• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.2019.tde-20191218-161853
Documento
Autor
Nome completo
Roberto Wagner Cavalcanti Raposo
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1989
Orientador
Título em português
Inoculação de fungos micorrízicos vesículo-arbusculares e Bradyrhizobium spp. em caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.)
Palavras-chave em português
BRADYRHIZOBIUM
CAUPI
FIXAÇÃO BIOLÓGICA DE NITROGÊNIO
FUNGOS MICORRÍZICOS
INOCULAÇÃO
SIMBIOSE
Resumo em português
Para determinar o fungo micorrízico vesículo-arbusculares que possibilite uma melhor interação na tríplice simbiose fungo MVA-caupi-Rhizobium e, selecionar as melhores estirpes de Bradyrhizobium spp. para caupi, na nodulação e fixação biológica de nitrogênio, dois experimentos foram instalados, em casa-de-vegetação, utilizando-se dois cultivares de caupi: BR-08 Caldeirão e IPEAN V- 69. No primeiro experimento, um solo tipo areia quartzosa de Belém (PA), da Amazônia, com 23 ppm de P e 68% de saturação em bases, após a calagem, foi colocado em vasos de barro com 2,5 kg de capacidade. O delineamento foi um fatorial inteiramente casualizado com quatro tratamentos (Fungos Nativos, Acaulospora morrowae, Glomus etunicatum e Gigaspora margarita) e duas cultivares já mencionadas acima, com quatro repetições. O solo dos três tratamentos foi esterilizado com brometo de metila. Todos os tratamentos foram inoculados com Bradynhizobium sp., estirpe C-516. As plantas foram colhidas para análise aos 81 dias apos a germinação. No segundo experimento, desenvolvido em vasos de Leonard modificado, sete estirpes de Bradynhizobium sp. (CM 1525, CM 1527, CM 1528, C-516, SMS 84, SMS 85 e SEMIA 6145), foram testadas contra dois controles (com 100 ppm de N e sem N), com quatro repetições. Aos quarentas e oito dias apos a emergência as plantas foram colhidas para análise. Houve um maior desenvolvimento vegetal e acúmulo de nutrientes nas duas cultivares quando foram introduzidos os fungos micorrízicos, tendo ocorrido diferenças a nível de cultivar sendo A. morrowae ou G. etunicatum os mais eficientes para BR-08 Caldeirão e, G. margarita ou G. etunicatum para o cultivar IPEAN V-69. As estirpes SEMIA 6145, CM 1527 e CM 1528 foram as melhores para os dois cultivares em todos os parâmetros estudados. Notou-se certo grau de especificidade hospedeira para o isolado CM 1525, o qual foi eficiente para o cultivar IPEAN V-69 e não para o cultivar BR-08 Caldeirão.
Título em inglês
Inoculation of vesicular-arbuscular mycorrhizal fungi and Bradyrhizobium spp. in cowpea (Vigna unguiculata (L.) Walp.)
Resumo em inglês
In order to determine the effect of vesicular-arbuscular mycorrhizal fungi in the tripartite symbiosis VAM-cowpea-Rhizobium, and to select the best strains of Bradyrhizobium spp. for cowpea, two experiments were carried out in greenhouse using two cultivars (BR-08 Caldeirão and IPEAN V-69). In the first experiment, a quartz sand soil from Belém (PA) - Amazon, with 23 ppm P and 68% of basis saturation, after liming, was put in clay pots with 2.5 kg of capacity. The fatorial design consisted of four treatments (Native fungi, Acaulospona morrowae, Glomus etunicatum and Gigaspora margarita) and two cowpea cultivars (mentioned above), with four aplications. The soil was sterilized using methyl bromide. All the treatments were inoculated with Bradyrhizobium sp., strain C-516. Plants were harvested 81 after germination. In the second experiment, carried out in Leonard jars, seven strains of Bradyrhizobium sp. (CM 1525, CM 1527, CM 1528, C-516, SMS 84, SMS 85 and SEMIA 6145), were tested against two controls (with 100 ppm of N and without N), with four replications. After 48 days, the plants harvest. There was a greater development and nutrient uptake for both cultivars when the mycorrhizal fungi were inoculated. It was found differences on the effect of VAM fungus species on cowpea development, being A. morrowae or G. etunicatum the best species for the cultivar BR-08 Caldeirão and G. margarita or G. etunicatum for the cultivar IPEAN V-69. The strains SEMIA 6145, CM 1527 and CM 1528 were the best for cultivars BR-08 Caldeirão and IPEAN V-69 in all parameters studied. However, there was a certain degree of specificity with the strain CM 1525 being efficient for cultivar IPEAN V-69 and not for cultivar BR-08 Caldeirão.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-12-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.