• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Doctoral Thesis
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2019.tde-20191220-135426
Document
Author
Full name
Roberto Tetsuo Tanaka
E-mail
Institute/School/College
Knowledge Area
Date of Defense
Published
Piracicaba, 1990
Supervisor
Title in Portuguese
Efeito do método de aplicação e do período de incubação na eficiência agronômica dos fosfatos
Keywords in Portuguese
FERTILIDADE DO SOLO
FERTILIZANTES FOSFATADOS
FOSFATOS
Abstract in Portuguese
Devido às características físico-químicas dos solos brasileiros, como baixa disponibilidade e alta capacidade de adsorção de fósforo, é grande a demanda por adubos fosfatados, que aliada à baixa taxa de aproveitamento do fósforo pelas culturas a partir dos fosfatos industrializados, torna oneroso o seu uso. Para avaliar o comportamento de cinco fontes de fósforo (superfosfato triplo, termofosfato sílico-magnesiano, fosfato bicálcico, fosfato patos de minas parcialmente acidulado em ácido sulfúrico e fosfato natural patos de minas), duas granulometrias (pó ou grânulo) e quatro períodos de incubação (1, 25, 81 e 169 dias), foi conduzido um experimento em casa de vegetação com vasos contendo 2,8 kg do solo Latossolo Vermelho Escuro Álico A moderado textura muito argilosa fase cerrado tropical subcaducifólio relevo plano, cultivando-se plantas de soja até os 55 dias, por três ciclos consecutivos. No mesmo solo de cerrado recém desmatado (primeiro cultivo), em Uberlândia, MG, previamente corrigido com calcário dolomítico, foi estudado o modo de aplicação de fósforo (lanço ou sulco), a granulometria (pó ou grânulo na aplicação a lanço) e doses de fósforo usando como fonte o superfosfato triplo ecultivando-se a soja no ano agrícola de 1986/87 como planta teste. O ensaio realizado em casa de vegetação permitiu extrair as seguintes considerações: - Após a incubação dos fosfatos, superfosfato triplo, termofosfato sílica-magnesiano, parcialmente acidulado, bicálcico e natural de patos, nas formas de pó ou grânulo, com um solo de cerrado durante, 1, 25, 81 e 169 dias, a análise do solo revelou diferenças quanto ao teor de fósforo extraível, mas não quanto às demais características químicas determinadas. - A granulação dos fosfatos solúveis em citrato de amônia mais água e incubados por períodos mais longos proporcionou maiores teores de fósforo extraível pelos métodos de H2SO4 0,05 N e resina trocadora de íons, enquanto a incubação por apenas um dia dos fosfatos na forma de pó foi suficiente para proporcionar valores máximos de extração de fósforo. - Para cada fosfato, a capacidade de extração de fósforo pelo método da resina acompanhou diretamente a sua solubilidade em citrato de amônia mais água; a mesma tendência não foi observada pelo método do ácido sulfúrico. - Os fosfatos, superfosfato triplo, termofosfato sílico-magnesiano, parcialmente acidulado e bicálcico que apresentaram considerável fração de fósforo solúvel em citrato de amônio mais água foram equivalentes agronomicamente no primeiro cultivo, quando avaliados pela produção de matéria seca da parte aérea de plantas de soja e pela absorção de fósforo pelo mesmo material. - Os fosfatos de maior solubilidade em água, como o superfosfato triplo e o parcialmente acidulado tiveram diminuída a sua eficiência agronômica com o maior período de incubação. Ao contrário, os fosfatos de baixa solubilidade em água, mas solúveis em citrato de amônio como o termofosfato, apresentaram uma melhor eficiência agrônomica com a incubação por 169 dias do que por um dia. - Através da análise dos dados dos três cultivas de soja, tanto individualmente quanto acumulados, verificou-se que houve a seguinte ordem decrescente na eficência agrônomica dos fosfatos: bicálcico ≥ superfosfato triplo > termofosfato > parcialmente acidulado > natural de patos = testemunha sem fósforo. Esta sequência também esteve relacionada à percentagem da fração solúvel em citrato de amônia mais água com a fração total de fósforo de cada fosfato. - A granulação do superfosfato triplo, do termosfosfato e o do fosfato bicálcico aumentou sistematicamente a eficiência agronômica destes fertilizantes, enquanto que para o fosfato natural de patos, essa técnica não trouxe vantagens. Os ensaios realizados no campo permitiram extrair as seguintes considerações: - Não houve variação consistente nos teores de fósforo do solo extraível tanto pelo H2SO4 0,05 N quanto pela resina trocadora de íons. Estes dois métodos de extração de fósforo também não discriminaram quantitativamente o superfosfato triplo aplicado na forma de pó da forma granular. - O aproveitamento ou recuperação pela cultura da soja do fósforo aplicado no sulco foi maior em relação ao aplicado a lanço, quando se consideraram as doses equivalentes. - Com as doses crescentes de fósforo aplicadas a lanço, houve redução no efeito daquele aplicado no sulco da semeadura, avaliada pela produtividade de grãos e teor de fósforo nas folhas de soja.
