• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-124758
Documento
Autor
Nome completo
Emilio Sakai
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1989
Orientador
Título em português
Balanço hídrico e energético na cultura irrigada do feijoeiro em latossolo roxo
Palavras-chave em português
ÁGUA DO SOLO
BALANÇO ENERGÉTICO
BALANÇO HÍDRICO
FEIJÃO IRRIGADO
IRRIGAÇÃO
LATOSSOLO ROXO
Resumo em português
O presente trabalho teve o objetivo de estudar o comportamento de alguns parâmetros que afetam o manejo das irrigações do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.) relacionados à disponibilidade de água no solo e às condições ambientais. O estudo foi realizado no Centro Experimental de Campinas - Instituto Agronômico do Estado de São Paulo, (IAC), no inverno de 1986, em área de superfície plana de latossolo roxo. Inicialmente, determinaram-se os parâmetros físico-hídricos do solo e, durante o desenvolvimento da cultura, acompanhou-se sistematicamente a umidade do solo, a abertura estomática e o balanço energético nos tratamentos de irrigação. A evapotranspiração real (ETr), determinada através do balanço hídrico de campo em períodos de quatro dias, foi relacionada com a evapotranspiração de referência, estimada pela evaporação do tanque classe A, e com a ETr obtida pelo balanço de energia (diária). O consumo total de água pela cultura mostrou-se linearmente relacionado à porcentagem de água disponível e à lâmina total de irrigação, e de forma assintótica com a produção de grãos. Os resultados mostraram que o intervalo médio entre irrigações menor que nove dias, após o florescimento além de aumentar a perda de água por drenagem profunda, não elevou significativamente a produção final de grãos. Houve recuperação total na abertura estomática dos folíolos do feijoeiro após estresse hídrico, porém, quando este foi severo, acarretou demora na resposta da taxa transpiratória. O coeficiente de cultura mostrou-se relacionado com o desenvolvimento da cultura e das condições de umidade do solo: sob estresse moderado, foi afetado pela resistência estomática e pela evapotranspiração potencial e, sob estresse severo, praticamente, somente pela intensidade da evapotranspiração potencial.
Título em inglês
Water and energy balance of irrigated field beans grown on a dusky latosol
Resumo em inglês
This work investigates the water consumption and crop coefficient of field beans (Phaseolus vulgaris L.) as related to available water and environmental conditions. A field experiment was conducted during the winter season of 1986, on a flat, well drained dusky latosol, in the Experimental Center of Campinas, Instituto Agronomico, State of São Paulo. Soil physical conditions, soil water profile, energy balance and estomatal resistance were monitored along the season of five irrigation time intervals. Actual evapotranspiration (ETa) was determined by field water balance over periods of four days, and the results compared to daily ETa by Bowen ratio and reference evapotranspiration (ETo) estimated by pan evaporation. The water consumption was linearly related to percentage available water and irrigation depth, but asymptotically by to bean grain yield. Stomatal resistance was reversely affected by water shortage. But water application after severe water stress did not show readly recover on transpiration rate. The results showed that mean irrigation interval of nine days or less, after flowering, did not increase significantly grain yield eventhough increased losses of water by drainage. Crop coefficient (Kc) was dependent on crop development, environmental and soil water conditions: under moderated stress, Kc was affected by stomatal resistance and reference evapotranspiration; under severe stress, Kc was mostly affected by reference evapotranspiration.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
SakaiEmilio.pdf (8.79 Mbytes)
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.