva and Limeira columns respectively. This fact revealed the highest mobility of zinc when linked to a chelate agent.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-11-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.