• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
https://doi.org/10.11606/D.11.1986.tde-20220207-181746
Documento
Autor
Nome completo
Erasmo Rocha Lucena
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 1986
Orientador
Título em português
Efeito da aplicação do fosfogesso em um solo salino-sódico
Palavras-chave em português
CORRETIVOS DO SOLO
FOSFOGESSO
SOLO SALINO-SÓDICO
Resumo em português
O fosfogesso, resíduo industrial da fabricação do ácido fosfórico, foi utiliza do para a correção de um solo salino-sódico, oriundo do Município de Sousa-PB, pertencente ao Perímetro Irrigado de são Gonçalo. O trabalho foi desenvolvido em casa de vegetação do Departamento de Solos, Geologia e Fertilizantes da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de são Paulo, Piracicaba-SP. As quantidades do corretivo utilizadas foram: zero, 12,4g, 24,8g, 37,2g, 49,6g, 62,0g e 124,0g, correspondentes a 0%, 20%, 40%, 60%, 80%, 100% e 200% da necessidade máxima de gesso por quilograma de terra. Feita a incorporação do corretivo nós tratamentos, realizou-se quatro lixiviações: imediatamente, vinte, quarenta e sessenta dias após as aplicações. Utilizou-se 1200 ml de agua para 3 kg de terra na primeira lixiviação, decrescendo até 600ml de água para a mesma quantidade de terra na última lixiviação. Aos sessenta dias, executou-se novamente a análise química da terra e do extrato de saturação, com a finalidade de avaliar o efeito do corretivo sobre os tratamentos. Logo após procedeu-se uma adubação básica com uréia, fosfato monoamônico (MAP) e o cloreto de potássio, e plantou-se para testar o efeito do corretivo a cultura do feijão e logo após o sorgo. Aos resultados obtidos mostraram que, dentre as quantidades fornecidas a dose-2 equivalente a 40% da necessidade máxima de fosfogesso apresentou-se como a mais eficiente na redução da salinidade, não provocando aumento excessivo nas concentrações de cálcio e de sulfato no solo.
Título em inglês
Phosphogypsum application effect in the saline-sodic soil
Resumo em inglês
The Phosphogypsum, a industrial residue of phosphoric acid, was used as a chemical corrective of a saline-sodic soil from São Gonçalo Irrigated Project of Souza Municipality, Paraiba State, Brazil. This research was carried out in a greenhouse of the Soil, Geology and Fertilizer Department of Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz - ESALQ/USP, University of são Paulo, Piracicaba, SP. The quantities of the corrective utilized were: zero, 12.4g, 24.8g, 37.2g, 49.6g, 62.0g and 124.0g, corresponding to 0%, 20%, 40%, 60%, 80%, 100% and 200% of maximum necessity of gypsum for each kilo of soil. After the incorporation of the corrective into the soils, four lixiviations were made: at immediately after the incorporation of the corrective, and at 20, 40, and 60 days after those applications. At the first lixiviation, 1200 ml of water has had to each 3 kilo of soil, decreasing the amount of water until 600 ml at the last lixiviation. Sixty days after the application, the chemical analysis of the soil and of the saturated extracts were made once more with the purpose of evaluating the effect of the corrective application in the experiment. Right after that, a treatment was made in the soil using urea, monommonium phosphate and the potassium chloride and bean followed by sorghum were sown in order to test the effects of the corrective. The results showed that the second dose (equivalente to 24. 8g of phosphogypsum/kg soil, or 40% of maximum requirement of phosphogypsum) is the most efficient for the salinity reduction, among the quantities used, not promoving an excessive increase in the calcium and sulphate concentrations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LucenaErasmoRocha.pdf (6.87 Mbytes)
Data de Publicação
2022-02-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2022. Todos os direitos reservados.