• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2019.tde-20191220-122900
Documento
Autor
Nombre completo
José Carlos Rolim
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 1995
Director
Título en portugués
Influência de corretivos da acidez e do gesso agrícola em propriedades químicas do solo, na nutrição e produção da cana-de-açúcar
Palabras clave en portugués
ACIDEZ DO SOLO
CANA-DE-AÇÚCAR
CORRETIVOS DO SOLO
GESSO
NUTRIÇÃO VEGETAL
PRODUÇÃO
PROPRIEDADES QUÍMICAS DO SOLO
Resumen en portugués
Este trabalho teve por objetivo avaliar a eficiência de alguns produtos corretivos da acidez do solo, aplicados isoladamente e em mistura com o gesso agrícola e com magnesita, na cultura da cana-de-açúcar. Procurou-se estudar os efeitos dos produtos no solo, com referência às suas características químicas ao longo do perfil, na linha e na entrelinha da cultura, e na planta, no que diz respeito à sua produtividade agrícola e às suas características tecnológicas. Para tanto, instalou-se um experimento na Destilaria Cocal, em Paraguaçú Paulista, situada no Estado de São Paulo, na latitude 22°30’ S e longitude 50°22’ W, em areia quartzosa, álica (m=64%), com baixos teores de K+, Ca2+ e Mg2+ e baixa CTC, contendo 85% de areia, 11% de argila e 4% de silte. Os tratamentos obdeceram ao delineamento experimental de blocos casualizados, com 10 tratamentos e 5 repetições, sendo que cada parcela foi constituída por 7 linhas de cana-de-açúcar de 20 metros de comprimento, espaçadas de 1,0 metro; foram consideradas úteis somente 3 linhas centrais. Foram utilizados os seguintes produtos: calcário calcítico, calcário magnesiano, calcário dolomítico, magnesita e gesso agrícola, testando-os separadamente e em misturas. Com exceção do gesso, as doses dos corretivos e misturas foram calculadas a fim de elevar o índice de saturação por bases (V%) a 70%, na profundidade 0 a 40 cm; a dose de gesso foi calculada com o objetivo de elevar o teor de Ca2+ a 2 meq/100 cm3, na profundidade 20 a 40 cm. A aplicação dos produtos foi manual, imediatamente antes do plantio e sua incorporação foi feita com arado de aiveca, incorporando-se os produtos a uma profundidade aproximada de 40 cm. Amostragens de solo foram realizadas com sonda amostradora, na linha e na entrelinha da cana-de-açúcar, nas profundidades 0 - 25 cm, 25 – 50 cm, 50 – 75 cm e 75 – 100 cm, aos 6 meses após a aplicação dos produtos e após as colheitas da cana planta e das duas primeiras socas, determinando-se pH em CaCl2 e os teores de P, K+, Ca2+, Mg2+, S-SO42- e Al3+. As plantas foram amostradas aos 6 meses após a aplicação dos produtos e aos 4 meses após o cultivo das duas primeiras soqueiras, coletando-se a folha +3 e sendo analisados os teores porcentuais dos macronutrientes e de Mn e Al. Na colheita da cana planta matéria prima obtida. Mediante os resultados, pode-se tirar as seguintes conclusões: a) a aplicação de corretivos de acidez do solo e do gesso agrícola, com exceção da magnesita aplicada isoladamente, permitiram a obtenção de altas produtividades de cana-de-açúcar até o 3° corte; neste contexto, a mistura de gesso agricola (85 %) com magnesita (15 %) se destacou dentre os tratamentos, chegando a produzir o dobro da testemunha na segunda soca; b) no solo, ao longo do tempo, os teores de S-SO42-, Ca2+ e Mg2+ foram os mais afetados pelos tratamentos realizados e, em maior proporção, pela mistura de gesso agrícola com magnesita, na camada arável; c) a entrelinha da cana-de-açúcar apresentou maiores teores de S-SO42-, em todo o perfil do solo e ao longo do tempo e de Ca2+, somente na camada arável e até a colheita da cana planta; d) na planta, houve maior influência dos tratamentos nos teores foliares (%) de S e Mg, sendo mais acentuado na mistura de gesso agricola com magnesita; e) não houve influência dos corretivos e do gesso agrícola na qualidade da matéria prima, expressa em têrmos de pol % cana, fibra % cana e pureza, nos 3 cortes estudados.
Título en inglés
Effects of soil acidity corrective products and phosphogypsum on the soil chemical attributes, on the nutrition and production of sugarcane
Resumen en inglés
A three-year long experiment was conducted to evaluate the efficiency of liming, applied alone and in mixture with phosphogypsum and magnesite, applied in total area in sugarcane field. The experiment was carried out at Cocal mill, in Paraguaçu Paulista, located in the west of São Paulo State (22°30’ S; 50°22’ W). The soil of the area is a quartzpsaments, alic (m = 64 %), with low contents of K+, Ca2+ e Mg2+ and low cation exchangeable capacity, extremely sandy (85 % sand). The statistic design was randomized complete blocks, with 10 treatments and 5 replications. Each plot was constituted by 7 rows of sugarcane, 20 m long and 1.0 m between rows; only the 3 central rows were considered as effective area. The following products were used: calcitic, magnesian, and dolomitic limestone, magnesite, and phosphogypsum, alone and in mixtures. The rates of the liming products and their mixtures were calculated with the purpose of increasing the soil base saturation to 70 %, on the pedon situated in 0 - 40 cm soil depth. The phosphogypsum rate was calculated with the aim of increasing the Ca2+ contents to 2 meq/100 cm3, in the same depth. The products were applied manually, just before planting; incorporation was made with a moldboard plow, to a depth of 40 cm. Soil samples were collected in the following sites: sugarcane rows and inter-rows, both in depths of 0 - 25 cm, 25 - 50 cm, 50 - 75 cm, and 75 - 100 cm. Sampling was repeated 4 times: 6 months after products application, after harvesting the plant cane and two ratoons. The pH in CaCl2 and P, K+, Ca2+, Mg2+, S-SO42- e Al3+ contents were analyzed. In plant cane, sugarcane leaves (+ 3) were sampled 6 months after products application; the two ratoons were sampled 4 months after cultivation. Mineral macronutrient status(%), manganese, and aluminum (ppm) were analyzed. ln all harvests the number of stalks per linear meter, the yield, and the sugarcane quality were determined. Considering the results obtained, the following conclusions can be withdrawn :- a) except for magnesite, all the products tested increased the yield of the sugarcane crop up to the 3rd harvest; the mixture phosphogypsum (85%) plus magnesite (15%) was the best treatment, giving yield two times higher than the control in the 3rd harvest; b) from all the soil chemical parameters analyzed, S - SO42-, Ca2+ e Mg2+ contents were the most affected by the treatments. This effect was higher in the phosphogypsum-magnesite treatment , in the plowing Iayer; c) soil in inter-rows showed higher S - SO42- contents, with depth and over time; on the other hand, higher Ca2+ contents were observed in soil in inter-rows only in the plowing layer in the first harvest; d) the S and Mg foliar contents ( % ) were highly influenced by all treatments, particularly by the phosphogypsum-magnesite mixture; e) sugarcane quality, expressed in pol % cane, fiber % cane, and purity, was not affected by limestone and phosphogypsum.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
RolimJoseCarlos.pdf (7.89 Mbytes)
Fecha de Publicación
2019-12-20
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2020. Todos los derechos reservados.