• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-143256
Documento
Autor
Nome completo
Maria da Conceicao Rivoli Costa
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1995
Orientador
Título em português
Comparação de seis cultivares de milho submetidos a níveis de alumínio em solução nutritiva
Palavras-chave em português
SOLUÇÃO NUTRITIVA
ALUMÍNIO
MACRONUTRIENTES
MILHO
SISTEMA RADICULAR
VARIEDADES VEGETAIS
Resumo em português
Com o objetivo de avaliar o comportamento de seis cultivares de milho (C125, C135, C425, C525, C701 e C805), quando submetidos à seis níveis de alumínio (0, 10, 20, 30, 40 e 50 mg.L-l) em solução nutritiva, com a finalidade de selecionar os cultivares mais tolerantes, foi conduzido um experimento em casa-de-vegetação, em Piracicaba, SP. Sete dias após a emergência em bandejas contendo areia lavada, as plantas foram transplantadas para caixas de polietileno leitoso com capacidade para 25 L de solução. As plantas foram sustentadas sobre a solução por placas de isopor contendo 12 furos. Em cada placa foram colocadas as quatro repetições de três dos seis cultivares. Durante o dia as plantas permaneciam nas soluções que continham alumínio e à noite eram transportadas para outras caixas contendo solução sem alumínio, sendo as soluções continuamente arejadas. Após cerca de 30 dias, as plantas foram colhidas, separadas em três partes: folhas, colmos e raízes, que foram secas, pesadas e analisadas para os teores de macronutrientes e alumínio. Nessas condições, foi possível chegar-se às seguintes conclusões: - Os cultivares C525, C125 e C805 são os mais tolerantes à presença do alumínio no meio de cultivo; - Os cultivares C701 e C425 são os mais sensíveis à presença do alumínio no meio de cultivo; - O cultivar C135 apresentou pequena tolerância ao alumínio, até o nível 10 mg.L-1 de alumínio; - O nível que melhor separou os cultivares tolerantes dos sensíveis foi 20 mg.L-1 de alumínio na solução; - O acúmulo do alumínio no sistema radicular das plantas de milho não foram devido somente ao acúmulo de fósforo nessa parte.
Título em inglês
Maize cultivars comparison in nutritive solutions with aluminum levels
Resumo em inglês
A experiment was conducted in greenhouse conditions at Piracicaba, São Paulo, Brazil with the objective of avaluate six maize cultivars (C125, C135, C425, C525, C701 and C805) in six levels of aluminum solutions (0, 10, 20, 30, 40 and 50 mg.L-1) and to selecte more tolerant cultivars. The plants were transplanted to polietilen boxes that containing 25 L of solution, seven days after the emergency in trays with washed sand. The plants were sustained on the solutions with plates of polystyrene with twelve holes. In each plate there were taking four replications of three of the six cultivars. The plants stained in the solutions with aluminum during the morning and afternoon and they were transported to other boxes with nutritive solutions without aluminum at night. The solutions were continuously aired. When the plants had thirty days in the solutions, they were cuted and divided in three parts: leaves, stems and roots that were dried, weighed and analised to macronutrients and aluminum. In this conditions, was possible to take the following conclusions: - The cultivars C525, C125 and C805 were more tolerants to aluminum in the solutions; - The cultivars C701 and C425 were more sensitives to aluminum in the solutions; - The cultivar C135 had some tolerance to aluminum unti1 10 mg.L-1 level; - The better level to separate tolerant cultivars of sensitive ones was 20 mg.L-1 of aluminum in solution; - Aluminum accumulation in the root system is caused not only by phosphorus accumulation in this part.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2020. Todos os direitos reservados.