• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.1989.tde-20210104-194756
Documento
Autor
Nome completo
Tsuioshi Yamada
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1989
Orientador
Título em português
Capacidade de adsorção máxima de sulfato do solo como parâmetro adicional na recomendação de gesso
Palavras-chave em português
ADSORÇÃO
GESSO
SOLOS
SULFATO
TRIGO
Resumo em português
O estudo da adsorção de sulfato foi realizado com 18 amostras de terras retiradas do horizonte B dos solos, tendo por objetivos: (1) comparar as doses de gesso estimadas pelos critérios existentes do cálcio e do alumínio com a capacidade de adsorção máxima de sulfato e (2) estudar os efeitos de doses de gesso, aplicadas em 10 das 18 amostras de terra, no comprimento da raiz de plântulas de trigo. Através da forma linear da equação de Langmuir foram calculadas a capacidade de adsorção máxima de sulfato (b) e a constante de afinidade (K) das amostras de terra. Através da análise estatística procurou-se as correlações de b e K com algumas características químicas dos solos e com o dpH, que é a diferença entre o pH medido em K2S04 1 N e KCI 1 N. No ensaio com trigo foi empregado o método biológico que consiste na medida do comprimento da maior raiz de plântulas de trigo crescidas por 4 dias em copos plásticos descartáveis de 250 ml de volume, contendo a amostra de terra com o respectivo tratamento. Após o ensaio as amostras foram submetidas à análise química de rotina, além das determinações dos teores de S – SO2-4 extraído com CaCl2 0,04 M e com Ca(H2PO4)2 0,04 M. Foram analisados também os extratos de pastas saturadas destas amostras e os resultados submetidos a especiação química através do programa GEOCHEM. Através da análise estatística procurou-se as correlações entre estas características e o comprimento da raiz de plântulas de trigo. Os resultados permitiram concluir que: (1) as doses de gesso calculadas pelos critérios do cálcio e do alumínio são em geral superiores às doses calculadas para atingir a capacidade de adsorção máxima de sulfato do solo; (2) a capacidade de adsorção máxima de sulfato correlaciona-se com as quantidades de sulfato adsorvidas em soluções com 20, 30 ou 40 ppm de S – SO2-4 e ainda com os valores de dpH; (3) em solos podzolizados com elevados teores de alumínio o gesso não favorece o desenvolvimento das raízes de trigo enquanto que em latossolos com excesso de alumínio e/ou com deficiência de cálcio há efeitos positivos; (4) não há correlações entre as doses de gesso calculadas pelos critérios do cálcio e do alumínio com o crescimento das raízes de trigo e (5) a porcentagem de saturação em alumínio é o parâmetro do solo que melhor se correlaciona com o crescimento das raízes de trigo.
Título em inglês
Maximum sulphate adsorption capacity of the soil as an additional parameter on gypsum recommendation
Palavras-chave em inglês

Resumo em inglês
Sulphate adsorption was studied in 18 soil samples of the B horizon with the following objectives: (1) to compare gypsum doses calculated through the existing calcium and aluminum criteria with the maximum sulphate adsorption capacity and (2) to study the effects of gypsum applied in 10 of those 18 samples on the root length of wheat seedling. Through the linear form of the Langmuir equation the values of the maximum sulphate adsorption capacity (b) and of the coefficient of affinity (K) were calculated. Correlations of these values with some chemical characteristics of the soils and with dpH (the difference between pH measured in K2S04 1 N and KCI 1 N. Were studied through statistical analyses. The biological method in the wheat trial consisted in the measurement of the Iongest root of the wheat seedlings grown during 4 days in the 250 ml plastic cups with the soil under the different treatments. After the trial, the soil samples were analysed for routine determinations, and also for the determinations of S – SO2-4- extracted with CaCl2 0,04 M and with Ca(H2PO4)2 0,04 M. Analyses of the saturation extracts were made and the results submitted to GEOCHEM computer program for chemical speciation. The correlations of these data with the wheat seedling root lengths were studied through statistical analyses. The following conclusions could be obtained: (1) gypsum doses calculated by calcium and aluminum criteria are in general higher than the doses to reach the maximum sulphate adsorption capacity of the soil; (2) maximum sulphate adsorption capacity correlates with the amounts of sulphate adsorbed from solutions with 20, 30 or 40 ppm of S – SO2-4- and also with dpH values; (3) in the podzols with high aluminum content gypsum use doesn't enhance root growth as in latosols with excess of aluminum and/or calcium deficiency; (4) gypsum doses calculated by calcium and aluminum criteria don’t correlate with wheat root growth and (5) the percentage of aluminum saturation is the soil parameter with the best correlation with wheat root growth.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
YamadaTsuioshi.pdf (9.21 Mbytes)
Data de Publicação
2021-01-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.