• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.2000.tde-20210104-180736
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Carvalho Oliveira
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2000
Orientador
Título em português
Disposição de lodo de esgoto e composto de lixo urbano num latossolo vermelho-amarelo cultivado com cana-de-açúcar
Palavras-chave em português
ADUBO DE LODO DE ESGOTO
CANA-DE-AÇÚCAR
COMPOSTO DE LIXO
LATOSSOLO VERMELHO-AMARELO
RESÍDUOS URBANOS
Resumo em português
Nos anos agrícolas 1996/97 e 1997 /98 foi conduzido, em área da Estação Experimental do Instituto Agronômico de Campinas em Piracicaba, SP, um experimento a campo com lodo de esgoto e composto de lixo urbano tendo por objetivo, a avaliação da extensão e severidade dos efeitos causados pela disposição desses resíduos num Latossolo Vermelho-Amarelo cultivado com cana-de-açúcar. As variáveis avaliadas foram: produtividade; teor de carbono-orgânico do solo e estimativa da degradação da carga orgânica adicionada via resíduos; condutividade elétrica, pH e capacidade de troca de cátions do solo; metais pesados no solo, nas plantas e sua disponibilidade avaliada através de extratores químicos; mobilidade de metais pesados no solo; lixiviação de N-NO3- e N-NH4+ e o acúmulo de nitrogênio no solo. Foram estabelecidos 9 tratamentos com 4 repetições, distribuídos num delineamento em blocos casualizados com parcelas experimentais de 100 m2 sendo a área útil, os 25 m2 centrais. Os tratamentos foram: calagem + adubação mineral; testemunhas (uma para tratamentos com lodo de esgoto e uma para composto de lixo urbano); três doses de lodo de esgoto denominadas A, B e C (respectivamente, em base seca, 33; 66 e 99 Mg ha-1, em 1996/97 e 37; 74; e 110 Mg ha-1, em 1997/98); três doses de composto de lixo urbano (respectivamente, em base seca, 20, 40 e 60 Mg ha-1, em 1996/97 e 24, 48 e 72 Mg ha-1, em 1997/98). Os resíduos foram aplicados superficialmente em área total, com distribuição manual dentro das parcelas e incorporados ao solo, na camada de 0 - 0,2 m, com enxada rotativa. Em 1996/97 os resíduos foram incorporados em área total e em 1997 /98, nas entre-linhas da cultura. Os resultados mostraram que com o uso de ambos os resíduos a produtividade de cana-de-açúcar foi equivalente a adubação mineral convencional. As disposições de lodo de esgoto e composto de lixo também promoveram aumentos nos teores de carbono orgânico, no pH, na condutividade elétrica e na CTC do solo. Aumentos da CTC, nos tratamentos com lodo de esgoto, foram melhor explicados pelas alterações no pH do solo ao passo que, nos tratamentos com composto de lixo, estes aumentos foram atribuídos tanto as alterações de pH quanto as dos teores de C-orgânico do solo. Dos metais pesados considerados, foram detectados, no solo, nos tratamentos com lodo de esgoto, acúmulos de Cu, Cr, Ni e Zn e de Cu, Cr e Zn nos tratamentos com composto de lixo. Nas plantas foram detectados apenas Cu e Zn uma vez que, Cd, Cr, Ni e Pb estiveram abaixo do limite de determinação do método analítico utilizado. Os extratores químicos empregados mostraram-se pouco eficientes na avaliação da fitodisponibilidade de Cu e Zn. Quanto a mobilidade dos metais pesados, o Cu e Cr mostraram-se imóveis e Zn móvel, atingindo ao final de 1997/98, a camada de 0,4 - 0,6 m. A disposição dos resíduos urbanos apresentou elevado potencial para promover a contaminação de aqüíferos subterrâneos através da lixiviação de formas nitrogenadas inorgânicas. Os resíduos contribuíram também para o acúmulo de N-orgânico na superfície do solo. Os resultados mostraram que na definição das taxas e freqüências de disposições do resíduo, pelo menos a curto prazo, o nitrogênio deve ser um fator mais restritivo do que os metais pesados.
Título em inglês
Sewage sludge and municipal compost waste disposal in an acid soil cultivated with sugar cane
Palavras-chave em inglês

Resumo em inglês
The aim of this paper is to present data of an experiment on sewage sludge and municipal compost waste disposal in soil cultivated with sugarcane. It was conducted in the years of 1996/97 and 1997 /98, at the Sugarcane Research Station of IAC - Agronomic Institute of Campinas, located in Piracicaba, São Paulo State- Brazil. It was also the aim of this study to evaluate the extension and severity of the disposal of large amounts of sewage sludge and municipal waste compost into soil and its effects on sugar cane plants. The statistic design adopted was randomized blocks with nine treatments and four replications, each parcel had a 100 m2 size and an available area of 25 m2. The treatments established were: lime plus mineral fertilizer; control (one for the treatments with sewage sludge and one for treatments with municipal compost waste); sewage sludge in three levels (respectively 33; 66 and 99 Mg ha-1 in the 96/97 experiment and 37; 74 and 110 Mg ha-1 in 97/98, considering dry weight basis); and three levels of municipal waste compost (respectively 20; 40 and 60 Mg ha-1 in 96/97 and 24, 48 and 72 Mg ha-1 in 97/98). The wastes were applied manually to surface soil in each parcel and incorporated to 0 - 0.2 m with rotary tiller. ln the first farm year the wastes were incorporated to total surface soil and in the following year only into plants interrows. The following parameters were evaluated: sugarcane yield; changes in soil organic carbon and its degradation; electric conductivity, pH and CEC; heavy metals in soil, in plants and its availability by chemical extractants; heavy metals mobility through soil; nitrate and ammonium leaching and N accumulation in soil. The results showed that the sugarcane yield in the soil plus waste treatment was not different from those observed in lime + fertilizer treatment. There was an increase on soil organic carbon, pH and electric conductivity, and CEC due to waste addition. The increase of CEC on soil in the sludge treatments was due to pH effect while in the compost treatment it was due mainly to the carbon addition. There was an increase of Cu, Cr, Ni and Zn in the soil sludge treatments and of Cu, Cr and Zn in the soil compost treatment. However, in the sugar cane only Cu and Zn was detected. The chemical extractants used to preview plant availability of heavy metals were not effective. Among the metals Zn was the only one that presented soil mobility, accumulating it in the 0.4 - 0.6 m soil layer. The contamination of groundwater can occur due to the nitrate leaching observed in the waste treatments. It was also observed an organic N accumulation on the topsoil. The sewage sludge and municipal waste compost disposal must be ruled by the N waste rather than heavy metal content at least in the coming future.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-01-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.