• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Thèse de Doctorat
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.1983.tde-20210104-161550
Document
Auteur
Nom complet
Celi Teixeira Feitosa
Unité de l'USP
Domain de Connaissance
Date de Soutenance
Editeur
Piracicaba, 1982
Directeur
Titre en portugais
Influência do pH e teor de argila de solos na solubilização de fosfatos
Mots-clés en portugais
ARGILA
FOSFATOS
PH DO SOLO
SOLUBILIZAÇÃO
Resumé en portugais
Estudou-se a influência do pH e do teor de argila na solubilização do superfosfato triplo, fosfato alvorada, maranhão e apatita de araxá nas doses de 0 e 400 kg/ha de P2O5 total em seis solos. O estudo foi realizado a pH 5 e 6, em delineamento inteiramente casualizado com três repetições. Utilizou-se ensaio de vaso com capacidade para 3kg de solo com cultura de soja e efeito residual para braquiária. A variedade de soja utilizada foi IAC-7, colhida no início da formação das vagens, obtendo-se peso seco da parte aérea e fósforo absorvido. Na avaliação do fósforo residual disponível utilizou-se braquiária, espécie Brachiaria decumbens sendo efetuado 3 colheitas obtendo-se peso seco da parte aérea e fósforo absorvido para cada colheita. Devido a reação do solo com o adubo a pH 5 para a soja decidiu-se realizar um ensaio utilizando dezessete solos com a cultura da arroz, cuja variedade utilizada foi a IAC-165. O estudo foi realizado nas amostras originais, sem aplicação de calcário, utilizando o superfosfato triplo, e a apatita de araxá nas doses de 0 e 400 kg/ha de P2O5 total, em delineamento inteiramente casualizado com três repetições. O arroz foi colhido no inicio da formação da panícula, obtendo-se peso seco da parte aérea e fósforo absorvido. Nas amostras dos dezessete solos foram estudado ensaio de adsorção utilizando soluções crescentes de fósforo na forma de ortofosfato diácido de potássio em solução de CaCl2 0,01M cujas concentrações finais de fósforo foram: 0,5, 10, 25, 50, 75, 100, 125, 150, 200 e 250ppm de P, com duas repetições para cada tratamento. As soluções ficaram em contato com as amostras de solo durante 24 horas com agitações e repouso intercalados. Após o equilíbrio a suspensão foi filtrada e determinou-se fósforo em solução sulfo molíbdica em presença de ácido ascórbico no comprimento de onda de 825nm. Observou-se que houve efeito de fontes de fósforo para a soja e braquiária sendo que os melhores tratamentos foram obtidos para o superfosfato triplo e maranhão a pH 5 e 6. Houve diferença entre solos no aproveitamento do fósforo dos fosfatos. Por sua vez os fosfatos alvorada e apatita de araxá foram bastante prejudicados com a elevação do pH, sendo que o último apresentou em todos os solos uma menor reação. Na segunda colheita da braquiária houve uma tendência de melhoria do aproveitamento do fosfato de araxá igualando-se ao superfosfato triplo, principalmente em pH 5. No ensaio de arroz verificou-se melhor resposta para o superfosfato triplo, em todos os solos. Melhores correlações foram observadas quando estudou-se separadamente os solos (Podzólicos e Latossólicos) do que quando agrupou-se. Observou-se correlações significativas somente para pH (H2O e CaCl2) , cálcio trocável e fósforo extraído pela resina e pelo H2SO4 0,05N tanto para peso seco da parte aérea como para fósforo absorvido pelo arroz quando agrupou-se os solos; porém para o estudo dos solos em separado houve muita variação nas correlações não havendo nenhuma tendência. Boas correlações foram obtidas entre adsorção máxima de fósforo e teor de argila, matéria orgânica, H + Al, CTC, Al2O3, pH em H2O e Fe2O3, o que não foi observado para a constante de seletividade, que somente apresentou correlação com matéria orgânica, argila e H + Al, para todos os solos.
Titre en anglais
Effects of pH and clay level of the soil on phosphates solubilization
Mots-clés en anglais

Resumé en anglais
A pot experiment was carried out in the greenhouse with six soils using soybean followed by brachiaria as test plants to study the influence of soil pH and clay content on the solubilization of triple superphosphate, alvorada, maranhão and araxa rock phosphate in soils. The experiments were carried out at pH 5 and 6 in each soil using a completely randomized blocks design with three replications, and applying 0 and 400 kg/ha of P2O5. The soybean variety IAC-7 was used and the above ground parts were harvested at the formation of pods, the dry matter was weighed and the quantity of phosphorus absorbed determined. The residual effects of the phosphates was evaluated using Brachiaria decumbens, which was harvested three times. The above ground parts were dried, weighted and analysed for phosphorus. Another trial was conducted with seventeen soils and rice variety IAC-165 as test plant. The study was made with no lime application using triple superphosphate and araxa rock phosphate in a completely randomized block design with three replications. The rice plants were harvested at the panicle formation stage, dried and weighed, and the quantity of phosphorus absorbed was evaluated. Phosphorus adsorption were made for each soil using increasing levels of the element in the form of potassium monophosphate in 0.01M CaCl2 solution, with P concentrations between o and 250 ppm. The solutions remained in contact with the soil samples during 24 hours, with occasional shaking periods. After obtaining equilibria the suspensions were fittered and phosphorus was determined. The results showed that there was response for sources of phosphorus by soybeans and brachiaria. However the best results were obtained with triple superphosphate and maranhão rock phosphate at pH 5 and 6. There were differences in the absorption of phosphorus by the crops in different soils. The effect of alvorada and araxa rock phosphate were diminished with increasing ph and araxa showed small response in all soils. In the second brachiaria harvest there was an increase in the absorption of P from the araxa treatment showing the same response as for triple superphosphate, especially at pH 5. In the rice experiment triple superphosphate showed the best responses in all soils. Highest correlations were obtained when the data were grouped into podzolic and latosolic soils rather than when taben all together. Significant correlations were obtained, for rice, only for pH in water, pH in 0.01M CaCl2 solution, exchangeable calcium and phosphorus (extracted with resin and H2SO4 0.05N) with dry matter weight of the above ground parts and phosphorus absorbed. Good correlations were obtained between maximum adsorption of phosphorus and clay, organic matter, H + Al, CTC, Al2O3, pH and Fe2O3 for all soils.
 
AVERTISSEMENT - Regarde ce document est soumise à votre acceptation des conditions d'utilisation suivantes:
Ce document est uniquement à des fins privées pour la recherche et l'enseignement. Reproduction à des fins commerciales est interdite. Cette droits couvrent l'ensemble des données sur ce document ainsi que son contenu. Toute utilisation ou de copie de ce document, en totalité ou en partie, doit inclure le nom de l'auteur.
Date de Publication
2021-01-07
 
AVERTISSEMENT: Apprenez ce que sont des œvres dérivées cliquant ici.
Tous droits de la thèse/dissertation appartiennent aux auteurs
CeTI-SC/STI
Bibliothèque Numérique de Thèses et Mémoires de l'USP. Copyright © 2001-2021. Tous droits réservés.