• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.1995.tde-20210104-162629
Documento
Autor
Nome completo
Edmilson José Ambrosano
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1995
Orientador
Título em português
Dinâmica do nitrogênio dos adubos verdes, crotalária juncea (Crotalaria juncea) e mucuna-preta (Mucuna aterrima), em dois solos cultivados com milho
Palavras-chave em português
ADUBOS VERDES
CROTALÁRIA
MILHO
MUCUNA PRETA
NITROGÊNIO
Resumo em português
Estudou-se a dinâmica do nitrogênio de leguminosas (mucuna-preta e crotalária juncea) , marcadas com 15N, incorporadas em dois solos, latosso roxo ( LR) e podzólico vermelho amarelo (PV), cultivados com milho. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação em vasos com 6 kg de terra fina seca ao ar. Foi incorporado, aos solos, o equivalente a 15,5 t/ha de material seco, sendo 13 t/ha de parte aérea e 2,7 e 2,2 t/ha de raízes das leguminosas, mucuna-preta e crotalária juncea, respectivamente. Os tratamentos com parte aérea das leguminosas marcadas com 15N, receberam as raízes não marcadas, e para os tratamentos com raízes marcadas com o isótopo a parte aérea incorporada não continha o isótopo (abundância natural). Foi adotado um delineamento experimental inteiramente adotado casualizado um e os tratamentos foram distribuídos em esquema fatorial com os seguintes fatores: duas leguminosas adubo verde; dois solos; duas partes da leguminosa marcada com 15N ( parte aérea e raízes) ; cinco tempos de amostragem e três repetições. O experimento contou, também, com um tratamento adicional, sem adubação verde, contendo os dois solos, cinco tempos de amostragem e três repetições, totalizando 150 parcelas. Após incubação de 36 dias semeou-se milho e determinou-se, em 5 estádios de seu desenvolvimento (20, 30, 40, 60 e 100 dias após emergência), o nitrogênio total e mineral do solo, bem como o derivado das leguminosas. Determinou-se, também, o nitrogênio acumulado na planta e o derivado das leguminosas adubo verde, e as perdas ocorridas no sistema solo-planta. Pelos resultados obtidos verificou-se que a mucuna-preta participou em maior proporção do nitrogênio do solo e da planta, sendo a parte aérea responsável pela maior quantidade de N presente. o material vegetal das leguminosas adicionado foi mineralizado mais intensamente, preservando o nitrogênio presente no material orgânico original dos solos. A mineralização das leguminosas foi maior no solo PV e as maiores perdas de nitrogênio foram verificadas para a mucuna-preta no PV.
Título em inglês
Dynamics of sunnhemp (Crotalaria juncea) and velvet bean (Mucuna aterrima) green manure nitrogen in two soils grown with maize
Palavras-chave em inglês

Resumo em inglês
Labelled nitrogen (15N) released from sunnhemp (Crotalaria juncea) and from velvet bean (Mucuna aterrima) was used to study soil nitrogen dynamics in a Dusky Red Latosol and a Red Yellow Podzol in a greenhouse experiment with pots containing 6 kg of air dried soil. Dry matter equivalent to 13 t/ha of above ground parts of both leguminous species associated with 2.7 and 2.2 t/ha of roots of sunnhemp and velvet bean, respectively, were incorporated into the soil. The treatment with the leguminous aerial part labelled with 15N received no labelled roots, and the one with labelled roots had no labelled aerial part. The experiment was a completely randomized design with treatments distributed in a factorial squeme with three replications. Treatments consisted of two soil types, two green manures (leguminous species), two labelled plant parts (roots and shoots) and five sampling periods (an additional treatment was included with no green manure), totalizing 150 pots. After an incubation period of 36 days corn was seeded, and at 20, 30, 40, 60, and 100 days after emergency, total and mineral nitrogen were determined in the soil, as well as that one derived from the legume plants, also, it was determined the total nitrogen accumulated in the corn plant, and the one derived from the legume plants. The N losses in the soil-plant system were also determined. Results showed that nitrogen from velvet bean participated in greater proportion in soil and corn plant nitrogen; the shoots were responsible for most of this accumulation. Added dry matter of leguminous species was intensively and promptly mineralized preserving the soil born nitrogen. Mineralization of the legume plant N was greater in the podzolic soil than in the latosol and nitrogen losses were more intense for velvet bean in the podzolic.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-01-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2021. Todos os direitos reservados.