• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tesis Doctoral
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.1986.tde-20210104-182647
Documento
Autor
Nombre completo
Odo Maria Artur Siegmund Pedro Rudolfo Barão Primavesi
Dirección Electrónica
Instituto/Escuela/Facultad
Área de Conocimiento
Fecha de Defensa
Publicación
Piracicaba, 1986
Director
Título en portugués
Produção de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.), em função da porosidade de aeração de solos
Palabras clave en portugués
AERAÇÃO DO SOLO
FEIJÃO
POROSIDADE DO SOLO
PRODUÇÃO
Resumen en portugués
A porosidade de aeração foi o fator físico mais estável na corre lação com a produção de grãos de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L. cv. Aroana-80). A redução na macroporosidade (poros com diâmetro acima de 50 µm) alterou a produção de grãos nas terras adubadas e o estado nutricional da planta, mas não o peso de mil grãos, o índice ele colheita e a eficiência de uso ele água. A faixa 6tima de macroporos nos horizontes superficial e B2 de um Oxisol (Haplacrox orthico) e um Alfisol (Typustalf ochrultico), para a máxima produção de grãos, variou preferencialmente entre 7 e 16%. Em condições de provável menor fornecimento ou maior exigência de oxig5nio a faixa 6tima passou para 20 a 29%. A produção de grãos correlacionou preferencial mente com a macroporosidade nos solos com saturação em bases acima de 70%. Abaixo desse valor a nutrição mineral assumiu sendo destaque, sendo especifica do solo e à adubação mineral. A produção de grão correlacionou melhor com relações entre nutrientes além de P e micro nutrientes. Os experimentos foram realizados na casa-de-vegetação, Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Piracicaba, Brasil. Foram utilizados vasos metálicos, com dreno, contendo 2,5 de terra, apresentando 3-10-17-24% de poros de aeração inicial. A umidade foi mantida em 100 e 70% capacidade de campo. A adubação mineral procurou alcançar uma saturação em base de 80% da CTC a pH 7, com relação a Ca:Mg:K de 16:4:1. Alem de manter o nível de fosforo disponível em torno de 15 ppm, fornecer o equivalente a 40Kg N/ha e 20 Kg de sulfato de zinco/ha. Foram instaladas parcelas com e sem adubo mineral. O delineamento experimental foi fatorial 4x2 inteiramente ao caso, com 4 repetições. Cada solo e horizonte constitui um experimento.
Título en inglés
Common Bean (Phaseolus vulgaris L.), production as affected by soil aeration porosity
Palabras clave en inglés

Resumen en inglés
The aeration porosity was the most stahle physical factor related to bean (Phaseolus vulgaris L. cv. Aroana-80). production. A reduction in the macroporosity (po- res larger than 50 µm diameter) affected bean prodution on fertilized soils and the nutritional status of the plant, but not the thousand grain weight, the harvest index and the water use eficiency. The optimal macroposity in the surface soil layer and the B2 horizon of an Oxisol (orthic Haplacrox) and an Alfisol (ochrultic Typustalf) for the maximal bean harvest, vaTied prcforentüilly between 7 a.nd 16% In condi tions of a probable reduction of the oxygen supply or its greater request the optimal macroporosity level was raised to a range between 20 and 29%. The bean production was preferentially related to the aeration porosity in the soils whith a base saturation above 70%. Below this value the mineral nutrition assumed more importance, being specific to the soil type and the mineral fertilizer use. The seed yield correlated better with nutrient relations, besides P and micronutrients. The experiments were carried out in a greenhou se at the Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Piracicaba-SP, Brasil. Pots containing 2,5 liter of soil, with 3-10-17 and 24% initial, aeration pores, with four replications were used. The humidity was mantained between 100 and 70% field capacity. The mineral fertilization , get a CEC pH 7 saturation of 80% with a Ca:Mg:K relationtion 16:4:1, and the main tenance of the available phosphorus level at 15 ppm (extraction with H2SO4 0.05 N). Forty kg N/ha as urea, and 20kg ZnSO4/ha were also appliecl. Pots without and with fertilizer were used.
 
ADVERTENCIA - La consulta de este documento queda condicionada a la aceptación de las siguientes condiciones de uso:
Este documento es únicamente para usos privados enmarcados en actividades de investigación y docencia. No se autoriza su reproducción con finalidades de lucro. Esta reserva de derechos afecta tanto los datos del documento como a sus contenidos. En la utilización o cita de partes del documento es obligado indicar el nombre de la persona autora.
Fecha de Publicación
2021-01-07
 
ADVERTENCIA: Aprenda que son los trabajos derivados haciendo clic aquí.
Todos los derechos de la tesis/disertación pertenecen a los autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones de la USP. Copyright © 2001-2022. Todos los derechos reservados.