• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2020.tde-20200111-123338
Documento
Autor
Nome completo
Antonio Saraiva Muniz
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1995
Orientador
Título em português
Efeito da reação do solo na disponibilidade de fósforo em latossolo roxo, avaliada por extratores químicos e por plantas de arroz e milho
Palavras-chave em português
ARROZ
DISPONIBILIDADE
FÓSFORO
LATOSSOLO ROXO ÁCIDO
MILHO
PH EXTRATORES QUÍMICOS
Resumo em português
Para avaliar o efeito do pH na disponibilidade do fósforo acumulado no solo pela aplicação de fertilizantes, nove amostras com diferentes teores de fósforo foram coletadas da camada 0-15 cm de latossolos roxos ácidos. As amostras foram tratadas com uma mistura de CaCO3 e MgC03 na proporção de 4: 1 (carbonatos) nas doses correspondentes a 0, 1, 2, 4 e 8 g kg-1 CaCO3, colocadas em vasos de 3 kg e submetidas a ciclo de umedecimento e secamento por 180 dias, em casa-de-vegetação. A seguir, plantas de arroz (Oriza sativa L.) foram cultivadas por 45 dias e, posteriormente, plantas de milho (Zea mays L.) por 30 dias. Amostras de solo coletadas dos vasos antes do plantio do arroz e, antes do plantio do milho, foram submetidas à determinação do pH em CaCl2 0,01 mol.L-1 e do teor de fósforo empregando-se os extratores Bray-1, Mehlich-1, Mehlich-3, Olsen e resina. A produção de matéria seca, o teor de fósforo e a quantidade total de fósforo na parte aérea das plantas também foram determinados. A aplicação das doses de corretivo resultou aumentos de pH em CaCl2 das amostras de valores mínimos entre 3,7 e 4,5 até valores máximos entre 6,6 e 6,9, A influência do aumento do pH do solo com carbonatos na quantidade de fósforo extraída variou acentuadamente com a natureza do extrator. Quando foi utilizado o Bray-1, a quantidade de fósforo extraída diminuiu linearmente com o aumento das doses de carbonatos, enquanto para o Mehlich-3 e resina a quantidade extraída aumentou com a dose de calcário (para a resina o aumento foi bem mais evidente e linear). Na maioria dos casos, a quantidade de fósforo extraída pelo extrator Olsen diminuiu com a dose de carbonatos entre a faixa de pH em CaCl2 de 4,2 a 5,5 e aumentou acima dessa faixa, de acordo com uma equação de segundo grau; em outros casos, o fósforo extraído por Olsen aumentou linearmente com a dose do neutralizante. O efeito da dose de carbonatos na quantidade de fósforo extraída pelo Mehlich-1 não foi significativa para todos os solos, mas mostrou-se dependente do tempo decorrido entre a calagem e a amostragem: nos casos em que o efeito foi significativo, a quantidade diminuiu linearmente com a dose aplicada nas amostras coletadas antes do cultivo do arroz, mas aumentou linearmente naquelas coletadas antes do cultivo do milho, Quanto à sensibilidade para detectar variações na disponibilidade do fósforo do solo, os extratores classificaram-se na seguinte ordem: resina > Mehlich-3 > Olsen > Bray-1 > Mehlich-1 . A produção de matéria seca e a quantidade total de fósforo na parte aérea do arroz diminuiu acentuadamente com a dose de carbonatos, principalmente quando a maior dose foi utilizada; como conseqüência, o efeito do teor inicial de fósforo do solo foi mascarado pelo efeito da calagem. Aparentemente, esse efeito negativo da calagem deveu-se à diminuição da disponibilidade de algum nutriente (provavelmente micronutriente), causada pelo aumento do pH. A produção de matéria seca e o acúmulo de fósforo na parte aérea das plantas de milho foram muito menos influenciados pelos efeitos indiretos do aumento do pH do que o foram no arroz. Ambos esses parâmetros aumentaram até a dose de 2 ou 4 g.kg-1 de carbonatos e diminuíram quando doses mais elevadas foram aplicadas. Como conseqüência desse comportamento, as plantas de milho responderam melhor que as de arroz às variações do teor de fósforo provocados pela calagem dos latossolos roxos estudados.
Título em inglês
Effect of soil reaction on the availability of residual phosphorus in oxissol (dusk-red latosols), as evaluated by chemical extraction and absorption by rice and corn plants
Resumo em inglês
To evaluate the effect of pH on the availability of phosphorus accumulated in the soil after fertilizers applications, nine samples with varying phosphorus content were collected from the 0-15 cm layer of acid oxissol (dusk-red latossol). Samples were treated with a 4:1 mixture of CaCO3 and MgCO3 (carbonates) at rates of 0, 1, 2, 4 and 8 g.kg-1 , placed in pots of 3 kg and were subjected to cycles of moistening and drying for 180 days, in the greenhouse. After rice (Oriza sativa L.) plants were cultivated for 45 days and, later, corn (Zea mays L.) plants for 30 days. Soil samples collected from the pots before seeding the rice and before seeding the corn, were subjected to determination of pH in CaCl2 0.01 mol L-1 and phosphorus by extraction with Bray-1, Mehlich-1, Mehlich-3, Olsen and resin. The amount of dry matter, P content and total amount of P in the plant tops were also determined. The aplication of carbonates increased the pH CaCl2 of the soil samples from values within 3.7 and 4.5 to values within 6.6 and 6.9. The influence of increasing soil pH with carbonates on the amount of phosphorus extracted from the soil varied greatly with the extractant. When Bray-1 was utilized, the amount of phosphorus extracted decreased linearly with the increasing rates of carbonates, while for both Mehlich-3 and resin the amount extracted increased with the lime rate (for resin the increase was far evident and linear). In most cases the amount of P extracted by Olsen decreased with the rate of carbonates within the pH in CaCl2 range of 4.2 to 5.5 and increased above this band, accordingly to a second order equation; in other cases, Olsen extracted P increased linearly with the neutralizer rate. The effect of carbonates rates on the amount of P extracted by Mehlich-1 was not significant for all soils, but it showed to be dependent on the time elapsed from liming to sampling: for the cases where the effect was significant the amount decreased linearly with the application rate in the samples collected before rice was cultivated, but increased linearly in those collected before corn cultivation. In terms of sensibility to detect variations in the availability of soil phosphorus, the extractants followed the order: resin > Mehlich-3 > Olsen > Bray-1 > Mehlich-1. The amount of dry matter and the total amount of phosphorus in rice tops decreased substantially with the rate of applied carbonates, specially when the higher dose was employed; as a result, the effect of the initial phosphorus content of the soil was obscured by the effect of the lime application. Apparently this negative effect of liming was due to a reduction in nutrient (probably a micronutrient) availability as a result of pH increase. Dry matter and phosphorus accumulation in com tops were much less influenced by the indirect effects of the pH raise than it was in rice. Both of this parameters increased up to the rate of 2 ou 4 g.kg-1 of carbonates and decreased when higher doses were applied. As a consequence of this behavior, corn plants responded better than rice to the variations in phosphorus content of the studied latosols.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2020-01-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.