• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
https://doi.org/10.11606/T.11.1994.tde-20210104-195116
Documento
Autor
Nome completo
Sueli dos Santos Freitas
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1994
Orientador
Título em português
Rizobactérias e suas interações com plantas e microrganismos
Palavras-chave em português
MICROBIOLOGIA DO SOLO
RELAÇÃO SOLO-PLANTA-MICRORGANISMO
RIZOBACTÉRIAS
RIZOSFERA
SOJA
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi obter isolados de rizobactérias promotoras do crescimento de plantas (RPCPs) e identificar, exploratoriamente, alguns de seus possíveis modos de ação, em experimentos em casa de vegetação, com amostras de um latossolo vermelho-amarelo, com valor de pH em CaCl2 de 6,3, utilizando diversos sistemas planta­microrganismos. Conduziu-se um experimento com feijão (Phaseolus vulgaris), com inoculação dos fungos micorrízicos Glomus etunicatum (GE) e Scutellospora heterogama (SH), de dezesseis isolados fluorescentes de Pseudomonas spp. e de Rhizobium leguminosarum bv. phaseoli. Dois isolados de Pseudomonas foram patogênicos às plantas, mas vários deles resultaram em aumento de quase todas as variáveis analisadas (matéria seca de raízes e nódulos, nitrogênio e fósforo na parte aérea e infecção radicular pelos fungos micorrízicos). Houve interações das bactérias fluorescentes com os fungos micorrízicos, quase sempre com melhor resultado para a inoculação conjunta com GE. Conduziu-se um experimento com milho (Zea mays) em solo natural e esterilizado e inoculação de 46 isolados de Pseudomonas spp. Em quatorze tratamentos de inoculação houve morte das plantas no solo natural mas não no esterilizado e em outro tratamento as plantas morreram no solo esterilizado mas não no natural. Não houve efeito benéfico de isolados bacterianos sobre a matéria seca de parte aérea ou de raízes. Conduziu-se um experimento com tomateiro (Lycopersicon esculentum) em solo natural e esterilizado e 46 tratamentos de inoculação com Pseudomonas spp. fluorescentes e dezesseis de Bacillus spp. Um isolado de Pseudomonas e um de Bacillus tiveram efeito negativo sobre a matéria seca da parte aérea das plantas cultivadas em solo esterilizado. Não houve efeito benéfico de isolados bacterianos sobre a matéria seca de parte aérea e de raízes. Conduziram-se três experimentos com soja (Glycine max). Num deles, com a cultivar Santa Rosa, as plantas foram cultivadas em solo natural e esterilizado e inoculadas com 46 isolados fluorescentes de Pseudomonas spp. Não houve efeito dos isolados sobre a matéria seca de parte aérea e de raízes. Nos outros experimentos, com as cultivares Santa Rosa Clorose e T-203, inocularam-se 28 isolados fluorescentes de Pseudomonas spp. apenas em solo natural. Ocorreu deficiência de ferro nas plantas, avaliadas visualmente por notas de 1 (planta sem sintomas de deficiência) a 5 (planta clorótica com manchas necróticas). Não houve efeito estatisticamente significativo das bactérias sobre a deficiência de ferro, avaliada por notas, ou sobre a massa seca da parte aérea no experimento com a cultivar Santa Rosa Clorose. No experimento com a T-203, a inoculação com um dos isolados resultou em notas menores em relação à testemunha não-inoculada e com outro isolado, em maior massa de parte aérea. Confrontaram-se "in vitro" os 46 isolados de Pseudomonas spp. e dezesseis de Bacillus spp. com 24 fungos de solo, fitopatogênicos ou não. As bactérias fluorescentes apresentaram variadas reações de antagonismo aos fungos enquanto que os Bacilli tiveram comportamento mais uniforme. De maneira geral, concluiu-se que o efeito benéfico de rizobactérias pode resultar da interação com micorrizas. O antagonismo a fitopatógenos foi observado "in vitro". Em soja, algumas evidências sugeriram que RPCPs podem fornecer ferro a plantas crescendo em condições de baixa disponibilidade do nutriente, mas há necessidade de estudos comprobatórios. Rizobactérias também podem ser deletérias às plantas.
Título em inglês
Rhizobacteria and their interactions with plants and microorganisms
Palavras-chave em inglês

Resumo em inglês
The objective of this study was to obtain plant growth-promoting rhizobacteria (PGPR) isolates and to identify, tentatively, some of their possible modes of action, in greenhouse trials on a red-yellow latosol with a pH 6.3 in CaCl2, using some plant-microorganisms systems. An experiment was carried out with common beans (Phaseolus vulgaris) inoculated with mycorrhizal fungi Glomus etunicatum (GE) and Scutellospora heterogama (SH), sixteen fluorescent pseudomonad isolates and Rhizobium leguminosarum bv. phaseoli. Two fluorescent isolates were pathogenic, but some of them increased almost all variables analyzed (shoot and nodules dry weight, shoot content of nitrogen and phosphorus and mycorrhizal root infection). There were interactions of fluorescent bacteria with mycorrhizal fungi and frequently the best results were for the dual inoculation with GE. An experiment was carried out with maize (Zea mays) on natural and sterilized soil and with inoculation of 46 pseudomonads. In fourteen inoculation treatments there was plant death in natural soil but not in sterilized one. In another treatment the plants died in sterilized soil but not in natural one. There were no beneficial effects of bacterial isolates on shoot and root dry weights. An experiment was carried out with tomato plants (Lycopersicon esculentum) in natural and sterilized soil and with inoculation of 46 pseudomonads and sixteen Bacillus spp. isolates. One Pseudomonas and one Bacillus isolate had negative effect on shoot dry weight of plants grown in sterilized soil. There were no beneficial effects of bacterial isolates on shoot and root dry weights. Three experiments were carried out with soybean (Glycine max). In the experiment with Santa Rosa cultivar the plants were grown in natural and sterilized soil and inoculated with 46 fluorescent pseudomonads. There were no inoculation effects on shoot and root dry weights. In the other experiments, with Santa Rosa Clorose and T-203 cultivars the plants were inoculated with 28 fluorescent pseudomonads and grown only in natural soil. The plants presented iron deficiency, which was evaluated by visual scores from 1 (plant with no deficiency symptom) to 5 (chlorotic plant with necrosis). In the experiment with Santa Rosa Clorose there was no statistically significant effect of bacterial isolates. In the experiment with T-203 the inoculation with one isolate resulted in lower scores than the non inoculated plants. Another isolate had a positive effect on shoot dry weight. Forty-six pseudomonads and sixteen of Bacilli were tested against 24 soil fungi "in vitro". The fluorescent bacteria presented several antagonistic reactions to the fungi but Bacilli had more uniform reactions. It was concluded that rhizobacteria may interact positively with mycorrhizae. The antagonism against plant pathogens was only observed "in vitro". In soybean some evidences have suggested that PGPR may supply iron to plants growing at low availability conditions of this nutrient, but corroborating studies are needed. Rhizobacteria may be also deleterious to the plants.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2021-01-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.