Title in English
Effect of application method and incubation period of agronomic efficiency of phosphates
Abstract in English
Due to physical and chemical characteristics of the Brazilian soils, the demand for P fertilizers is high which associated with the low recovery by crops from industrialized phosphates, make expensive its use. To evaluate the behavior of five P sources (triple superphosphate, heat-treated phosphate, partially acidulated patos de minas rock phosphate, dicalcium phosphate and patos de minas rock phosphate), two granulations (powder or granular) and four periods of incubation (1, 25, 81 and 169 days), an experimente was carried out under greenhouse conditions in pots containing 2.8 kg of a limed “cerrado” soil (Typic Acrustox). Soybeans were cropped for three consecutive cycles of 55 days each. A field experiment was also carried out in the county of Uberlândia, MG, Brazil, on the same Typic Acrustox previously limed, in order to evaluate two modes of P application (row and broadcast), two granulations (powder and granular), and four P levels. P source was triple superphosphate and soybeans cv Doko were used as test plant during the 1986/1987 growing season. The data of the glasshouse experiment permitted the following conclusions: - Soils analysis indicated variation on P content after incubation of the tested phosphate either as powder or granules. The other measured soil characteristics did not change. – The granulation of ammonium citrate plus water soluble phosphate incubated for larger periods, showed higher values of soil phosphate incubated for larger periods, showed 0,05 N or ion exchange resin. One day of incubation in the powder form of any phosphate gave the highest values of extractable P. – There was a close relationship between resin extractable phosphate and the ammonium citrate plus water phosphate solubility of each phosphate. The same trend was not observed for H2SO4 0,05 N extraction. – Except for patos de minas rock phosphate, all the other phosphate with high phosphate solubility in ammonium citrate plus water were equivalent when measured by soybean dry matter aproduction or P absorved in the first crop. – Phosphates with higher phosphorus solubility in water, such as triple superphosphate and partially acidulated phosphate, had a sharp reduction on agronomic efficiency as the incubation period was extended. On the other hand, phosphate with low solubility in water but in ammonium citrate soluble showed and inverse trend. – The following sequence of decreasing agronomic efficiency was observed: dicalcium phosphate ≥ triple superphosphate > heat-treated phosphate > partially acidulated rock phosphate > rock phosphate = control, which was related to the ammonium citrate plus water soluble fraction and total P content of each phosphate. – Granulation of triple superphosphate, heat-treated phosphate and dicalcium phosphate increased its agronomic efficiency whereas for the rock phosphate there was not advantage of this process. From the data field experiment the following conclusions can be reached: - There was not a consistent variation of available soil phosphorus extracted both by H2SO4 0,05 N or ion exchange resin. These methods did not discriminate quantitatively the phosphorus applied in granular or powder form. – Row application of phosphorus provided better P recovery by soybeans thans broadcasting, when equivalent dosis were compared. – Increasing the amount of broadcasted phosphorus caused a decrease in the effect row applied phosphorus as measured by soybean grain production or leaf phosphorus content.
 
WARNING - Viewing this document is conditioned on your acceptance of the following terms of use:
This document is only for private use for research and teaching activities. Reproduction for commercial use is forbidden. This rights cover the whole data about this document as well as its contents. Any uses or copies of this document in whole or in part must include the author's name.
Publishing Date
2019-12-20
 
WARNING: Learn what derived works are clicking here.
All rights of the thesis/dissertation are from the authors
CeTI-SC/STI
Digital Library of Theses and Dissertations of USP. Copyright © 2001-2020. All rights reserved.